Análise da Produção sobre a Síndrome de Burnout em Professores, de 2002 a 2013

Maria Paula Silvestre Campelo, Sidney Medeiros de Oliveira

Resumo


O presente estudo é uma revisão sistemática da literatura sobre a Síndrome de Burnout em professores. O objetivo principal foi averiguar como este tema vem sendo abordado nos últimos anos e, discutir sobre as conclusões dos autores com relação a esta temática. A Síndrome de Burnout é um tipo particular de estresse, que influencia diretamente na qualidade de vida e de trabalho dos professores. Suas principais características são o esgotamento físico e emocional,  conseqüências de desgaste psicológico e físico,  provocados por condições e/ou situações percebidas como desagradáveis e desmotivadoras no ambiente laboral. Muitos  sintomas podem ser desencadeados à partir da síndrome, tais como:  irritabilidade, perda momentânea da memória,  sensação de cansaço e fadiga, podendo chegar a uma depressão profunda. Para a realização do presente estudo, foram selecionados 29 artigos à partir das palavras-chave, pelo título: burnout, estresse laboral, professores, educadores,  na base de dados Scielo. Desse total, apenas 20  atenderam aos  critérios de inclusão. As conclusões contidas nesta revisão, certamente nortearão políticas públicas de saúde para os docentes, ao tempo em que incentiva novos estudos e discussões sobre a melhoria da qualidade de vida e labor dos educadores.


Palavras-chave


Síndrome, Burnout, Estresse, Professores

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v8i23.289

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: