Como o acúmulo de Atividades Administrativas no Colegiado Acadêmico de Ciências da Natureza da UNIVASF Campus Senhor do Bonfim - BA interfere na Produtividade do Servidor: Um Estudo de Caso

Hesler Piedade Caffé Filho, Jairo dos Santos Souza, Ricardo de Santana Amorim

Resumo


O presente trabalho faz um estudo de como o acumulo de atividades administrativas podem interferir na qualidade e produtividade do servidor público federal. O estudo foi realizado no Colegiado Acadêmico de Ciências da Natureza da Universidade Federal do Vale do São Francisco - Univasf, no Campus de Senhor do Bonfim – BA. A partir da análise dos dados que foram coletados, foi possível verificar o que estava acarretando o acúmulo de atividades administrativas.

 



Palavras-chave


Acúmulo de atividades. Servidor público. Stress. Produtividade

Texto completo:

PDF

Referências


JÚNIOR, C.P. A medicina do Trabalho no Contexto Atual. In: VIEIRA, I.S. Manual de Saúde e Segurança do Trabalho. 3ª ed. Curitiba: Genesis Editora, 1996.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1991.

MATTAR, F. N. Pesquisa de Marketing. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 1999.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

ABRUCIO, F. L. Os Avanços e os dilemas do modelo pós-burocrático: a reforma da administração pública à luz da experiência internacional recente. In: BRESSER P.; SPINK, P. (Org.). Reforma do estado e administração pública gerencial. Rio de Janeiro: Editora FGV, 1998, 314pp.

SECCHI, L. Modelos organizacionais e reformas da administração pública. Revista de Administração Pública, v. 43, n. 2, 2009.

HOOD, C. The Art of the state: culture, rhetoric, and public management. New York: Oxford University Press Inc., 1998.

DI GIACOMO, W. A. O New Public Management no Canadá e a gestão pública contemporânea. Revista Interfaces Brasil/Canadá, n. 5, 2005.

CASELLA, D. M. A. Administração pública. Webartigos, 2008. Disponível em: . Acesso em: 11 fev. 2017.

PAES DE PAULA, A. P. Por uma nova gestão pública. Rio de Janeiro: FGV, 2005.

OSÓRIO, F. M. Novos rumos da gestão pública brasileira: dificuldades teóricas ou operacionais? Revista Eletrônica sobre a Reforma do Estado, n. 1, 2005.

ZOGHBI, J. F. G.; MARTINS, J. E. P. Gestão do conhecimento e da informação em ambientes com elevado turnover na alta chefia: um estudo de caso em projetos de governo. In: CONGRESSO CONSAD DE GESTÃO PÚBLICA, 2 ed., Brasília (DF). Anais. Brasília: Consad, 2009.

CRUZ, T. Sistemas, Organização & Métodos. São Paulo: Atlas, 2002.

ROCHA, L. O. Organização e Métodos. São Paulo: Atlas, 1998.

TAYLOR, F.W. Princípios de administração científica. 8. ed. São Paulo: Atlas, 1990.

BARNES, R. M. Estudo de movimentos e de tempos: projeto e medida do trabalho. 6 ed. São Paulo: Edgar Blücher, 1977.

PEINADO, Jurandir & GRAEML, A. R. Administração da produção: operações industriais e de serviços. Curitiba: UnicenP, 2007

FIGUEIREDO F. J. S.; OLIVEIRA T. R. C.; SANTOS A. P. M. Estudo de tempos em uma indústria e comércio de calçados e injetados LTDA. - XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção. Belo Horizonte, MG, Brasil, 2011.

CHIAVENATO, I. Introdução à Teoria Geral da Administração. 7 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2. ed. Porto Alegre, Bookmann, 2001.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v11i36.766

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: