Transparência Fiscal dos Sítios Virtuais das Prefeituras da Microrregião de Salgueiro: da obrigatoriedade à accountability

Luzania Alves de Sousa, Cícero Alves Oliveira, Júlio João de Oliveira, Francildo Galvão, Hesler Piedade Caffé Filho

Resumo


A pesquisa trata da disponibilização das peças orçamentárias nos sítios virtuais dos municípios da microrregião de Salgueiro, no Sertão central de Pernambuco. Busca-se investigar qual a aplicabilidade das peças orçamentárias dos sítios virtuais das prefeituras da microrregião de Salgueiro, à luz dos principais comandos normativos sobre transparência fiscal. Os objetivos buscam quais municípios possuem sites na internet para publicação das peças orçamentárias; se há barreiras à consulta pública e quais municípios divulgam as peças conforme o artigo 48 da LC 101/00. É um estudo exploratório, com abordagem qualitativa no que se refere à consulta aos sites de Cedro, Mirandiba, Parnamirim, Salgueiro, São José do Belmonte, Serrita e Verdejante e busca aferir o nível de aderência dos municípios às diretrizes sobre transparência fiscal. Quanto à análise dos dados é um levantamento que usa a abordagem qualitativa. O estudo permite a elaboração de tabelas e gráficos extraindo do caput do artigo 48 da LC nº 101/00 as categorias de análise. O referencial teórico trata da necessidade legal da gestão pública pautar-se nos princípios da publicidade e transparência. O estudo revela uma situação crítica quanto à publicização do PPA, da LDO e da LOA desses municípios. Recomenda-se o aprofundamento do tema para que a microrregião supere o baixíssimo nível de aderência às normas brasileiras na promoção da publicidade e transparência na gestão dos recursos públicos.


 


Palavras-chave


transparência fiscal, orçamento público, sítios virtuais, prefeituras, microrregião de Salgueiro, accountability

Texto completo:

PDF

Referências


ALEXANDRINO, Marcelo. PAULO, Vicente. Direito Administrativo descomplicado. 23ª ed. – Rio de Janeiro: Forense; São Paulo: Método, 2015.

BEZERRA FILHO, João Eudes. Orçamento aplicado ao setor público: abordagem simples e objetiva. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2013.

BRAGA, Ivaneide Almeida. Convergência às NBCASP e ao MCASP: um estudo sobre os municípios pernambucanos em 2014. Disponível em Acesso em 25-8 de maio de 2017.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, promulgada em 5 de outubro de 1988. Disponível em: . Acesso em: 26 maio 2010.

______. Estatuto da Cidade: guia para implementação pelos municípios e cidadãos. 4. ed. Brasília: Instituto Pólis/Laboratório de Desenvolvimento Local, 2005. Disponível em: . Acesso em: 31 maio 2010.

______. Lei de Responsabilidade Fiscal. Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000. Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade fiscal e dá outras providências.

______. Lei Complementar nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 – Lei de Transparência Fiscal.

______. Presidência da República. Olho vivo no dinheiro público: Controle Social: orientações aos cidadãos para participação na gestão pública e exercício do controle social. Brasília: Controladoria Geral da União, 2010.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DE GOIÁS. Ensaios de contabilidade orçamentária. Goiânia: CRC-GO, 1996.

GIACOMONI, J. Orçamento Público. 16. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

GUEDES, ODILON GUEDES. Orçamento Público e Cidadania. Disponível em Acesso em 27/03/17.

JACOBSEN, Alessandra de Linhares. MORETTO NETO, Luís. Teorias da Administração II – 2. ed. reimp. – Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração / UFSC, 2012.

JUNQUILHO, Gelson Silva. Teorias da Administração Pública. 2. ed. Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração/UFSC: CAPES: UAB, 2012.

LRF: CARTILHA Disponível em Acesso: 27 de maio de 2017.

LYRIO, Maurício Vasconcellos Leão. LUNKES, Rogério João. A transparência dos portais das prefeituras em municípios catarinenses sob a perspectiva da legislação brasileira. Disponível em Acesso em maio de 2017.

MILESKI, H. S. O Controle da Gestão Pública. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2003.

PEREZ, Yuri Vieira. LIMA, Ayumi Kuroda da Silva. SATORELLI, Isabel Cristina. Transparência fiscal e controle social: análise do entorno do município de Sorocaba. Disponível em Acesso em maio de 2017.

PERNAMBUCO. Constituição de Pernambuco. Disponível em Acesso em 15/05/2017.

PINHEIRO, Otilie Macedo. Plano diretor e gestão urbana. Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração / UFSC; [Brasília]: CAPES: UAB, 2010.

PIOVESAN, Armando. TEMPORINI, Edméa Rita. Pesquisa exploratória: procedimento metodológico para o estudo de fatores humanos no campo da saúde pública. Disponível em Acesso em 06/03/2017

PLATT NET, Orion Augusto et al. Publicidade e Transparência das Contas Públicas: Obrigatoriedade e Abrangência desses Princípios na Administração Pública Brasileira. Disponível em Acesso em maio de 2017.

PRUX, Paula Raymundo. BALSAN, Laércio André Gassen. MOURA, Gilnei Luiz de. Transparência e participação popular nas audiências públicas de elaboração e discussão do PPA, LDO e LOA. Disponível em Acesso em abril e maio de 2017.

RAUPP, Fabiano Maury. PINHO, José Antonio Gomes. Accountability em câmaras municipais: uma investigação em portais eletrônicos. Disponível em Acesso em 15/04/17.

REZENDE, Denis Alcides. ULTRAMARI, Clovis. Plano diretor e planejamento estratégico municipal: introdução teórico-conceitual. Disponível em Acesso em 21/03/2017.

RICHARDSON, Roberto Jarry et al. Pesquisa Social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1999.

SALLES, Helena da Motta. Gestão Democrática e Participativa. 2010. Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração / UFSC; [Brasília]: CAPES: UAB, 2010.

SAMPAIO, Francisco Jean Carlos de Souza et al. Orçamento Participativo: a experiência do município paraibano na implantação de uma ferramenta de construção coletiva para implementação de políticas públicas. Disponível em < http://cbc.cfc.org.br/comitecientifico/images/stories/slides/501C.pdf>Acesso em abril e maio de 2017.

SANTOS, Rita de Cássia Leal Fonseca dos. Orçamento Público. Departamento de Ciências da Administração – UFSC: Florianópolis: Brasília: CAPES: UAB, 2011.

SOUZA, Ronnye Oliveira. Participação no processo orçamentário (PPA, LDO, LOA) por meio de aplicativos móveis: uma proposta para o Governo do Estado de São Paulo. Disponível em Acesso em abril e maio de 2017.

TRIGUEIRO, Francisco Mirialdo Chaves. MARQUES, Neiva de Araújo. Teorias da Administração I. – 2. ed. reimp. – Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração / UFSC, 2012.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v11i36.774

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: