A arte como recurso terapêutico Em pacientes com transtornos mentais

Josefa Janiele Lopes Moreira, Séfora Batista Almeida, Valéria de Sá Santana, Iury de Sá Barreto Lima, João Paulo Xavier Silva

Resumo


Os pacientes com transtornos mentais são um grupo de pessoas, muitas vezes, discriminado pela sociedade e carente de ações que se dirijam para as suas necessidades, bem-estar, qualidade de vida e inserção social. A arteterapia visa estimular a expressão artística e tem sido utilizada como terapêutica para indivíduos com transtorno mental. Objetivou-se estimular as atividades artísticas como forma de tratamento adjuvante para as pessoas com transtornos mentais, assim como criar condições para que estes possam inserir-se plenamente na sociedade. Trata-se de uma pesquisa-ação que busca a intervenção e transformação de uma população, na qual são realizadas as ações. O estudo foi realizado no Centro de Atenção Psicossocial, em Juazeiro do Norte-CE, em encontros envolvendo atividades artísticas e oficinas, as quais foram planejadas com o apoio e participação da equipe do serviço, em parceria universidade-comunidade, ressaltando a importância das ações de extensão universitária. Observou-se que esta ação se mostrou positiva na estratégia terapêutica desses pacientes, incentivando a inserção desses indivíduos na sociedade e também melhorando sua qualidade de vida.


Palavras-chave


CAPS, Arteterapia, Inclusão social.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v5i13.44

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line é indexada nas seguintes bases de dados: