A Evolução na Educação dos Surdos no Brasil / The Evolution on Deaf Education in Brazil

Maria Lúcia Coêlho, Joelson Rodrigues Miguel

Resumo


O estudo reflete as concepções históricas e significativas no processo da educação inclusiva dos discentes surdos. A escolha do tema evidencia a importância dessas práticas na aprendizagem e inclusão educativa dos surdos. Trata-se de uma revisão integrativa à partir dos seguintes autores: à partir dos seguintes autores: Silva (2018) Sobre a Transdisciplinaridade, complexidade e a produção de conhecimentos pertinentes para a inclusão educacional; Domingos (2014) que destaca as práticas pedagógicas de inserção de discentes surdos; Moran (2000) evidencia a perspectiva do ensino aberto às diferenças e a capacidade do aluno superar dificuldades; Vieira e Molina (2018) manifestam-se quanto à gestão e ensino a surdos. Quanto à educação do discente surdo na contemporaneidade, Slomski (2019) evidencia a leitura bilíngue para o surdo e, a aprendizagem da escrita e leitura de mundo. Os resultados nos levaram a crer que é fundamental o olhar do professor e de toda a equipe escolar para o público da educação especial. Não apenas como um direito e uma garantia legal, mas pela necessidade de integrar essa parcela da população escolar.

Palavras-chave


Práticas Pedagógicas. Educação do surdo. Inclusão

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, Celso. Professores e Professauros: Reflexões sobre a aula e as práticas pedagógicas diversas. 9ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

BASSO, Sabrina Pereira Soares; CAPELLINI, Vera Lúcia Messias Fialho. Material Didático para Alunos Surdos: a literatura infantil em LIBRAS. Revista Eletrônica de Educação. São Carlos, SP: UFSCar, v. 6, no. 2, p. 491-512, nov. 2012.

BORDIGNON, Genuíno. Gestão da Educação no Município: Sistema, Conselho e Plano. São Paulo, S.P: Instituto Paulo Freire, 2009. Educação Cidadã 3.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF:MEC; Seed, 2010.

CARNEIRO, Keila Cristiane de Oliveira; ZANIOLO, Leandro Osni. Inclusão escolar na Educação Infantil: E quando “era uma vez” não termina com” ... E foram felizes para sempre? [s.l], 2014.

CARNEIRO, Moacir Alves. O Acesso de Alunos com Deficiência às Escolas e Classes Comuns: possibilidades e limitações. 4ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

DOMINGOS, Maria Cristina da Silva. A Inclusão do aluno surdo da educação infantil no ensino regular. ed 14. editora Arara Azul, Petrópolis, RJ, 2014.

FÁVERO, Maria Helena; PIMENTA, Meireluce Leite. Pensamento e linguagem: a língua de sinais na resolução de problemas, (s.l), ( s.n), 2006.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 24 ed. São Paulo, SP: Paz e Terra, 2002.

GIROTO, Claudia Regina Mosca; MARTINS, Sandra Eli Sartoreto de Oliveira; BERBERIAN, Ana Paula (Org.). Surdez e Educação Inclusiva. São Paulo: Cultura Acadêmica; Marília, SP: Oficina Universitária, 2012. 200 p. p.84.

GOMES, Marcio (organizador). Construindo as Trilhas para a Inclusão. 2ª. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

GONÇALVES, Humberto Bueno Gonçalves; FESTA, Priscila Soares Vidal. Metodologia do Professor no Ensino de Alunos Surdos. Ensaios Pedagógicos-Revista Eletrônica do Curso de Pedagogia das Faculdades OPET ISSN 2175-1773 – dezembro de 2013.

KALATAI, Patrícia. As principais metodologias utilizadas na educação dos surdos no Brasil, [s.l], 2016.

LÜCK, Heloísa et al. A Escola Participativa: O trabalho do gestor escolar. 10. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

MORAN, José Manuel: Alterações na Forma de Ensinar pelas Mudanças na Educação com a Introdução das Tecnologias: avanços e impactos no mundo digital. Campinas, SP: Papirus, 2000.

RIGO, Neusete Machado. Inclusão Escolar: um olhar sobre normalização e convivência com o outro. v. 21, n. 2, p. 160, UNICAMP, SP, 2019.

RODRIGUES, Zuleide. Histórico da Educação dos Surdos. [s.l], artigo publicado em janeiro de 2008.

SILVA, Luzia Oliveira dos Santos. As Implicações da Deficiência para a Participação Efetiva Escolar: Práticas pedagógicas para uma escola sem exclusões, São Paulo, SP; Paulinas, 2014.

SILVA, Neusa Cristina Pereira da. Transdisciplinaridade, complexidade e a produção de conhecimentos pertinentes para a inclusão educacional. VIII Congreso Internacional sobre Formación de Profesores de Ciências, Bogotá: 2018.

SLOMSKI, Vilma Geni. Educação Bilíngue para Surdos: Concepções e implicações práticas. Juruá, Curitiba, PR, 2019.

SOUZA, Evanir Silva de; LORENS, Priscila Gadea. Políticas de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva: mapeamento das escolas de ensino fundamental da rede municipal de Santa Rosa, RS-2019.

VIEIRA, Claudia Regina; MOLINA, Karina Soledad Maldonado. Prática Pedagógica na Educação de Surdos: o entrelaçamento das abordagens no contexto escolar. Artigos. Educação e Pesquisa, vol.44, São Paulo, SP: Epub 03-Dez-2018.

ZANIOLO, Leandro Osni; DALI’ACQUA, Maria Júlia C. (Orgs). Inclusão Escolar: Pesquisando Políticas Públicas: Formação de Professores e Práticas Pedagógicas. Jundiaí- SP: Paco, 2012.

ZANONI, Isabela; SANTOS Emerson Izidoro dos. Os Reflexos da Comunicação Total na Atual Interação e Comunicação entre Indivíduos Surdos e Ouvintes. XXXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Foz do Iguaçu - PR – 02 a 05/09/2014 Universidade Federal de São Paulo, Guarulhos, SP, 2014.

ZIESMANN, Cleusa Inês; BATISTA, Jeize de Fátima; LEPKE, Sonize (Orgs). Formação Humana, Práticas Pedagógicas e Educação inclusiva. Campina, São.Paulo: Pontes Editores, 2019.

______. Educação de Surdos em discussão: práticas pedagógicas e processo de alfabetização- Curitiba-PR, Appris, 2017.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v14i50.2435

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Maria Lúcia Coêlho, Joelson Rodrigues Miguel

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A ID on line. Revista de psicologia (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: