A Importância das Atividades Logísticas como Fator Organizacional / The Importance of Logistics Activities as an Organizational Factor

Adriano Vitor da Silva, Maria Erilúcia Cruz Macêdo

Resumo


Resumo: O referido trabalho teve como objetivo, compreender as possibilidades que as organizações precisam para executar as atividades logísticas como fator diferencial no varejo, embasado no entendimento da importância das atividades logísticas como fator organizacional. De uma forma específica avaliar a cultura das organizações quanto ao uso das atividades logísticas, mostrando o que pode ser benéfico para ter sucesso, identificar os pontos importantes que auxiliem as organizações executarem de maneira eficiente as atividades logísticas como diferencial e demonstrar os resultados que se pode vislumbrar quando usado as atividades logísticas de forma eficiente. O estudo se determinou por uma pesquisa qualitativa e mediante aos fins descritiva e seus meios se determinou bibliograficamente. O trabalho teve como ponto forte demonstrar o quanto é possível ver a importância das atividades logísticas como diferencial e quando utilizadas o quanto podem ser consideradas como diferencial no atingimento das metas, beneficiando a organização e os clientes. Assim como possibilitando futuros estudos na temática de uma forma mais exploratória e até mesmo através de um estudo de caso específico dentro de uma organização. Assim, de uma forma prática os objetivos do estudo foram alcançados mediante os resultados adquiridos através do estudo e o entendimento da temática em busca de ajudar as organizações em atingir suas metas.

 


Palavras-chave


Diferencial. Benefícios. Metas

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, C.M.P.R. Modelo de Gestão Estratégica de Cadeia de Organizações: Um estudo exploratório. 2006. 481 f. Programa de Pós-graduação em Administração Departamento de Administração, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

BALLOU, R. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos. Trad. Elias Pereira. Porto Alegre: Bookman, 2001.

BALOOU, Ronald H, Logística empresarial: transporte, administração de materiais e distribuição física. 24 ed. São Paulo: Atlas, 2011.

BERTAGLIA, Paulo Roberto. Logística. São Paulo: Saraiva, 2003.

CAMPOS, D.M.A. Os resultados do processo de terceirização na logística de transportes: Um estudo na assunção distribuidora de produtos químicos do Nordeste. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso - Universidade Federal da Paraíba - Centro de Ciências Sociais Aplicadas, João Pessoa, 2008. Acesso em: 05 jan. 2021.

FLEURY, P.F.; WANKE, P. & FIGUEIREDO, K. F..Logística Empresarial: a Perspectiva Brasileira, 1ª ed. São Paulo: Atlas, 2000.

MENDONÇA, J. K. Inteligência nos Negócios: Logística faz a diferença. Revista Online IPOG 0Especialize, Goiânia, v.01, ed. 5, n. 005, p. 1 - 17, 2013

NOVAES, Antonio Galvão. Logística e Gerenciamento da Cadeia de Distribuição: Estratégia, Operação e Avaliação. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

PORTER, Michael E.. Vantagem competitiva: criando e sustentando um desempenho superior. Rio de Janeiro: Campus, 1991.

POZO, Hamilton. Administração de Recursos Materiais e Patrimoniais: Uma abordagem

logística. São Paulo: Atlas, 2004.

REIS, P.R. Logística Empresarial como Estratégia Competitiva: Caso do Centro de Distribuição da AMBEV. Florianópolis, 2004. Disponível em: http://tcc.bu.ufsc.br/Contabeis295557.pdf. Acesso em: 19 jan. 2021.

TRIGUEIRO, Fernando. Qualidade em Serviços e Atenção ao Cliente. Olinda: Focus, 2

VIANA, João J. Administração de Materiais: um enfoque prático. São Paulo: Atlas, 2002.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v15i55.3037

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Adriano Vitor da Silva, Maria Erilúcia Cruz Macêdo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: