Educação Permanente: Estratégia Resolutiva na Enfermagem

Ana Paula Agostinho Alencar, Fernando Luiz Affonso Fonseca, Marisângela da Costa Silva, Andrea Maria Casado Marques, Petrúcya Frazão Lira, Camila Macêdo de Figueiredo, Samyra Paula Lustoza Xavier

Resumo


O Objetivo do presente estudo é descrever em forma de relato de experiência, um projeto de intervenção educação permanente em saúde, implementado em uma Policlínica. Método: Trata-se de uma pesquisa descritiva, exploratória com abordagem quantitativa, do tipo relato de experiência realizada na policlínica Barbara Pereira de Alencar. De Fevereiro a outubro de 2015. Publico alvo funcionários do estabelecimento. Resultados: realização das atividades de 23/03/15 à 17/08/2015 temas acolhimento, aula expositiva/oficina. Ética no serviço profissional, roda de conversa. Técnicas de curativo e tipos de cobertura, aula expositiva. Biossegurança, aula expositiva e prática. Centro cirúrgico, aula expositiva e prática. Esterilização, oficina e prática no setor. Discussão: Os modelos assistenciais pautados pela integralidade devem adotar formas ampliadas de captação das necessidades de saúde, criando possibilidades para atender não somente aquilo que está programado, ou que é identificado como relevante pelos saberes tradicional. Conclusão: A Educação Permanente essencial, partindo do ponto que a mesma deve ser realizada de forma dinâmica, envolvente, técnica com envolvimento de grupos buscando melhorias no serviço e trabalhando a necessidade de cada um, ou seja focado na coletividade.


Palavras-chave


Educação Permanente. Enfermagem. Estratégia resolutiva

Texto completo:

PDF

Referências


SANTOS,Cláudia Menezes; TENÓRIO ,Flavia Priscila Souza; KICH, Francis Deon . Educação Permanente em Saúde no Estado de Sergipe Saberes e tecnologias para implantação de uma política. Livro do Aprendiz. 1ª Ed. Aracaju-SE 2011.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990. Brasília, 2015. Site http://conselho.saude.gov.br/legislacao/lei8080.htm Acesso em 02 de outubro de 2015.

FLORES, Lisiane Melo Muniz ; ILHA, Neida Luiza Pelenz. Educação Continuada em Enfermagem. Disciplinarum Scientia. Série: Ciên. Biol. e da Saúde, Santa Maria, v.2, n.1, p.79-86, 2001.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde Departamento de Gestão da Educação em Saúde Política Nacional de Educação Permanente em Saúde. Série B. Textos Básicos de Saúde. Série Pactos pela Saúde 2006, v. 9 Brasília – DF 2009.

GIL,Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesqauisa.Atlas, São Paulo, 2010.

MATTOS, Ruben Araújo. Os sentidos da integralidade: algumas reflexões acerca de valores que merecem ser defendidos. Disponível em: < http://www.uefs.br/pepscentroleste/arquivos/artigos/os_sentidos_integralidade.pdf.> Acesso em: 25 jul. 2010.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v10i30.435

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: