Terapia Assistida por Animais: Novas Possibilidades para um cuidar em Psicologia / Animal Assisted Therapy: New Possibilities for Psychological Care

Antônio Anderson Câncio Mota, Maria de Fatima Brito Fontelene Rocha, Daniel de Freitas Batalha, Artur Mouta de Pinho

Resumo


Os animais sempre tiveram considerável importância na vida do homem. Percebeu-se, com o passar do tempo, que o vínculo animal-homem poderia trazer melhorias para a saúde, promovendo qualidade de vida. Essa percepção trouxe uma possibilidade terapêutica conhecida como Intervenções Assistida por Animais – IAAs. Esse artigo, que faz um levantamento e análise bibliográfica em caráter de pesquisa exploratória, tem como objetivo apresentar as IAAs sob a perspectiva de que essa atividade valorize o bem-estar de todos os agentes envolvidos. Foi verificado melhoras significativas no quadro de usuários das IAAs após serem submetidos a esse tipo de intervenção. Também foi verificado a necessidade de uma série de cuidados para a aplicabilidade das IAAs. Estas, não possuem contraindicação e são um forte aliado contra os métodos ortodoxos. Assim, podemos entender que as IAAs são viáveis para atender as demandas voltadas para saúde em especial a mental.


Palavras-chave


Animais; Co-terapeuta; Psicologia; Terapia.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTHAUSEN, S.. Adolescentes com síndrome de Down e cães: compreensão e possibilidades de intervenção. 2006. Dissertação (Mestrado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano) - Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. doi:10.11606/D.47.2006.tde-13092006-154744. Acesso em: 2018-05-16.

BERZINS, M.A.V.S. Velhos, cães e gatos: interpretação de uma relação [tese]. São Paulo: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; 2000.

BORBA, J.M.P. (2015). Saúde na infância, medicalização da existência e as Intervenções Assistidas com Animais: alternativa ou "nova" tecnificação? In: Dantas, J. B. (Org.) A infância medicalizada: discursos, práticas e saberes para o enfrentamento da medicalização da vida. Curitiba: CRV, p. 243-274.

CAETANO, E. C. S. (2010). As Contribuições da TAA – Terapia Assistida por Animais a Psicologia. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC, Paraná, SC.

CAPOTE, P. S de O.; COSTA, M da P. R. da. Terapia Assistida com Animais: plicação no desenvolvimento psicomotor da criança com deficiência intelectual. São Carlos, SP: Edufscar, 2011.

DOTTI, J. Terapia e animais: atividade e terapia assistida por animais – A/TAA: práticas para organizações, profissionais e voluntários. São Paulo: Noética; 2005.

PEREIRA, M. J. F.; PEREIRA, L.; FERREIRA, M. L., Os benefícios da Terapia Assistida por Animais: uma revisão bibliográfica. Saúde Coletiva [en linea] 2007, 4 (abril-maio): [Fecha de consulta: 16 de mayo de 2018] Disponible en: ISSN 1806-3365

LAUCIRICA, E. G., Terapia asistida con animales de companhia. ESPANHA: Profesión veterinária, 2009 ABR-JUL; (71) ISSN: X531416339

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4.ed. São Paulo:Atlas. 2002

GONÇALVES, J, O; GOMES, F, G, C. Animais que curam: a terapia assistida por animais. Revista Uningá Review, [S.l.], v. 29, n. 1, jan. 2018. ISSN 2178-2571. Disponível em: http://revista.uninga.br/index.php/uningareviews/article/view /1907 Acesso em: 16 maio 2018.

TEIXEIRA, I., Relações interespecíficas de cuidado no sistema de saúde convencional brasileiro: uma análise antropológica sobre a dinâmica da zooterapia 2016. Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - NUPECS/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS E-ISSN 1984-1191

METRING, Roberte. A. Pesquisas científicas: Planejamento para iniciantes. 2. ed. Curitiba: Juruá. 2011

NÓBREGA L. Conviver com animais ajuda a prevenir e a tratar doenças e transtornos de aprendizado. [28 de abril 2013]. Rio de Janeiro: Jornal Extra Online. Entrevista concedida a Camilla Muniz. Disponível em: http://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/conviver-com-animais-ajuda-prevenir-a-tratar-doencas-transtornos-de-aprendizado-8229175.html. Último acesso em 23 de abril de 2016.

REED, Reiley; FERRER, Lilian and VILLEGAS, Natalia. Curadores naturais: uma revisão da terapia e atividades assistidas por animais como tratamento complementar de doenças crônicas. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2012, vol.20, n.3, pp.612-618. ISSN 1518-8345. https://doi.org/10.1590/S0104-11692012000300025.

SILVEIRA, Isa Rodrigues; SANTOS, Nanci Cristiano; LINHARES, Daniela Ribeiro. Protocolo do Programa de Assistência Auxiliada por Animais no Hospital Universitário. Rev. esc. enferm. USP, São Paulo , v. 45, n. 1, p. 283-288, Mar. 2011 . Available from . access on 02 Aug. 2020. https://doi.org/10.1590/S0080-62342011000100040.

SILVA, J, C, L; SOZZO, M, M; ALVIM, N, N, T. As Contribuições Da Atividade Assistida Por Animais No Desenvolvimento Psicossocial Infantil – 2016

STUMM, K. E. et al. Terapia assistida por animais como facilitadora no cuidado a mulheres idosas institucionalizadas. Revista de Enfermagem da UFSM, [S.l.], v. 2, n. 1, p. 205-212, abr. 2012. ISSN 2179-7692. Disponível em: . Acesso em: 16 maio 2018. doi:http://dx.doi.org/10.5902/217976922616.

VACCARI, A.M.H., ALMEIDA, F.A.. Importância da visita de animais de estimação na recuperação de crianças hospitalizadas. Einstein 2007; 5(2): 111-116.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v15i55.2694

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Antônio Anderson Câncio Mota, Maria de Fatima Brito Fontelene Rocha, Daniel de Freitas Batalha, Artur Mouta de Pinho

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: