A História da Interpretação Bíblica Patrística e o Dialogismo de Bakhtin / The History of Biblical Patristic Interpretation and Bakhtin's Dialogism

Aquiles Pereira do Amaral, Elisabete dos Santos Silva, Núbia Lafaete Santos Viana, Gláucia Moreira dos Santos

Resumo


O presente ensaio objetiva apresentar uma breve história da interpretação bíblica no período chamado Patrística até o seu término por volta dos anos 604 da era cristã, bem como compreender os discursos da história da igreja na perspectiva do dialogismo de Bakhtin. Trata-se de uma reflexão teórica dividida nas seguintes secções: A exegese judaica; A exegese dos pais da igreja primitiva e Bakhtin e sua visão de dialogismo. Foi realizado leitura exaustiva e flutuante de artigos e livros encontrados com abordagens especificas sobre a temática. Conclui-se que, a história da interpretação bíblica mostra um período de grande perseguição e conflitos ideológicos, influenciada pelos pensamentos filosóficos gregos, a cultura judaica e suas mais implacáveis seitas (gnósticas)que no decorrer dos anos dos pais da igreja tentaram implementar outros conceitos contrários a fé crista e comportamentos difusos e dissonantes com a proposta cristã da época. E na percepção de Bakhtin, o discurso de cada escola de interpretação bíblica é enviesado de sua práxis e não existe uma relação pura e única, tudo estava atrelada ao sistema social que envolvia cada autor. Os signos determinavam as suas percepções da realidade.


Palavras-chave


Interpretação bíblica. Patrística. Dialogismo. Bakhtin.

Texto completo:

PDF

Referências


BÍBLIA SAGRADA. Trad. João Ferreira de Almeida. Ed. revista e atualizada no Brasil, São Paulo: Vida, 2005.

Brait, Beth. Bakhtin: outros conceitos-chave/ Beth Brait, (org.). – São Paulo: Contexto, 2006.

BRAY, Gerald. História da Interpretação da Bíblia – São Paulo: Vida Nova, 2017.

CAIRNS, Earle E. O Cristianismo Através dos Séculos – São Paulo: Vida Nova, 2008.

FARACO, Carlos Alberto. Linguagem & Diálogo: as ideias linguísticas do Círculo de Bakhtin. São Paulo: Parábola, 2009.

FIORIN, J. Introdução ao Pensamento de Bakhtin. São Paulo. Contexto. 2018.

KAISER, Walter C; Moisés Silva. Introdução à Hermenêutica Bíblica. São Paulo. Cultura Cristã. 2014.

LOPES, Augustus Nicodemos. A Bíblia e seus intérpretes: uma breve história da interpretação. São Paulo: Cultura Crista, 2007.

MATOS, Alderi de Souza. Fundamento da Teologia Histórica. São Paulo. Mundo Cristão. 2008

SCHOLZ, Vilson. Princípios da Interpretação Bíblica: introdução a hermenêutica com ênfase a gêneros literários – Canoas. Ulbra, 2006.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v14i50.2497

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Aquiles Pereira do Amaral, Elisabete dos Santos Silva, Núbia Lafaete Santos Viana, Gláucia Moreira dos Santos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A ID on line. Revista de psicologia (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: