Gestão Pública Educacional: A Importância da Afetividade no Processo Educativo Infantil / Public Educational Management: The Importance of Affectivity in the Children's Educational Process

Cláudio Alencar, Auriélia Coelho Isaque Floriano, Aparecida Vieira Souza Eugênio, Inalda Maria de Sá Carvalho Teles

Resumo


A Educação Infantil é uma das fases do desenvolvimento humano que requer mais atenção e dedicação, tanto nos aspectos intelectual, emocional, social como motor da criança. O Objetivo do presente estudo foi discutir a importância da afetividade no desenvolvimento da criança, baseando-se sobre as concepções de Piaget, Wallon e Vygotsky acerca do desenvolvimento cognitivo e da afetividade. Concluiu-se que  a escola deve valorizar a criança e compreende-la em sua totalidade. Há uma indissociabilidade entre educar e cuidar, que deve ser valorizada, para que seja possível perceber a relação entre cognição e afetividade.


 

 


Palavras-chave


Educação; Afetividade; Ensino x Aprendizagem

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, Celso: A afetividade na escola. educando com firmeza. Londrina: Maxiprint, 2006.

BRASIL, MEC. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Fundamental. — Brasília: MEC/SEF, 1998. 3v.

CORIA – SABINI, Maria Aparecida; Oliveira, Valdir Kessamiguimande. Construindo valores humanos na escola. Campinas, SP: Papirus, 2002.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: Saberes necessário a prática educativa. Ed. Rio de janeiro: paz e terra, 2013.

LOPES, R. C. S. A Relação professor aluno e processo ensino aprendizagem. 2009.

WADSWORTH, B.J. Inteligência e afetividade da criança na teoria de Piaget. São Paulo: Pioneira, 1996.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v13i44.1672

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: