Síndrome de Burnout em funcionários de uma empresa de eletrificação em Juazeiro do Norte

Glauco Valério Pinheiro Andrade, Maria Glauciane Lima Eduardo Rocha, Plínio Pinto Malveira, Josefa Janiele Lopes Moreira

Resumo


A Síndrome de burnout é considerada como um dos principais indicadores de bem-estar subjetivo, sendo avaliada como uma medida geral ou como referência a áreas importantes da vida, a exemplo do trabalho e da família. Este estudo discute a compreensão da Síndrome de Burnout em funcionários de uma empresa de Eletrificação em Juazeiro do Norte, Ceará. Para a coleta de dados utilizou-se o Inventário de Burnout de Maslash, uma escala de 7 pontos, variando de 0 (nunca) a 6 (todo dia), e uma entrevista semi–estruturada contendo informações sóciodemográficas. Os resultados demonstraram índices preocupantes no nível de despersonalização alto (8,7%) e baixo Envolvimento Pessoal no Trabalho em 2,9% da amostra. Portanto, 11,6% dos funcionários em fase de alerta, fase bem considerável da síndrome de burnout, porém passível de tratamento.


Palavras-chave


Síndrome de burnout, Estresse, Ambiente laboral

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v6i16.7

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: