Agentes Comunitários de Saúde e Sgentes de Combate a Endemias: Desafios para controle do Aedes aegypti

Fabíola Olinda de Souza Mesquita, Alaine Santos Parente, Glória Maria Pinto Coelho

Resumo


O controle das doenças transmitidas pelo vetor Aedes aegypti está relacionado a um conjunto de ações ligadas a atenção primária a saúde, vigilância em saúde, educação em saúde e participação social. Considerando a importância da realização de ações integradas o objetivo desse estudo foi identificar como ocorre a articulação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) com os Agentes de Combate a Endemias (ACE) no cotidiano das ações de prevenção e controle do Aedes aegypti. Foi realizado revisão de literatura através da análise de artigos publicados no período de 2011 a 2016 na base de dados Scientific Electronic Library Online (Scielo) e Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). A partir da análise observou-se que as ações de controle ao vetor exigem dos profissionais, um trabalho integrado, multiprofissional. As ações extrapolam o setor saúde sendo indispensável fomentar políticas intersetoriais, ampliar a educação permanente dos profissionais e estimular a participação ativa da sociedade.

Palavras-chave


Aedes aegypti; Atenção Primária à Saúde; Vigilância em Saúde.

Texto completo:

PDF

Referências


BRAGA, I.A.; VALLE, D. Aedes aegypti: histórico do controle no Brasil. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v.16, n.2, p.113-118, 2007. Disponível em:< https://www.researchgate net/publication/277125759_Aedes_Aegypti_historico_do_controle_noBrasil >. Acesso em: 06 de fevereiro de 2016.

BRASIL, Ministério da Saúde (MS). Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Programa Nacional de Controle da Dengue, Brasília: Fundação Nacional de Saúde; 2002.

__________ .Portaria GM no – 2122, de 18 de dezembro de 2015. Altera o Anexo I da Portaria nº 2.488/GM/MS, de 21 de outubro de 2011, para reforçar as ações voltadas ao controle e redução dos riscos em saúde pelas Equipes de Atenção Básica. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, seção 1, p.80-81.

CAZOLA, L. H. de O., TAMAKI, E. M.; PONTES, E. R. J. Incorporação do controle da dengue pelo agente comunitário de saúde. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v.67, n°4, jul. /ago.,2014.Disponível em:

CHAVES, et al. Dengue, Chikungunya e Zika: a nova realidade brasileira. Revista digital, São Paulo, no137, p.132-145.Disponível em: < http://www.scielo.br/ pdf/reben/ v67n4/ 0034-7167-reben -67-04-0637.pdf >. Acesso em :31 de janeiro de 2016.

CESARINO, M. B.; DIBO, M. R.; IANNI, A. M. Z.; VICENTINI, M. E.; FERRAZ, A. A.; NETO; F. C. A difícil interface controle de vetores-atenção básica: inserção dos agentes de controle de vetores da dengue junto às equipes de saúde das unidades básicas no município de São José do Rio Preto Revista Saúde Sociedade, São Paulo, v.23, n°3, jul./set.,2014. Disponível em:< http://www.scielo.br/scielo.php? script=sci_arttext&pid= S0104- 1290 2014 000301 018>. Acesso em: 31 de janeiro de 2016.

GOMES, K. W. L. et al. Organização do processo de trabalho no manejo da dengue em uma capital do Nordeste. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 39, n.105, p. 561-569, 2015. Disponível em: . Acesso em: 31 de janeiro de 2016.

LIBANIO, K. R.; FAVORETO, C. A. O.; PINHEIRO, R. Análise da integração de Vigilância Ambiental no controle da dengue com a Estratégia Saúde da Família: impacto nos saberes e práticas doa agentes comunitários de saúde. Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v.24, n°1, jan. /mar. 2014.Disponível em:< http://www.scielo.br/scielo.php?pid =S01037 33120 14000100147&script=sci_abstract&tlng=p >. Acesso em: 10 de fevereiro de 2016.

LIMA, E. C.; VILASBOAS, A. L. de Q. Implantação das ações de intersetorialidade de mobilização social para o controle da dengue na Bahia. Cadernos de Saúde Pública. Rio de Janeiro, v.27, n°8, agosto, 2011. Disponível em:. Acesso em: 31 de janeiro de 2016.

OLIVEIRA, G. L. A. Prevenção e controle da dengue no município de Sabará/MG: análise de materiais educativos impressos e das representações sociais de agentes de controle de endemias. Tese de Mestrado. Belo Horizonte.2012.Disponível em:< http://arca.icict.fiocruz.br/ bitstream/ icict/5498/1/Dissertacao_Giselle%20Lopes%20Armindo%20de%20Oliveira.pdf>. Acesso em: 10 de fevereiro 2016.

PAIVA, S. A. Dengue versus lixo uma problemática no Jardim Nova Esperança. III Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental. Goiânia, 2012. Acesso em: 30 de janeiro de 2016.

PERES, A. C. Aedes: ampliando o foco. Comunicação e Saúde Revista Radis. Escola Nacional de Saúde Pública.-ENSP Fiocruz, n.161, fev., 2016.

PESSOA, J. P. de M. et al. Controle da dengue: os consensos produzidos por Agentes de Combate às Endemias e Agentes Comunitários de Saúde sobre as ações integradas. Ciências Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 21, n.8, p. 2329-2338. Disponível em : . Acesso em: 11 de agosto de 2016.

REIS, C. B.; ANDRADE, S. M. de O.; CUNHA, R. V. Responsabilização do outro: discursos de enfermeiros da Estratégia Saúde da Família sobre ocorrência de dengue. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v.66, n°01, jan/fev,2013. Disponível em:. Acesso em: 11 de fevereiro de 2016.

SANTOS, G. B. G. Fatores associados à ocorrência de casos graves de dengue: análise dos anos epidêmicos de 2007-2008 no Rio de Janeiro. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca ENSP. Tese de Doutorado. Disponível em: < http:// bases. bireme.br/cgibin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google&base=LILACS〈=p&nextAction=lnk&exprSearch=688809&indexSearch=ID >.Acesso em: 10 de fevereiro de 2016.

SANTOS, S. L.; CABRAL, A. C. dos S. P.; AUGUSTO, L. G.S. Conhecimento, atitude e prática sobre dengue, seu vetor e ações de controle em uma comunidade urbana do Nordeste. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v.16, n.1, jan., 2011. Disponível em:< http://www.scielo.br/ scielo.php?scrip t=sci arttext &pid= S1413-812 320 110 00 700066. >. Acesso em: 11 de fevereiro de 2016.

SANTOS, S. L. et al. Percepção sobre o controle da dengue: uma análise a partir do discurso coletivo. Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais, Recife, v. 03, n. 02, 2015. Disponível em: < http://www.revista.ufpe.br/ revistamseu/index.php/revista/article/ view/130 >. Acesso em: 02 de maio de 2016.

SILVA, L. B.; SOARES, S. M.: FERNANDES, T. de O.; AQUINO, A. L. Comunicação sazonal sobre a dengue em grupos socioeducativos na atenção primária à saúde. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 45, n.06, p.01-08, 2011.Disponível em: . Acesso em: 10de fevereiro de 2016.

SILVA, G. A. P.; SILVA, L. M. V. Organização das práticas de vigilância em um sistema local. Revista Bahiana de Saúde Pública.v.37.n°1, p.57-73, jan/mar, 2013.Disponível em: . Acesso em: 31 de janeiro de 2016.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v11i36.764

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: