Fisioterapia no atendimento domiciliar: Enfrentamento e Desafios dos Profissionais

Darlei Souza Moura, Ingrid Silva Andrade, Bruno Batista Sousa da Hora, Ana Paula da Silva Prado, Andresson de Jesus Pereira, Juliana Braga Facchinetti, Adna Gorette Ferreira Andrade

Resumo


A Assistência Domiciliar é caracterizada como um aglomerado de ações hospitalares que permitem a realização dessas práticas em ambiente domiciliar. O presente estudo teve como objetivo verificar os enfrentamentos e desafios encontrados no atendimento domiciliar pelos fisioterapeutas. Trata-se de um estudo descritivo exploratório de caráter quantitativo. O levantamento dos dados se deu entre os meses de agosto e setembro de 2017 e foram coletadas informações de dezoito (18) profissionais de fisioterapia, integrantes das equipes do Home Care com especialização lato sensu, através de um questionário estruturado. Entre os profissionais avaliados, 66,7% são do sexo feminino e 33,3% masculino, com idade média de 31 anos. Entre os desafios enfrentados estão os meios de transportes, variados tipos de clientes, falta de reconhecimento, a remuneração, o cansaço físico e mental. Fica evidente a necessidade de promoção de melhores condições de trabalho à equipe multidisciplinar na assistência ao usuário em atendimento domiciliar, de modo que haja condições adequadas de atendimento à ele.


Palavras-chave


Assistência Domiciliar;Fisioterapia; Limitações.

Texto completo:

PDF

Referências


BENASSI, Victor et al. Perfil epidemiológico de paciente em atendimento fisioterapêutico em Home Care no Estado de São Paulo. J Health Sci Inst, São Paulo, v. 4, n. 30, p.395-398, 2012.

BEZERRA, M. I. C.; LIMA, M. J. M. R.; LIMA, Y. C. P. A visita domiciliar como ferramenta de cuidado da fisioterapia na estratégia saúde da família. Sanare, Sobral, Ceará, V.14, n.01, p.76-80, jan./jun. – 2015.

BORGES, Andrea Maria Pinheiro et al. A Contribuição do Fisioterapeuta para o Programa de Saúde da Família: uma revisão da literatura. Uniciências, v. 1, n. 14, p.69-82, 2010.

BRASIL, Ministério da Saúde. Lei n. 8080, de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 20 set. 1990. Disponível em: .

CORTELLA, Mário Sérgio. Reconhecimento é a melhor forma de estimular alguém. Disponível em: . Acesso em 02 de novembro de 2017.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002. Disponível em: < http://www.ufrgs.br/cursopgdr/downloadsSerie/derad005.pdf>. Acesso em 01 de novembro de 2017.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa.10. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSITCAS - IBGE. Bahia - Vitória da Conquista. Disponível em: < https://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?codmun=293330>. Acesso em 01 de novembro de 2017.

LAZARUS, R. S. & Folkman, S. Na analysis of coping in a middle-aged community sample.Journal of Health and Social Behavior, 1980. Stress, appraisal and coping. New York: Springer Publishing Company.

OLIVEIRA, I.B. Domicílio: espaço privado e privativo. Rev Brasileira de Homecare, p.72:8, 2001.

PEREIRA, B. M.; GESSINGER, C. F. Visão da equipe multidisciplinar sobre a atuação da fisioterapia em um programa de atendimento domiciliar público. O Mundo da Saúde, São Paulo, v. 2, n. 38, p.210-218, 2014.

PEREIRA, P. B. A. Atenção domiciliar e produção do cuidado: apostas e desafios atuais. 2014. 134 p. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.

RIBEIRO, Antonio de Lima. Salário e Remuneração. Disponível em: . Acesso em 04 de novembro de 2017.

RIOS, Dermival Ribeiro. Minidicionário escolar da língua portuguesa. São Paulo: DCL, 2000.

SHIWA, Sílvia Regina; SCHMITT, Ana Carolina Basso; JOÃO, Sílvia Maria Amado. O fisioterapeuta do estado de São Paulo. Fisioter Pesqui. 2016;23(3):301-10

SILVA, Kênia Lara et al. Atenção domiciliar como mudança do modelo tecnoassistencial. Rev Saúde Pública, v. 44, n. 1, p.166-176, 2010.

VALE, Natalia do. Estafa: entenda seus sintomas e veja como tratar esse problema. Disponível em: < http://www.minhavida.com.br/saude/materias/10488-estafa-entenda-seus-sintomas-e-veja-como-tratar-esse-problema>. Acesso em 01 de novembro de 2017




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v12i39.937

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: