Indisciplina na EREM Barão de Exu: Resolução de Conflito

Edilândia Carvalho de Sousa, Maria de Lurdes Quaresma Dantas, Rita Edevanira de Sá Carneiro, Maria Aparecida Oliveira Alves

Resumo


O presente estudo é um relato da experiência vivenciada na Escola de Referência em Ensino Médio Barão de Exu, Pernambuco, em 2013. Utilizou-se uma metodologia participativa envolvendo pais, alunos e corpo docente, com o uso de textos, questionários e vídeos com discussão. As sugestões das atividades foram propostas conjuntamente, bem como as estratégias para um maior envolvimento dos alunos e da própria família no processo ensino-aprendizagem. Dentre as reflexões propostas, a indisciplina foi a que mais mobilizou os sujeitos.  Como resultados, uma série de intervenções foram sugeridas pelos envolvidos, para minimizar a indisciplina e as dificuldades de aprendizagem na escola. Concluiu-se que foi uma experiência importante, de grande participação  espontânea por parte dos pais, bem como do envolvimento de todos, família, professores e dos próprios alunos em prol de uma educação com mais qualidade.

 


Palavras-chave


Indisciplina, Participação, Ensino-Aprendizagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v8i23.292

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line é indexada nas seguintes bases de dados: