Comportamento de risco no trânsito entre estudantes de ciências sociais

Jenniffer de Queiroz Batista, Filemon Souza Lopes, Anna Lúcia Fonsceca Leite, Márcia Clébia Araújo

Resumo


O trânsito brasileiro hoje, possui índices alarmantes de infrações, vitimando milhares de pessoas todos os dias, dentre esses, um significativo número de jovens. O presente estudo objetiva conhecer a intenção, em termos de comportamento de risco, entre condutores jovens, alunos do Curso de Ciências Sociais da Universidade Regional do Cariri – URCA. Um protocolo com quinze questões pertinentes a temática foi distribuído a uma amostra de 28 estudantes, com idades entre 17 e 39 anos. Os resultados indicaram a necessidade de implementação de programas educativos para o trânsito nas universidades, pois, apesar de uma maioria apresentar comportamento adequado no trânsito, o número de condutores infratores ainda se mostrou alto. O agravante é o fato de que, sendo uma população universitária, acreditava-se ser mais esclarecida dos problemas sociais implicados.


Palavras-chave


Estudantes universitários, Comportamento no trânsito, Ciências sociais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v5i13.51

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: