Assistência Pré- Natal: Uma Avaliação do Serviço Público de Saúde no Atendimento às Gestantes no Município de Icó- CE

Vanessa Machado Custódio Dantas, Raimundo Tavares de Luna Neto, Kerma Márcia de Freitas, Olga Feitosa Braga Teixeira, Francinete Alves Felipe, Alan Felipe Oliveira de Alencar, Cleciana Alves Cruz, Úrsula Hérica dos Santos Moura, Natália Bastos Ferreira Tavares

Resumo


Tendo em vista as inúmeras transformações biopsicossociais que a mulher apresenta durante o período gravídico, o pré-natal vem como o objetivo de assegurar um desenvolvimento de uma gestação segura e livre de riscos, bem como, um parto e pós-parto saudáveis. A assistência a gestante no acompanhamento pré-natal, no entanto, consiste na junção de ações e instrumentos que unidos exercem medidas de assisti-las em todas as suas necessidades, assim como, na realização de condutas preventivas, educativas e curativas. A presente pesquisa tem por objetivo avaliar a qualidade da assistência prestada as gestantes do município de Icó- CE, com foco na estrutura, no processo e nos resultados da Unidade Básicas de Saúde- UBS. Sendo composta por duas fases, a primeira uma pesquisa do tipo exploratório descritiva, transversal com abordagem quantitativa e a segunda do tipo documental, devido a utilização de dados secundários. O estudo foi realizado nas 08 equipes de saúde da família da zona urbana do município e na Secretaria de Saúde da referida cidade. Foi utilizado o instrumento de Avaliação da Qualidade da Assistência Pré-Natal criado por Rocha (2011). Os dados foram organizados em tabelas e após serem tabulados foram confrontados com a literatura. Para realização deste estudo foram observados os pressupostos da resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde do Ministério da Saúde (CNS- MS) que do qual dispõe sobre pesquisa com seres humanos. Após a análise dos dados no que tange à estrutura das unidades da zona urbana da cidade, pode-se observar que as mesmas atendem aos requisitos mínimos e considerados indispensáveis para que esta assistência possa ocorrer com qualidade, porém há ainda os vieses e pontos falhos que ainda podem interferir na qualidade destes atendimentos e que precisam de atenção. Com relação aos indicadores, apesar de não terem como ter sido usado todos aqueles disponíveis pelo MS, pelo fato da indisponibilidade de dados do SISPRENATAL e por este ainda estar em processo de adaptação, nem todos os utilizados refletiram um resultado satisfatório, mostra que há pontos frágeis que também necessitam de de cuidado.

 


Palavras-chave


Assistência integral à saúde. Atenção Primária à Saúde. Cuidado Pré- Natal

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v9i26.330

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: