Reflexões no Processo da Leitura e da Escrita nas Séries Iniciais do Ensino Fundamental / Reflections on the Reading and Writing Process in the Elementary Schools

Joana D´arc Alves Dantas, Maria Natália Pereira Landim, Mariza Danielli Pereira Sobreira, Micaelle Nunes Sobreira de Brito

Resumo


Justifica-se o desenvolvimento desta pesquisa em razão da apresentação por alguns municípios cearenses de baixos índices de desempenho nas avaliações de estudantes em processo de alfabetização. Objetivou-se analisar o processo da aquisição da leitura e da escrita nas séries iniciais do ensino fundamental, com abordagem qualitativa, através da realização de um estudo bibliográfico e de pesquisa de campo em uma escola da rede pública da cidade de Barbalha, estado do Ceará, na qual utilizou-se a entrevista como principal instrumento de coleta de dados. Acredita-se na importância fundamental do desenvolvimento de um processo de alfabetização atrelado ao letramento para que o aluno possa ampliar o seu conhecimento intelectual e, consequentemente, transformar o mundo que o cerca. Em campo observou-se que os professores valorizam o método de alfabetizar-letrando como influenciador da aprendizagem da leitura e da escrita pelos educandos. São eles peças chaves para as mudanças almejadas no cenário que justificou o trabalho.

 



Palavras-chave


Leitura; Escrita; Alfabetização

Texto completo:

PDF

Referências


BARBALHA. PPP – Projeto Político Pedagógico. (Escola pesquisada). Barbalha, 2015.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, 1998.

________. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: a organização do planejamento e da rotina no ciclo de alfabetização na perspectiva do letramento. 2012. Disponível em: < http://pacto.mec.gov.br/images/pdf/Formacao/Ano_2_Unidade2_MIOLO.pdf>. Acesso em: 14 abr. 2017.

________. Parâmetros Curriculares Nacionais. Língua portuguesa. Secretaria de Educação Fundamental. 3. ed. Brasília, 2001.

________. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução Nº 466 de 12 de dezembro de 2012. Brasília, 2012. Disponível em:. Acesso em: 05 abr. 2017.

________. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução Nº 510 de 07 de abril de 2016. Brasília, 2016. Disponível em: . Acesso em: 05 abr. 2017.

CAGLIARI, L. C. Alfabetização e linguística. São Paulo. Scipione, 2003.

CARVALHO, M. Guia prático do alfabetizador. São Paulo: Ática, 2005.

CIASCA, S. M. (Org.). Distúrbios de aprendizagem: proposta de avaliação interdisciplinar. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003.

COLAUTO, R. D.; BEUREN, I. M. Coleta, Análise e Interpretação dos Dados. In: BEUREN, I. M. et al. Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: teoria e prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2010, p.117-144.

CORÁ, A. Peteleco alfabetização. Guia professor. São Paulo: Moderna, 2001.

CORSO, L. V. Dificuldade na compreensão da leitura: uma abordagem metacognitiva. (Coletânea de artigos). Faculdade de Juazeiro do Norte – FJN. Juazeiro do Norte, 2004.

FERREIRO, E. Reflexões sobre alfabetização. 24 ed. Atualizada. São Paulo: Cortez, 2001.

FREIRE, P. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 48. ed. São Paulo: Cortez, 2006.

GOMES, A. V. A. Alfabetização na idade certa: garantir a aprendizagem no início do ensino fundamental. 2013. Disponível em:. Acesso em: 28 ago.2016.

GUSMÃO, J. B.; RIBEIRO, V. M. Colaboração entre estado e municípios para a alfabetização de crianças na idade certa no Ceará. 2011. Disponível em:. Acesso em: 13 out. 2016.

HOFFMANN, J. M. L. Avaliar para promover: as setas do caminho. 2. Ed. Porto Alegre: Mediação, 2002.

MELLO, S. A. O processo de aquisição da escrita na educação infantil: contribuições de Vygotsky. Campinas: Autores Associados, 2005.

MENEGASSI, R. J.; CALCIOLARI, A. C. A leitura no vestibular: a primazia da compreensão legitimada na prova de Língua Portuguesa. (Coletânea de artigos). Faculdade de Juazeiro do Norte – FJN. Juazeiro do Norte, 2002.

MORAIS, A. G. Sistema de escrita alfabética. São Paulo: Melhoramentos, 2012.

OLIVEIRA, Z. R. Educação infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002.

SILVA, W. R. Estudo da gramática no texto: demandas para o ensino e a formação do professor de língua materna. Maringá: EDUEM, 2010.

SOARES, F. C. A. PAIC à distância: uma proposta de formação continuada para professores da rede pública Municipal de Fortaleza. 2013. 86 p. Dissertação. Mestrado Profissional em Computação Aplicada. Universidade Estadual do Ceará – UECE, Fortaleza – CE, 2013.

_______. As muitas facetas da alfabetização. In: Alfabetização e letramento. São Paulo: Contextos, 2003.

SORDI, M. R. L. de. Alternativas propositivas no campo da avaliação: por que não? Campinas, SP: Papirus, 2001.

TFOUNI, L. V. Letramento e alfabetização. (Coletânea de Artigos). Universidade Regional do Cariri – URCA: Crato, 2007.

VYGOTSKY, L. S. A formação Social da Mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

ZORZI, J. L. A intervenção fonoaudiológica nas alterações de linguagem infantil. 2. ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2002.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v14i49.2368

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: