Avaliação da Assistência Prestada na Estratégia de saúde da família na Ótica do Usuário

Ítallo Lopes Lins, Raimundo Tavares de Luna Neto, Samara Ferreira Pequeno Leite, José Mairton Cavalcante de Oliveira, Francinete Alves Felipe, Natália Bastos Ferreira

Resumo


Os processos de avaliação dos serviços na Atenção Primária a Saúde (APS) constituem uma ferramenta importante ao reconhecimento da realidade das ações de saúde realizadas naquele território adscrito, com o propósito de melhorar a qualidade nos serviços oferecidos pelas equipes de acordo com a satisfação do usuário em unidades que apresentam o PMAQ-AB (Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica). Nesse sentido vale citar o instrumento PCATOOL (Primary Care Assessment Tool) validado e reconhecido internacionalmente em vários países, com o propósito de avaliar a APS nos seus componentes acessibilidade, longitudinalidade, coordenação na integração de cuidados e no sistema de informações; integralidade nos serviços disponíveis e nos serviços prestados; orientação familiar e orientação comunitária. Objetivou avaliar a qualidade da assistência prestada na Estratégia de Saúde da Família (ESF) São Braz no município de Ouricuri-Pe utilizando o PCATOOL no componente Acessibilidade. Trata-se de uma pesquisa descritiva de caráter exploratório, com abordagem predominantemente quantitativa e avaliativa, com 340 usuários mediante a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), com as quais foi aplicado um formulário que continha os questionamentos do perfil socioeconômico dos participantes e os 11 itens relacionado à avaliação no componente citado. A análise estatística foi feita a partir da obtenção dos escores menor e maior do componente através da média aritmética dos itens dos mesmos juntamente com a quantificação das respostas lançadas em tabelas para serem discutidos na literatura pertinente. A faixa etária predominante está entre 28 a 47 anos em ambos os sexos, totalizando 188 participantes com 55,3% da amostra. O sexo feminino com 73,4% (249 usuários) predominou sobre o masculino com 26,6% (91 usuários). Em relação à profissão predominou a classe dos agricultores com 40,6% (138 usuários) e quem menos procura atendimento assistencial foi à classe dos funcionários públicos com 6,2% (21 usuários). Os resultados obtidos pela avaliação geral da APS no componente acessibilidade foram respectivamente, maior e menor escore: 4,23 e 6,03 (insatisfatório). A partir da avaliação da ESF pelo PCATOOL nos seus resultados, pode-se perceber que o PMAQ-AB estar em processo de implantação, constituindo uma ferramenta importante no que concerne a melhoria da qualidade da assistência prestada pelas equipes, tendo em vista que a mesma é porta de entrada do sistema, sendo necessário cada vez ampliar esse programa no sentido de aumentar a cobertura na atenção básica sempre pensando na qualidade da assistência prestada.


Palavras-chave


Atenção Primária à Saúde; Qualidade da Assistência a Saúde; Avaliação em Saúde; Estratégia de Saúde da Família.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v8i24.299

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: