Processo Eletrônico: Avanços e Retrocessos para o Ordenamento Jurídico e para a Gestão Pública do poder judiciário.

Anderson Wagner Santos de Araújo

Resumo


O presente trabalho delimita-se a indicar os avanços e retrocessos da utilização do processo eletrônico no cotidiano, sob a ótica da gestão pública e do direito. Para isto, adotou-se como procedimento metodológico uma pesquisa de caráter qualitativa e exploratória, ancorada em técnicas de coletas bibliográficas. De modo geral, o estudo apresenta-se predominantemente descritivo, analisando de forma ampla o fenômeno, suas variáveis e a compreensão dos fatos. O processo eletrônico é como uma grande inovação para o ordenamento jurídico brasileiro e para a gestão pública do poder judiciário, se deu com o advento da Lei 11.419 de 2006, que dispõe sobre o Processo Eletrônico e a necessidade de sua implantação nos tribunais. Indubitavelmente, um marco pela a busca da eficiência do serviço jurisdicional, com o intuito de afastar a burocracia e a lentidão. No entanto, existem controvérsias sobre o seu êxito, pois existem avanços e retrocessos tanto no caráter do direito, quanto na prestação do serviço pelo gestor público do Poder Judiciário.

 


Palavras-chave


Processo Eletrônico. Gestão Pública. Poder Judiciário.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA FILHO, José Carlos de Araújo. Processo eletrônico e teoria geral do processo eletrônico. Porto Alegre: TRF - 4ª Região, 2008 (Caderno de Direito Processual Civil: módulo 7).

ALMEIDA FILHO, José Carlos de Araújo. Processo eletrônico e teoria geral do processo eletrônico: a informatização judicial no Brasil. Rio de Janeiro: Forense, 2009

BRASIL, Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, Artigo 37 (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

BRASIL Lei n° 8.245 de 18 de outubro de 1991, Artigo 58, inciso IV. (Lei do Inquilinato)

BRASIL, Lei n° 11. 479 de 19 de dezembro de 2006. (Dispõe sobre a informatização do processo judicial)

DAGNINO, Renato Peixoto. Planejamento estratégico governamental. 2. Ed. reimp. Florianópolis: Departamento de ciências da Administração, UFSC, 2012.

DIEHL Astor Antônio; TATIM, Denise Carvalho. Pesquisa em ciências sociais aplicadas. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

FURLANETO NETO, Mário e GUIMARÃES, José Augusto. Crimes na internet: elementos para uma reflexão sobre a ética informacional. 2003. Artigo disponível no site: http://www.cjf.jus.br/revista/numero20/artigo9.pdf.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. São Paulo: Atlas, 1999.

LIMA, George Marmelstein. E-Processo: uma verdadeira revolução procedimental. 2012. Disponível em: . Acesso em: 25 mar 2016.

MENKE, Fabiano. Assinatura digitais, certificados digitais, infraestruturas de chaves públicas brasileira e a ICP alemã. 2003. Disponível em: . Acesso em: 24 mar 2016.

OCTAVIAN, Rosiu Ovídiu Petre; PAULESCU, Doina & MUNIZ, Adir Jaime de Oliveira. Monografia – Cursos de administração, ciências contábeis, ciências econômicas e turismo. Brasília: UniCEUB, 2003.

PARCHEN, Andrelize, Processo eletrônico- Avanço ou retrocesso? 2011. (Jusbrasil). Disponível em: < http://alexandre-atheniense.jusbrasil.com.br/noticias/2544982/artigo-processo-eletronico-avanco-ou-retrocesso/>. Acesso em: 06 abr 2016.

REALE, Miguel, Filosofia do Direito, 19ª ed., Editora Saraiva, São Paulo, 2000.

ROCHA, Adão. Acordo Trabalhista pelo Whatsapp. 2015. Disponível em: . Acesso em: 25 mar 2016.

SILVA, Flávio Ernesto Rodrigues & BORGES, Leonardo Dias. A informática a serviço do processo. Disponível em Disponível em: < http://65jcjrio.digiweb.com.br>. Acesso em: 05 abr 2016

SILVA, Samuelson Wagner de Araújo e. Processo eletrônico. O impacto da Lei nº 11.419/2006 na mitigação da morosidade processual na prestação jurisdicional brasileira. (Jus Navigandi). Disponível em: . Acesso em: 13 mar 2016.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO. Disponível em: . Acesso em: 05 abr 2016.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v10i30.460

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: