O Coaching como Ferramenta na Formação de Liderança nas Organizações Comerciais: Estudo de Caso em uma Empresa de Juazeiro do Norte

Matheus de Medeiros Luna, José Leandro Almeida Neto, Thércia Lucena Grangeiro Maranhão, Franscisca Laudeci Martins Souza

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo conhecer a importância do Coaching como ferramenta no desenvolvimento da liderança, bem como a aplicação de processos de Coaching no âmbito organizacional e como a liderança e o Coaching estão interligados. Buscando entender como esses procedimentos podem auxilia no desenvolvimento de competências das organizações. Será feito um estudo de caso em uma dada empresa na cidade de Juazeiro do Norte, composta por 26 funcionários. A empresa já existiu há 10 anos, retornando no mês de outubro de 2012. Tendo por volta de três anos e meio de existência. Nessa empresa existem práticas de treinamento para os gerentes, tanto on-line quanto presenciais, a fim de desenvolver os gerentes para que possa treinar a equipe. Quanto às bases lógicas de investigação, método da pesquisa foi hipotético dedutivo. Será aplicado um questionário para os colaboradores e entrevista para o gestor.  Ao realizar o trabalho foram utilizadas pesquisas bibliográficas, textos em sites e artigos científicos. Ao término do trabalho ficou comprovado que o Coaching é considerada ferramenta de auxílio de liderança, potencializando assim as habilidades e maximização de resultados.

 



Palavras-chave


Coaching. Gestão de pessoas. Liderança

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Marcelo Franklin da Silva. O Coaching como diferencial na carreira profissional: um estudo de caso. Disponível em: . Acesso em 13 maio 2016

ARAÚJO, Wendel da Silva. Coaching como ferramenta de desenvolvimento da liderança nas organizações. Disponível em:

Acesso em 05 mar. 2016.

BERGAMINI, Cecília Whitaker. Liderança: administração do sentido. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa, Portugal; Edições 70, LDA, 2009.

CAVALCANTI [et al]. Gestão por competências e gestão do conhecimento. 3. ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2009.

CERVO, Amado Luiz; BERVIAN, Pedro Alcino. Metodologia Cientifica. 5. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2002.

CHIAVENATO, Idalberto. Construção de talentos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2002.

CHIAVENATO, Idalberto. Gerenciando com pessoas: transformando o executivo em um excelente gestor de pessoas. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

DUTRA, Joel Souza. Gestão de pessoas: modelo, processos, tendências e perspectivas. 1. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬ GIL, Antonio Carlos. Estudo de caso. São Paulo: Atlas, 2009.

GRAMIGNA, Maria Rita. Modelo de competências e gestão dos talentos. 2. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007

LAKATOS, Eva Maria. Metodologia Científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia Cientifica: para o curso de direito. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2001.

OLIVEIRA, Maria Marly. Como fazer pesquisa qualitativa. 2. ed. Petrópolis, Rio Janeiro: Vozes, 2008.

SOUZA, Paulo Roberto Menezes. A nova visão do Coaching na gestão por competências: a integração da estratégia: como desenvolver competências na prática, diminuindo subjetividades e ajustando o foco. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2007.

STRAUSS, Anselm; CORBIN, Juliet. Pesquisa qualitativa: técnicas e procedimentos para o desenvolvimento de teoria fundamentada. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2008.

VERGARA, Sylvia Constant. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

BRASIL. Resolução nº 510, de 07 DE ABRIL DE 2016. Disponível em: Acesso em: 28 ago de 2016.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v11i37.860

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: