Análise da função sexual e imagem genital em primíparas e multíparas pós-parto vaginal

Thamara Brito Silva, Thaynan Rocha Brito de Bulhões, Rosana Porto Cirqueira, Juliana Barros Ferreira

Resumo


o objetivo desse estudo foi analisar e comparar a função sexual e a imagem genital em primíparas e multíparas pós-parto vaginal. Trata-se de um estudo observacional e analítico. Os dados foram resultantes da aplicação de três questionários: um com dados sociodemográficos, o Female Sexual Function Inde (FSFI) que avalia a função sexual, e o Female Genital Self-Image Scale (FGSIS) que avalia a imagem genital. O público acessível foi de 48 mulheres, primíparas e multíparas pós-parto vaginal. A análise dos dados foi realizada através do programa software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versão 22.0. Foi utilizado o teste do U Mann Whitney para as correlações entre as variáveis do estudo e o teste de qui-quadrado (p<0.05) (IC= 0,95). O resultado desse estudo mostrou, que as mulheres multíparas apresentaram um percentual menor de disfunção sexual (12%) do que as primíparas (34,8%). No quesito ausência de distorção da imagem genital a amostra das multíparas foi maior que o das primíparas, apresentando 52,0% e 43,5% respectivamente, nas primíparas a distorção na imagem genital está correlacionada com a disfunção sexual (p <0.05). Esse estudo concluiu que mulheres multíparas apresentaram melhores níveis de satisfação sexual e um menor grau de distorção na imagem genital quando comparado às mulheres primíparas. Pouco se sabe da relação que o tipo e número de parto pode influenciar na função sexual, bem como a imagem que a mulher estabelece a sua genitália, sendo necessário mais estudos voltados para essa temática.

 



Palavras-chave


Disfunção sexual fisiológica. Parto natural. Puerpério. Genitália feminina

Texto completo:

PDF

Referências


AMORIM, H. et al. Relação do tipo e número de parto na função sexual e autoimagem genital feminina: um estudo observacional. Revista Pesquisa em Fisioterapia. v. 5, n. 1, p. 49-56, abr. 2015.

ASSIS, T.R.; REZENDE, F.R.; SÁ, A.C.A.M. Percepção de puérperas sobre mudanças sexuais após exercícios para o assoalho pélvico: uma abordagem qualitativa. Rev Fisioter S Fun. Fortaleza, v. 4, n. 1, p. 6-13, jan-jun. 2015.

BELDONE, M.V. Resposta sexual, disfunção sexual e qualidade de vida em mulheres obesas. 2013. 93f. Dissertação. (Mestrado). Faculdade de medicina da universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

BENUTE, G.R.G. et al. Preferência pela via de parto: uma comparação entre gestantes nulíparas e primíparas. Rev Bras Ginecol Obstet. V. 35, n. 6, p. 281-5, set. 2013.

Berman L.A. et al. Genital self-image as a component of sexual health: Relationship between genital self-image, female sexual function, and quality of life measures. Journal of Sex and Marital Therapy. v. 1, n. 1, p. 11-21, fev. 2003.

CAVALCANTI, I.F. et al. Função sexual e fatores associados à disfunção sexual em mulheres no climatério. Rev Bras Ginecol Obstet. Recife (PE), v. 36, n. 11, p. 497-502, set. 2014.

DELGADO, A.M.; FERREIRA, I.S.V.; SOUSA, M.A. Recursos fisioterapêuticos utilizados no tratamento das disfunções sexuais femininas. Revista científica da escola da saúde. v. 4, n. 1, p. 47-56, jan. 2015.

GOMES, T. et al. IMAGEM CORPORAL E IMAGEM GENITAL FEMININA. Revista científica da escola da saúde. v. 4, n. 2, p.37-42, fev-mai. 2015.

GOMES, T.B.S. Associação entre imagem corporal e imagem genital de mulheres matriculadas em academias: um estudo observacional. 2016. 53 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública Programa de Pós-graduação em Tecnologias em Saúde, Salvador-Ba, 2016.

GIGLIO, M.R.P.; FRANÇA, E.; LAMOUNIER, J.A. Avaliação da qualidade da assistência ao parto normal. Rev Bras Ginecol Obstet. v. 33, n. 10, p. 297-304. 2011.

HERBENICK, D. et al. The Female Genital Self-Image Scale (FGSIS): Results from a Nationally Representative Probability Sample of Women in the United Statesjsm. International Society for Sexual Medicine. v. 8, p. 158-166. 2011.

HOLANDA, J.B.L et al. Disfunção sexual e fatores associados relatados no período pós-parto. Acta Paul Enferm. V. 27, n. 6, p. 573-8, ago. 2014.

LAAN, E. et al. Young women’s genital self-image and effects of exposure to pictures of natural vulvas. Journal of psychosomatic obstetrics & gynecology. p. 1-7, 22 september. 2016.

MACÊDO, L.G. et al. Avaliação da função sexual em primíparas após parto vaginal e nulíparas. Revista Pesquisa em Fisioterapia. v. 7, n. 1, p. 24-29, fev. 2017.

MATHIAS, A.E.R.A. et al. Disfunção sexual: Avaliação de mulheres durante o terceiro trimestre gestacional. ABCS Health Sci. v. 40, n. 2, p. 75-79, abr. 2015.

RIBEIRO, R.; MAGALHAES, A.T.; MOTA, I. Disfunção sexual feminina em idade reprodutiva – prevalência e fatores associados. Rev Port Med Geral Fam. v. 29, p. 16-24. 2013.

MELO, M.J. A prevalência da disfunção sexual em mulheres adultas atendidas no serviço de ginecologia do hospital universitário Antônio Pedro. 2016. 52f. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal Fluminense Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa curso de graduação em enfermagem e licenciatura, Niteroi, 2016.

MENDONÇA, C.R. et al. Função sexual feminina: aspectos normais e patológicos, prevalência no Brasil, diagnóstico e tratamento. Feminina, v. 40, n.4, p. 196-202, jul/ago. 2012.

MENDOÇA, C.R.; AMARAL, W.N. Tratamento fisioterapêutico das disfunções sexuais femininas: Revisão de Literatura. FEMINA. v. 39, n. 3, p. 139-142, mar. 2011.

MESQUITA, R.L.; CARBONE, E.S.M. Tratamento Fisioterapêutico nas Disfunções Sexuais em Mulheres após Tratamento de Câncer Ginecológico e de Câncer de Mama: Uma Revisão de Literatura. Rev Fisioter S Fun. Fortaleza, v. 4, n. 2, p. 32-4, jul-dez. 2015.

PECHORRO, P. et al. Validação portuguesa do índice de Funcionamento Sexual Feminino (FSFI). Laboratório de Psicologia. v. 7, n. 1, p. 33-44. 2009.

PIRES, D. et al. A influência da assistência profissional em saúde na escolha do tipo de parto: um olhar sócio antropológico na saúde suplementar brasileira. Rev. Bras. Saúde Matern. Infant. Recife, v.10, n. 2, p. 191-197, abr-jun. 2010.

PRADO, D.S.; LIMA, R.V.; LIMA, L.M.M.R. Impacto da gestação na função sexual feminina. Rev Bras Ginecol Obstet, v. 35, n. 5, p. 205-9, mai. 2013.

SILVA, B.M. et al. Incidência de disfunção sexual em pacientes com obesidade e sobrepeso. Rev. Col. Bras. Cir, Alagoas/Maceió, v. 40, n. 3, p.196-202, ago. 2012.

VELHO, M.B. et al. Vivência do parto normal ou cesáreo: revisão integrativa sobre a percepção de mulheres. Texto Contexto Enferm. Florianópolis, v. 21, n. 2, p. 458-66, abr-jun. 2012.

VETTORAZZI, J. et al. Sexualidade e puerpério: uma revisão da literatura. Rev HCPA. v. 32, n. 4, p. 473-479, 27 de nov. 2012.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v12i39.982

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: