O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade

Catarina Fernandes Macêdo Bezerra, Maria Valéria Leimig Telles, Maria Iaponira Fernandes Macêdo Bezerra, Samuel de Oliveira Ribeiro, Noyla Denise Alencar de Sá

Resumo


O transtorno do déficit de atenção e/ou hiperatividade (TDAH) é uma doença de alta prevalência em crianças em idade escolar. Erroneamente entendido anteriormente como um diagnóstico de baixa morbidade, o TDAH é reconhecido atualmente como uma condição importante, não só pelo forte impacto funcional e social como também pela alta prevalência de comorbidades psiquiátricas. O TDAH é um distúrbio neurofisiológico, com sinais de falta de atenção e impulsividade não adequadas ao nível de desenvolvimento, prejudiciais a aprendizagem e com impacto na qualidade de vida dessas crianças. Não existe marcador biológico para o TDAH, seu diagnóstico é clínico, baseado em entrevista com o paciente, pais, professores e pessoas que lidam com o portador. O objetivo visa ressaltar os aspectos mais importantes da avaliação do TDAH, consultando a bibliografia mais pertinente para avaliação deste transtorno. O presente estudo busca uma revisão atual dos principais aspectos do histórico, epidemiologia, neurobiologia, quadro clínico, comorbidades, diagnóstico, evolução e tratamento do transtorno.


Palavras-chave


Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade – TDAH. Criança. Adolescente

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v8i23.288

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Catarina Fernandes Macêdo Bezerra, Maria Valéria Leimig Telles, Maria Iaponira Fernandes Macêdo Bezerra, Samuel de Oliveira Ribeiro, Noyla Denise Alencar de Sá

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: