A gestão da escola na atualidade: percursos e percalços educacionais

Maria das Dores Lobo Silva

Resumo


A composição histórica do processo educacional tem passado por inúmeras ao longo dos anos. Nesse sentido, vale destacar que a escola pública enfrenta muitas desigualdades sociais, econômicas e culturais, Pensando nisso, esta pesquisa propõe um debate sobre as questões da gestão escolar como tema de grande relevância na construção de uma educação melhor, onde todos se sintam-se atores do processo de ensino-aprendizagem. Pretende-se nesse artigo, não apenas falar dos avanços e das características dos gestores no fazer pedagógico, mas da efetivação da qualidade em todo o processo educacional. Nessa moldura, a função da boa administração educacional no contexto social, político e econômico da educação é atualmente, além de uma exigência uma necessidade para transformação social, onde a igualdade, transparência, participação coletiva e outros fatores que tornam uma gestão escolar transparente sejam uma realidade para formar a base da educação se quer. Uma gestão com planejamento pode melhorar significativamente. Tendo em vista que há a necessidade da participação de todos, respeitando sempre as limitações, de cada aluno e o mais importante desenvolver a proposta pedagógica da melhor forma possível, tendo como principio uma educação para a formação cidadã.

 


Palavras-chave


Gestão democrática. Escola. Transparência

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Rosa Maria C. de In. Goulart, Irís (org.). A Educação na Perspectiva Construtivista. Petrópolis- RJ: Vozes, 1995.

BRASIL, Lei 9394. LDB. Lei de diretrizes e bases da educação nacional, de 20 de dezembro de 1996.

DOURADO, Luiz F. 2003. A escolha de dirigentes escolares: políticas e gestão da educação no Brasil. In FERREIRA, Naura S.C. (org.). Gestão democrática: atuais tendências, novos desafios. São Paulo: Cortez.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

GRACINDO, Projeto político-pedagógico: retrato da escola em movimento. In: AGUIAR. Márcia A.; SILVA, Aída Monteiro (Org.). Retrato da Escola no Brasil. Brasília: CNTE, 2000.

HORA, Dinair Leal da. Gestão democrática na escola. Campinas: Papirus, 1997.

LIBÂNEO. José Carlos, Concepções e práticas de organização e gestão da escola: considerações introdutórias para um exame crítico da discussão atual no brasil. Espanha Madri. 1997.

LÜCK. Heloisa. Dimensões da Gestão Escolar e suas competências. Curitiba: Positivo, 2006.

MANUAL DE APOIO E FORTALECIMENTO AOS CONSELHOS ESCOLARES. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares,. Acesso em: 25 de maio de 2017.

MENDONÇA, Erasto F. A regra e o jogo: democracia e patrimonialismo na educação brasileira. Campinas: FE/UNICAMP. 2000.

PARO, V. H. Gestão Democrática da Escola Pública. São Paulo: Ed. Ática, 1996

PINTO, Álvaro Vieira. Sete lições sobre a Administração Escolar. São Paulo: Autores Associados; Cortez, 1982.

POLATO, Amanda. Sem culpar o outro. São Paulo: Revista Nova Escola, Ano XXIV, n. 225, set/2008.

RIBEIRO, José Querino. Ensaios de uma teoria da administração escolar. São Paulo: USP, 2005.

SANTOMAURO, B. Três ideias sobre a aprendizagem. Revista Nova Escola. São Paulo, v. 25, n. 237, p. 78-81, nov. 2010.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v12i39.997

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Maria das Dores Lobo Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A ID on line. Revista de psicologia (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: