Análise de Erros de Prescrição de um Programa de Internação Domiciliar de um Hospital Público

Mariana Alexandra Damascena Brandão

Resumo


O Atendimento Domiciliar refere-se a pacientes que disponham de problemas de saúde compensados e com complexidade ou incapacidade física de locomoção até uma unidade de saúde; ou pacientes que precisem de cuidados de menor intensidade, incluídos os de recuperação nutricional, de menor frequência de visitas, com menor necessidade de recursos de saúde e dentro da capacidade de atendimento de todos os tipos de equipes que compõem a atenção básica. A atenção farmacêutica domiciliar (AFD) compreende todas as práticas da atenção farmacêutica, tendo como diferencial a execução de um plano de adesão totalmente adaptado aos fatores sociais e familiares em que o usuário está inserido. Este estudo tem como objetivo, avaliar e quantificar o manejo das prescrições destinadas aos pacientes do programa de Internação Domiciliar de um hospital público interior da Bahia, verificando quais os erros encontrados com maior frequência. Trata-se de um estudo visando prescrições de pacientes internados entre o período de maio a julho de 2017. Os dados serão obtidos através de um formulário baseado no Programa Nacional de Segurança do Paciente do Instituto para Práticas Seguras no Uso de Medicamentos - ISMP. O formulário tem como finalidade o fornecimento de informações que possibilitem a tabulação dos dados através de técnicas estatísticas. Esses dados serão apresentados em forma de porcentagem.

 

 


Palavras-chave


Assistência domiciliar; Prescrições; Paciente; Farmacêutico.

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, Nilcéia Noli do. et al. Assistência Domiciliar à Saúde (Home Health Care): sua História e sua Relevância para o Sistema de Saúde Atual, Rev. Neurociências, São Paulo, 9(3): 111-117, 2001

BOVO, Fernanda et al. Atenção Farmacêutica: papel do farmacêutico na promoção da saúde. Bio saúde, v. 11, n. 1, p. 43-56, Londrina, jan./jun. 2009.

FABRÍCIO, Susete Cristina Coelho et al., Assistência domiciliar: a experiência de um hospital privado do interior paulista Rev. Latino-Am. Enfermagem. Ribeirão Preto, vol.12 no.5, 2004.

GIACOMOZZI C.M.; LACERDA M. R. A prática da assistência domiciliar dos profissionais da estratégia de saúde da família. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, 2006 Out-Dez; 15(4): 645-53, 2006. Disponível em: . Acesso em: 03 de maio de 2017.

JACOBSEN, Thiely Fernandes et al. Análise de erros de prescrição em um hospital da região sul do Brasil. Rev. Bras. Farm. Hosp. Serv. Saúde, São Paulo v.6 n.3 23-26 jul./set. 2015.

LACERDA, Maria Ribeiro et al. Atenção à saúde no domicílio: modalidades que fundamentam sua prática, Saude Soc. vol.15 no.2 São Paulo May/Aug, 2006.

OLMEDILHA R. S.; CAPPELARO A.M.S. O papel do farmacêutico na atenção domiciliar. Rev. Pesq. Inov. Farm. 5(1), 2013, 31-37, 2013.. Disponível em: . Acesso em: 03 de maio de 2017.

RODRIGUEZ M. I. F. Internação domiciliar: avaliações imperativas implicadas na função de cuidar. Psicologia Rev. São Paulo, volume 22, n.2, 197-212, 2013. Disponível em: Acesso em: 03 de maio de 2017.

VALADÃO, A. F et al., Prescrição médica: um foco nos erros de prescrição. Rev. Bras. Farm,. 90(4): 340-343, 2009. Disponível em: . Acesso em: 03 de maio de 2017.

RÊGO, Marília Moreno do; Coromella, Larissa. O papel da análise farmacêutica da prescrição médica hospitalar. Caderno Saúde e Desenvolvimento. vol.7 n.4 | jan/jun – 2015.

OLIVEIRA S. A. R.; Junges F., Papel do profissional farmacêutico no âmbito da assistência farmacêutica CCE - Centro de Capacitação Educacional, Recife, 2015.

PAZIN FILHO, Antônio et al., Princípios de prescrição médica hospitalar para estudante de medicina. Rev. FMRP USP. Ribeirão Preto, São Paulo, 46(2):183-94, 2013.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v11i38.898

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: