A Influência da Reforma Gerencial sobre a Cultura Organizacional no Âmbito da Gestão Escolar

Clarície Novaes Valgueiro Barros, Jocimara Santos de Moura, Niuvania Layze Muniz Brandão, Lucimara Araújo Campos Alexandre

Resumo


A reforma gerencial tentou introduzir na Administração Pública brasileira, até então marcada pelas disfunções dos modelos anteriores, princípios já aplicados pela gestão empresarial, sobretudo o foco no resultado e a busca pela excelência. O presente trabalho tem como objetivo, através da pesquisa bibliográfica, analisar a influência da reforma gerencial sobre a cultura organizacional na gestão escolar, identificando as ações implementadas para promover a mudança cultural bem como os principais entraves a essa implementação. Percebe-se que a implementação dos princípios da Administração Gerencial no âmbito escolar vem se desenvolvendo de forma lenta, visto a complexidade da cultura organizacional em um ambiente tradicionalista como a escola, o que ratificou a importância do incentivo a iniciativas como a participação democrática na gestão escolar e a descentralização da gestão como auxiliares na assimilação das práticas gerenciais na cultura organizacional escolar com o fim de aumentar os resultados e a melhoria da educação no Brasil.


Palavras-chave


Administração Pública; Reforma Gerencial; Cultura Organizacional; Gestão Escolar

Texto completo:

PDF

Referências


BENNIS, W. A Formação do Líder. São Paulo: Atlas, 162 p, 1996.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988.

BRASIL. Congresso Nacional. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabe¬lece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1996.

BRESSER-PEREIRA, L. C. Da Administração Pública Burocrática à Gerencial. In: BRESSER PEREIRA, L. C.; SPINK, P. Reforma do Estado e Administração Pública Gerencial. 5. ed. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2003.

CAPOBIANGO, R. P. et al. Reformas Administrativas no Brasil: uma abordagem teórica e crítica. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E GOVERNANÇA, 2010, Vitória-ES. Artigo... Vitória: ANPAD, 2010. Disponível em Acesso em: 10 set. 2016.

CASTRO, A. M. D. A. Administração Gerencial: a nova configuração da gestão da educação na América Latina. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v.24, n.3, p. 389-406, set./dez. 2008. Disponível em . Acesso em 31 mar. 2017.

CASTRO, A. M. D. A. Gerencialismo e Educação: estratégias de controle e regulação da gestão escolar. In, CABRAL NETO, A. et al(orgs.). Pontos e contrapontos da política educacional: uma leitura contextualizada de iniciativas governamentais. Brasília:DF, Líber Livro Editora, 2007. p.131

CHIAVENATO, I. Administração Geral e Pública. 2.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

COELHO, D. M. Elementos Essenciais ao Conceito de Administração Gerencial.Revista de Informação Legislativa. Brasília, ano 37, n. 147, jul./set., 2000. Disponível em . Acesso em 20 abr. 2017.

COSTA, F. L. História das Reformas Administrativas no Brasil: narrativas, teorizações e representações. Revista do Serviço Público, Brasília, v. 59, n. 3, p. 271-288, 2008.

DANDRIDGE, T., MITROFF, I.; JOYCE, W. Organizational Symbolism: a topic to expand organizational analysis. Academyof Management Review, Vol. 5, pp. 248-56, 1980.

FARO, V. H. Gestão Escolar, Democracia e Qualidade do Ensino. São Paulo: Ática, 2007.

FLEURY, M.T. L. O desvendar a cultura de uma organização: uma discussão metodológica. In: FLEURY, M. T. L.; FISCHER, R.M. Cultura e poder nas organizações. São Paulo: Atlas, 1990.

FUNDO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A INFÂNCIA. Indicadores da Qualidade na Educação. UNICEF, PNUD, Inep-MEC (coordenadores). São Paulo: Ação Educativa, 2004.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

KÖCHE, J. C. Fundamentos de Metodologia Científica: teoria da ciência e prática da pesquisa. 14. ed. rev. amp. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.

LUCK, H. Dimensões da Gestão Escolar e suas Competências. Curitiba: Editora Positivo, 2009.

NETO, A. C.; CASTRO, A. M. D. Araújo. Gestão Escolar em Instituições de Ensino Médio: entre a gestão democrática e a gerencial. Educ. Soc., Campinas , v. 32, n. 116, p. 745-770, Sept. 2011 . Disponível em . Acesso em 07 ago. 2017.

PARO, V. H. Administração escolar: introdução crítica. 2. ed. São Paulo: Cortez; Autores Associados, 1987.

PETTIGREW, A.M. On Studying Organizational Cultures. Administrative Science Quarterly, v. 24, p. 570-81, 1979.

PIMENTA, C. C. A Reforma Gerencial do Estado Brasileiro no Contexto das Grandes Tendências Mundiais. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, 32(5), p. 173-199, set./out., 1998. Disponível em . Acesso em 20 abr. 2017.

PONTES, R. N. (coord.); CRUZ, C. R. R; MELO, S. M. Relações Sociais e Violências nas Escolas. Belém: UNAMA, 2007.

PUCCINI, L. R. S. et al. Comparativo entre as Bases de Dados PubMed, SciELO e Google Acadêmico com o Foco na Temática Educação Médica. Cadernos Unifoa, Volta Redonda, ed. 28, p. 75-82, ago. 2015. Disponível em . Acesso em 24 jul. 2017.

REZENDE, F. da C. O dilema do Controle e a falha sequencial nas reformas gerenciais. Revista do Serviço Público, v. 53, n.3, 2002.

______. Por que falham as reformas administrativas. Rio de Janeiro: FGV, 2004.

RIBEIRO, L. M. de P.; PEREIRA, J. R.; BENEDICT, G. C. As Reformas da Administração Pública Brasileira: Uma Contextualização do seu Cenário, dos Entraves e das Novas Perspectivas. In: ENCONTRO DA ANPAD, 37., 2013, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2013. p. 1 – 15.

ROSA, C. Gestão Estratégica Escolar. Petrópolis: Vozes, 2004.

SANTOS FILHO, H. Cultura Organizacional: uma análise crítica. Salvador: Memorial das Letras, 1999.

SILVA, A. do C. Evolução da Administração Pública no Brasil e Tendências de Novos Modelos Organizacionais. Cuiabá: ICE, 2013. Disponível em < www.ice.edu.br/TNX/storage/webdisco/.../27b4d512efbac7d37520bc37aa78cac1.pdf>. Acesso em 08 set. 2016.

SILVA, G. R. da. Tendências Actuais na Formação em Administração Educacional. Rev. Port. de Educação, v. 20 n.1 Braga jan. 2007, p. 221-245.

SOUZA, L. D. M.; RIBEIRO, M. S. de S. O Perfil do Gestor Escolar Contemporâneo: das permanências às incorporações para exercício da função. Espaço do Currículo, v.10, n.1, p. 106-122, Janeiro a Abril de 2017. Disponível em . Acesso em 28 jun. 2017.

VASCONCELOS, T. A Importância da Educação na Construção da Cidadania. Revista Saber (e) Educar, n. 12. Porto/Portugal: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti, 2007. Disponível em . Acesso em 09 set. 2016.

ZANELLA, L. C. H. Metodologia de Estudo e de Pesquisa em Administração. 2. ed. Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração/UFSC, 2012. 164p.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v11i37.809

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Clarície Novaes Valgueiro Barros, Jocimara Santos de Moura, Niuvania Layze Muniz Brandão, Lucimara Araújo Campos Alexandre

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A ID on line. Revista de psicologia (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: