Resíduos Sólidos em Santa Cruz da Venerada-PE: Descarte, Movimentação e Destino

Maria Auxiliadora da Conceição Benício, Maria José da Conceição Benício, Lívia Suilan Rosa Caffé, Hesler Piedade Caffé Filho

Resumo


Este estudo trará contribuição não só para a atuação governamental no tange a gestão dos resíduos sólidos, como também com o intuito de colaborar com a ação pública em direção à conscientização para com a população. A pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de analisar como é feito o descarte e gestão dos resíduos sólidos. O método escolhido foi a pesquisa descritiva, pesquisa documental, observação com registro de fotos, pesquisa bibliográfica e entrevista. O referencial teórico trouxe conteúdo de gestão pública e questões relacionadas ao gerenciamento dos resíduos sólidos. Os resultados apresentaram os registros fotográficos da situação de descarte, movimentação e coleta dos resíduos e a entrevista realizada com agentes públicos mostram um resumo sobre o dia a dia e a base de tomada de decisão desses agentes.

 


Palavras-chave


Gestão Pública, resíduos sólidos

Texto completo:

PDF

Referências


BRESSER PEREIRA, L.C. Da administração pública Burocrática à gerencial. Revista do Serviço Público, Trabalho apresentado ao seminário sobre Reforma do Estado na América Latina organizado pelo Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado e patrocinado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento. 1996. Disponível em . Acesso em 27 de junho de 2017.

FADINI, Pedro Sérgio; BARBOSA, Almerinda Antônia Fadini. Lixo: desafios e compromissos. Cadernos Temáticos de Química Nova na Escola. São Paulo: Edição especial, Maio 2001.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002. Apostila.

GIL, A.C. como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: ATLAS 2002.

HARMON, M. M.; MAYER, R. T. Teoria de la organización para la administración pública. [Trad. nossa]. México: Colegio Nacional de Ciências Políticas y Administración Pública A. C./ Fondo de Cultura Económica, 1999.

IPT/CEMPRE. Lixo municipal: manual de gerenciamento integrado. Instituto de Pesquisas Tecnológicas. São Paulo: IPT 2163, 1995.

MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 25. ed. São Paulo: Malheiros, 2000.

MINAYO, Maria Cecilia de Souza; DESLANDES, Suely Ferreira; CRUZ NETO, Otávio; GOMES, Romeu (Coord.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 16. ed. Petrópolis: Vozes, 2000. 80 p.

PEREIRA, Maria de Fátima Rodrigues. A importância do Saneamento Ambiental e da Gestão Sustentável do Lixo em Regiões de Favelas – O caso prático do Morro do Andaraí. Tese de mestrado. Rio de Janeiro, 2004.

SIQUEIRA, A.A. SEMENSATO, L.R. Resíduos Sólidos: Problemas E Desafios. Artigo sem ano de referencia. Disponível em Acesso em 01 de julho de 2017.

STELMACH, Eder Renato. Administração Pública. 2008. Disponível em: . Acesso em: 27 de junho de 2017.

VIEIRA, Elias Antônio. Lixo – Problemática Socioespacial e Gerenciamento Integrado: a experiência de Serra Azul. Tese de doutorado. São Paulo, 2006.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v11i36.788

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: