Análise da Vulnerabilidade de Adolescentes à Infecção pelo Hiv/Aids em Iguatu – CE

Natália Bastos Ferreira, Israel Ferreira da Costa, Raimundo Tavares de Luna Neto, Leandro Félix de Freitas, Riani Joyce Neves Nóbrega

Resumo


Este estudo objetivou analisar a vulnerabilidade de adolescentes à infecção pelo HIV/AIDS em escolares do município de Iguatu – CE. Para tanto, foi realizada uma pesquisa exploratória, descritiva com abordagem qualitativa com 12 adolescentes de uma Escola de Ensino Fundamental e Médio do município de Iguatu – CE. As informações foram obtidas no mês de junho de 2012, por meio de uma entrevista semiestruturada com grupo focal. Os resultados foram analisados através do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). A pesquisa respeitou a Resolução 196/96, do Conselho Nacional de Saúde. Na análise dos dados identificou-se que os sujeitos da pesquisa encontram-se na faixa etária de 17 a 19 anos de idade, sendo prioritariamente solteiros, cursando entre o 2° e 3° ano do ensino médio, alguns morando com familiares e apresentando renda familiar entre 1 e 5 salários mínimos. A prevenção contínua no discurso coletivo esteve diretamente ligada à duração e ao tipo de relacionamento, ou seja, ao passo que o relacionamento se torna mais duradouro, o uso do preservativo não se verifica mais nas relações sexuais. Ressaltam ainda que a principal forma de adquirir conhecimentos sobre a prevenção da AIDS são os meios de comunicação. É imperioso afirmar a necessidade de ações integradas e contínuas com os diversos segmentos sociais para que assim se possa, de maneira efetiva, criar condições e estratégias de enfrentamento para deter os avanços de contaminações pelo vírus HIV/AIDS cada vez mais frequente na população jovem do nosso país.

 


Palavras-chave


Adolescência; Vulnerabilidade; HIV/AIDS

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v8i23.286

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: