Logística Reversa: Conceitos, Relevância e Comportamento Sustentável / Reverse Logistics: Concepts, Relevance and Sustainable Behavior

Raquel Chave de Araújo, Maria Erilúcia Cruz Macêdo

Resumo


Resumo: Atualmente, a Logística Reversa tornou-se um segmento importante dentro da cadeia de suprimentos da Logística, colaborando para vantagem competitiva sustentável.  É um método que tem como finalidade parâmetros de pré-produção, encerramento do produto, ciclo de vida e destinação dos resíduos desse produto, de forma a fundamentar o uso da matéria-prima natural utilizada no processo produtivo, cooperando para a preservação ambiental. Desse modo, a pesquisa buscou na literatura uma análise exploratória, a partir das considerações de alguns autores que abordam essa temática. A pesquisa trata-se dos conceitos da Logística e sua procedente, a Logística Reversa e sua vinculação com as organizações, e a importância sob a ótica econômica, legislativa e ecológica. Diante da pesquisa desempenhada, verificou-se a presença de ganhos em empresas favorecidas no tocante a referida relação, no propósito de percorrer no sentido ao desenvolvimento sustentável.

 


Palavras-chave


Competitividade; Logística Reversa; Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF

Referências


APPOLINÁRIO, Fabio. Dicionário de Metodologia Científica. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2011. 295p.

BALLOU, R. H. Gerenciamento da cadeia e suprimentos/logística empresarial. 5 ed. Porto Alegre: Bookman,2006.

BALLOU, R. H. Logística Empresarial. 2 ed. São Paulo, Atlas, 1995.

CARTER, C. R. et ELLRAM, L. M. (1998). Reverse Logistics: A review of the literature and framework for future investigation. Journal of Business Logistic – 1998.

CAVANHA FILHO, Armando Oscar. Logística: novos modelos /Armando Oscar Cavanha Filho. – Rio de Janeiro: Qualitymark Ed., 2001.

CHING, H.Y. Gestão de Estoque na Cadeia de Logística Integrada – Supply Chain.3 ed. São Paulo: Atlas,2009

FULLER, D. A. , ALLEN, J. Reverse Channel System, Nova Iorque, Haworth Press, 1995

GONÇALVES, Hortencia de Abreu. Manuel de Metodologia da Pesquisa Cientifica. 2. ed. AVERCAMP, 2014.

GUARNIERI, P,; CHRUSCIACK, D,; I,L.; HATAKEYAMA, K.;SCANDELARI, L. WMS – Warehouse Management System: adaptação proposta para o gerenciamento da logística reversa. Prod. V. 16, n.1. São Paulo, 2006

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia científica. 7 ed. São Paulo: Atlas 2017.

LAMBERT, D. M.; STOCK, J. R.; ELLRAM, L. M. Fundamentals of Logistics Menagement, Columbus, McGraw-Hill, 1993.

LEITE, P. R. Logística Reversa: meio ambiente e competitividade/ Paulo Roberto Leite. – São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2003

LEITE, P. R. Logística Reversa e competitividade. São Paulo: Pearson Prentice Hall 2006

MENDES, Ana Carolina de Silva. Responsabilidade Social: Balanços Sociais e Selos Verdes. Trabalho apresentado ao Programa de Iniciação Cientifica (PIC) do Instituto Educacional de Ensino Superior – IMESA e a Fundação Municipal do Município de Assis – FEMA. 2012. Disponível em: https://cepein.femanet.com.br/BDigital/arqPics/0811261189P416.pdf.

MIGUEZ, E., MENDONÇA, F. M.: VALLER, R. A. B. Impactos ambientais,sociais e econômicos de uma política de logística reversa adotada pó uma fábrica de televisão – um estudo de caso. Disponível em < http://www.abepro.orc.br/biblioteca/ENEGEP2007_TR680486_9854.pdf >. Acesso em 04/03/2021.

NOVAES, Antõnio Galvão. Logística e gerenciamento da cadeia de distribuição. 3 ed 5 reimp. Rio de Janeiro: Elsevier 2007

STOCK, J. R. Development and Implementation of Reverse Logistics Programs. Oaks Brook, IL, Council of Logistics Management Books, 1998.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v15i55.3048

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Raquel Chave de Araújo, Maria Erilúcia Cruz Macêdo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: