Gênero e Sexualidade na Educação Contemporânea

Cícero Felix Martins

Resumo


Nos últimos anos, com o crescimento dos movimentos sociais LGBT e do Feminismo, tem se tornado bastante frequente o debate sobre temas como gênero e sexualidade. Esta temática influenciou a Educação, visto que os comportamentos de discriminação começam na infância e se intensificam na adolescência. Sendo assim, este trabalho buscou fazer uma reflexão acerca das questões de gênero e sexualidade na educação atualmente. Observou-se que há políticas que embasam a prática dos profissionais da educação acerca da temática, como por exemplo, os Parâmetros Curriculares Nacionais da educação brasileira, no entanto ainda são registrados diversos desafios na aplicação desses programas. Há falta de compreensão acerca dos fenômenos culturais que sustentam as práticas de discriminação sexual e de gênero; e muitos conceitos essenciais ainda não são claramente difundidos entre os profissionais da área, fazendo com que os agentes de mudança recorram a ações reducionistas e baseadas em seus próprios princípios morais. Conclui-se que as ações que visam tais profissionais sejam trabalhadas continuamente, utilizando-se de ferramentas que visem a reflexão crítica.

 



Palavras-chave


Gênero. Sexualidade. Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil.Brasília, 2009.

BRASIL, Conselho Nacional de Combate à Discriminação. Brasil sem homofobia: programa de combate à violência e à discriminação contra GLTB e de promoção da cidadania homossexual. Brasília: Ministério da Saúde, 2004.

BRASIL. Ministério da Educação e Desporto. Secretaria da Educação

Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil:

Introdução. Brasília, 1998.

BRASIL, Ministério da Educação. Gênero e diversidade sexual na escola: reconhecer diferenças e superar preconceitos. Cadernos SECAD, Brasília, DF, 2007.

BRASIL, Ministério da Saúde. Programa Saúde na Escola. Brasília, 2007.

CARDOSO, Fernando Luiz. O conceito de orientação sexual na encruzilhada entre sexo, gênero e motricidade. Interam. j. psychol. [online]. 2008, vol.42, n.1, pp. 69-79. ISSN 0034-9690.

CRUZ, M. H. S. Refletindo sobre a diversidade de gênero no campo da educação. Saberes em pespec. Jequié, vol. 2, 2012.

CRUZ, M. M. S.; PALMEIRA, F. C. C. Construção de identidade de gênero na Educação Física Escolar. Motriz, Rio Claro, v.15. 2009.

FURLANI, J. (2005) O bicho vai pegar! - um olhar pós-estruturalista à educação sexual a partir de livros paradidáticos infantis. Tese do doutorado, Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, Brasil.

GESSER, M.; CORD, D.; OLTRAMARI, L. C.; NUERNBERG, A. H. Psicologia Escolar e formação continuada de professores em gênero e sexualidade. Revista Semestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, SP. Volume 16, 2012.

NASCIMENTO, M. J.; SILVA, Y. F. O. Gênero e Sexualidade: uma ação educativa no centro de educação profissional. IV EDIPE – Encontro Estadual de Didática e Prática de Ensino ‐ 2011.

MADUREIRA, A. F. A. (2012). Belonging to gender: Social identities, symbolic boundaries and images. In J. Valsiner (Ed.), The Oxford handbook of culture and psychology. New York: Oxford University Press.

MADUREIRA, A. F. A., & BRANCO, A. U. (2012a). Diversity and inclusion as central values in the construction of a democratic world. In A. U. Branco & J. Valsiner (Eds.), Cultural psychology of human values. Charlotte, NC: Information Age.

MADUREIRA, A. F. A., & BRANCO, A. M. C. U. A. (2012b). As raízes histórico-culturais e afetivas do preconceito e a construção de uma cultura democrática na escola. In A. U. Branco & M. C. S. L. Oliveira (Eds.), Diversidade e cultura da paz na escola: Contribuições da perspectiva sociocultural. Porto Alegre, RS: Mediação.

MADUREIRA, A. F. A.; BRANCO, A. U. Gênero, sexualidade e diversidade na escola a partir da perspectiva dos professores (as). Temas em Psicologia, vol. 23, 2015.

MONEY, J. (1998). Sin, science, and the sex police: Essays on sexology & sexosophy. New York: Prometheus Books.

PEDROSA, J. B. Segundo desejo. São Paulo: Iglu, 2006.

STOLLER, R. (1993). Presentations of gender. London: Yale University Press.

Vainfas, R. (2010). Trópico dos pecados: Moral, sexualidade e inquisição no Brasil. Rio de Janeiro, RJ: Civilização Brasileira.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v10i33.652

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Cícero Felix Martins

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: