Relação entre Austeridade Fiscal e Bem Social nos Municípios Brasileiros

Eugenio Santos Miranda, Deise Cristiane do Nascimento

Resumo


Esse estudo configura-se como um levantamento de dados como intuito de refletir sobre a função política e social dos Estados e Municípios, demarcando pontos como o endividamento no setor público e o bem-estar social da população. O levantamento de informações foi realizado em junho de 2015, na base de dados encontrados em órgãos oficiais do Governo em suas três instancias, federal, estadual e municipal. As variáveis estudadas nesse trabalho são: Lei de Responsabilidade Fiscal e bem-estar social, e o instante temporal entre1991 a2015. Dentre os Municípios do Sub Médio São Francisco serão estudados, Juazeiro e Remanso na Bahia; e Petrolina e Ouricuri, em Pernambuco foram incluídos nessa pesquisa por serem municípios em destaque pelo crescimento econômico e por localizarem-se no Sub Médio São Francisco. 


Palavras-chave


Gestão Pública Municipal; Politicas Públicas; Austeridade Fiscal e Bem Estar Social

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil (1988). Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituiçao.htm. Acessado em: 11 de maio 2015.

BRASIL. Controladoria - Geral da União. Portal da transparência.Controle Social – Conselhos municipais e controle social. Disponível em: http://www.portaldatransparencia.gov.br/controleSocial/ConselhosMunicipaiseControleSocial.asp Acessado em: 20 de maio de 2015.

BRASIL. Lei complementar nº 101, de 4 de maio de 2000. Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lcp/lcp101.htm. Acessado em: 01 de junho de 2015.

BRASIL. Lei n. 12.919, de 24 de dezembro de 2014. Dispõe sobre as diretrizes para a elaboração e execução da Lei Orçamentária de 2014 e dá outras providências. Disponível em: http://www12.senado.gov.br/orcamento/documentos/ldo/2014/elaboracao/autografos-e-leis/lei/texto-lei. Acessado em 01 de junho de 2015.

BRASIL. IBGE Cidades. Disponível em: http://www.cidades.ibge.gov.br/Acesso em 10 de Outubro de 2015.

CASTRO, J. N. de. Responsabilidade fiscal nos municípios. Belo Horizonte: Ed. Del Rey, 2001. p.33.

CLAUDIANO, R. (org.); Ribeiro, R. J. B. Modulo: Administração Pública FPD 6016B. Faculdade Internacional Signorelli. Rio de Janeiro - RJ – Brasil, 2011.

GERIGK, W. Clemente, A. Influência da LRF sobre a Gestão Financeira: Espaço de Manobra dos Municípios Paranaenses Extremamente Pequenos.RAC, Curitiba, v. 15, n. 3, art. 8, pp. 513-537, Maio/Jun. 2011.

GIL, A. C.. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

GONTIJO, C.S.; Araujo, C, F, S. RESPONSABILIDADE FISCAL: ADEQUAÇÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA DA DESPESA. Monografia. UNB, Brasília, 2006. Disponível em: http://portal2.tcu.gov.br/portal/pls/portal/docs/2054430.PDF. Acessado em 10 de Outubro de 2015.

GOVERNO DA BAHIA. Parâmetros para uma gestão fiscal responsável. 2ª Edição, 2000.

RIBEIRO FILHO, J.F; Controle Gerencial para entidades da Administração Pública. 2° Prêmio STN de Monografia, 1997.

SALDANHA, C. Introdução à gestão pública. 2. ed. São Paulo, Saraiva, 2006.

SENA, L. B., & Rogers, P. Análise agregada dos municípios mineiros de grande porte quanto a adequação à lei de responsabilidade fiscal (LRF). Anais do Congresso Brasileiro de Custos, João Pessoa, PB, Brasil, 14. 2007.

SERPA, T. S; O principio da transparência na lei de responsabilidade fiscal. Trabalho de Monografia. UFSC, 2005. Disponível em: http://tcc.bu.ufsc.br/Contabeis294257.

Acessado em 05 de junho de 2015.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v10i30.423

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: