A História da Interpretação Bíblica Patrística e o Dialogismo de Bakhtin / The History of Biblical Patristic Interpretation and Bakhtin's Dialogism

Aquiles Pereira do Amaral, Elisabete dos Santos Silva, Núbia Lafaete Santos Viana, Gláucia Moreira dos Santos

Resumo


O presente ensaio objetiva apresentar uma breve história da interpretação bíblica no período chamado Patrística até o seu término por volta dos anos 604 da era cristã, bem como compreender os discursos da história da igreja na perspectiva do dialogismo de Bakhtin. Trata-se de uma reflexão teórica dividida nas seguintes secções: A exegese judaica; A exegese dos pais da igreja primitiva e Bakhtin e sua visão de dialogismo. Foi realizado leitura exaustiva e flutuante de artigos e livros encontrados com abordagens especificas sobre a temática. Conclui-se que, a história da interpretação bíblica mostra um período de grande perseguição e conflitos ideológicos, influenciada pelos pensamentos filosóficos gregos, a cultura judaica e suas mais implacáveis seitas (gnósticas)que no decorrer dos anos dos pais da igreja tentaram implementar outros conceitos contrários a fé crista e comportamentos difusos e dissonantes com a proposta cristã da época. E na percepção de Bakhtin, o discurso de cada escola de interpretação bíblica é enviesado de sua práxis e não existe uma relação pura e única, tudo estava atrelada ao sistema social que envolvia cada autor. Os signos determinavam as suas percepções da realidade.


Palavras-chave


Interpretação bíblica. Patrística. Dialogismo. Bakhtin.

Texto completo:

PDF

Referências


BÍBLIA SAGRADA. Trad. João Ferreira de Almeida. Ed. revista e atualizada no Brasil, São Paulo: Vida, 2005.

Brait, Beth. Bakhtin: outros conceitos-chave/ Beth Brait, (org.). – São Paulo: Contexto, 2006.

BRAY, Gerald. História da Interpretação da Bíblia – São Paulo: Vida Nova, 2017.

CAIRNS, Earle E. O Cristianismo Através dos Séculos – São Paulo: Vida Nova, 2008.

FARACO, Carlos Alberto. Linguagem & Diálogo: as ideias linguísticas do Círculo de Bakhtin. São Paulo: Parábola, 2009.

FIORIN, J. Introdução ao Pensamento de Bakhtin. São Paulo. Contexto. 2018.

KAISER, Walter C; Moisés Silva. Introdução à Hermenêutica Bíblica. São Paulo. Cultura Cristã. 2014.

LOPES, Augustus Nicodemos. A Bíblia e seus intérpretes: uma breve história da interpretação. São Paulo: Cultura Crista, 2007.

MATOS, Alderi de Souza. Fundamento da Teologia Histórica. São Paulo. Mundo Cristão. 2008

SCHOLZ, Vilson. Princípios da Interpretação Bíblica: introdução a hermenêutica com ênfase a gêneros literários – Canoas. Ulbra, 2006.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v14i50.2497

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: