Considerações sobre o Instituto do Lawfare

Geraldo Carreiro de Barros Filho, Athena de Albuquerque Farias, Gislene Farias de Oliveira

Resumo


Lawfare prima face seria o uso da lei como arma de guerra, sendo este carregado de acintosa negatividade, por não buscar a justiça – desejando o uso desta com futilidade.


Palavras-chave


Direito. Lawfare. Justiça.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Código de Processo Civil. Lei 13.105 de 16 de março de 2015

BRASIL. Ministério Público Federal. Glossário de Termos Jurídicos, disponível em: . acesso em 22/12/2016.

BRASIL. STF. ARE 678112 RG, Relator: Min. LUIZ FUX, julgado em 25/04/2013, Acórdão eletrônico. Repercussão Geral – Mérito. DJe 17-05-2013

GARCIA, E. Jus cogens e proteção internacional dos direitos humanos. Revista Eletrônica de Direito do Estado, 2016, n.204, disponível em: . Acesso em 12.01.2017.

MOREIRA, Thiago Oliveira. A aplicação dos tratados internacionais de direitos humanos pela jurisdição brasileira /Thiago Oliveira Moreira. – Natal, RN: EDUFRN, 2015.

PIOVESAN, Flávia. Direitos humanos e o direito constitucional internacional. 14. ed., rev. e atual. – São Paulo: Saraiva, 2013.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v10i33.661

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Geraldo Carreiro de Barros Filho, Athena de Albuquerque Farias, Gislene Farias de Oliveira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: