Qualidade de Vida e Promoção da Saúde

Pollyanna Nayara Belém Leite

Resumo


Este estudo teve como objetivo revisar a literatura sobre Qualidade de Vida e Promoção da Saúde. Foram consultados 36 produções entre os livros científicos, revistas  e textos, para uma melhor reflexão sobre os conceitos de qualidade de vida. Esses conceitos abordaram vários aspectos, como o trabalho, a saúde, a família e as atividades das pessoas na sociedade. Como resultado, foi possível identificar as ligações entre saúde e condições de vida das pessoas. Também questões relacionadas às políticas públicas  em termos de qualidade de vida das pessoas, como um meio de promoção da saúde, através  de práticas que podem efetivamente, melhorar a forma como as pessoas em geral vivem. A avaliação adequada da qualidade de vida das pessoas é certamente, uma ferramenta importante, para que possamos discutir uma melhor compreensão da nossa realidade em termos de uma expectativa de vida mais saudável.

 

Palavras-chave


Qualidade de vida, promoção da saúde, condições de saúde

Texto completo:

PDF

Referências


BARCELLOS C.C. et al. Organização espacial, saúde e qualidade de vida: análise espacial e uso de indicadores na avaliação de situações de saúde. Informe Epidemiológico do SUS, Rio de Janeiro, v.11, n.3, p.129-138, 2002. Disponível em: http://scielo.iec.pa.gov.br/scielo.php? script=sci_pdf&pid=S0104-16732002000300003&lng=pt&nrm=isso&tlng=pt. Acesso em: 28. Jun. 2008.

BRASIL, 57ª Assembléia Mundial de Saúde, de 22 de maio de 2004. Estratégia Global em Alimentação Saudável, Atividade Física e Saúde. Estratégia Global da OMS para Alimentação e Nutrição, Brasília, DF, p.26, 2004.

BRASIL, Lei nº 8.080, de 19 de Setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências, Brasília, DF, p.19, 1990.

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas de Saúde. Projeto Promoção da Saúde. As Cartas da Promoção da Saúde, Brasília, DF, p.56, 2002.

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Política nacional de promoção da saúde, Brasília, DF, 1ª ed, p.60, 2006.

BRASIL, Unesco, 10 de dezembro de 1948. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III) da Assembléia Geral das Nações Unidas, Brasília, DF, p.6, 1998.

BUOGO, G. Qualidade de vida e de condições para viver: entre a compreensão e a medida. Dissertação (Mestrado em Agroecossistemas) – Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, p.79, 2003.

BUSS, P.M. et al. Promoção da saúde e a saúde publica: contribuição para o debate entre as escolas de saúde publica da America Latina. Rio de janeiro, 1998.

BUSS, P.M. Globalização, pobreza e saúde. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v.12, n.6, p.1575-1589, 2007. Disponível em: http://www.scielosp.org/scielo. php?script=sci_arttext&pid=S141381232007000600019. Acesso em: 10. Jan. 2009.

BUSS, P.M. Promoção da saúde e qualidade de vida. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v.5, n.1, p.163-177, 2000. Disponivel em: http://www.scielosp.org/scielo. php?pid=S141381232000000100014&script=sci_arttext. Acesso em: 05. Jan. 2009.

CONSTANTINO, M.A.C. Avaliação da qualidade de vida: desenvolvimento e validação de um instrumento, por meio de indicadores biopsicossociais, junto á comunidade da universidade de são Paulo – USP, 2007. Dissertação (tese de doutorado) – programa de nutrição humana aplicada – universidade de são Paulo, São Paulo, p.163, 2007.

DANTAS, R.A.S.; SAWADA, N.O.; MALERBO, M.B. Pesquisas sobre qualidade de vida: uma revisão da produção científica das universidades públicas do estado de São Paulo. Revista Latino Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v.11, n.4, p.532-538, 2003. Disponível em: http://www.revistasusp.sibi.usp.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid= S010411692003000400017&lng=pt&nrm=isso. Acesso em: 05. Abr. 2008.

FERREIRA, A.B.H. Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa. 2.ed. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, p.1.838, 1986.

FINKLER, P. Qualidade de vida e plenitude humana. Petrópolis: Vozes, p.142, 1994.

FLECK, M.P.A. et al. Aplicação da versão em português do instrumento abreviado de avaliação da qualidade de vida (WHOQOL-bref). Revista de Saúde Pública, v.34, n.2, p.178-183, 2000. Disponível em: http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S00348910 2000000200012. Acesso em: 10 abr. 2008.

FLECK, M.P.A. O instrumento de avaliação de qualidade de vida da organização mundial da saúde (WHOQOL-100): características e perspectivas. Ciência e Saúde Coletiva, v.5, n.1, p.33-38, 2000. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_ arttext&pid=S141381232000000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 10. Abr. 2008.

HEIDMANN, I.T.S.B. et al. Promoção a saúde: trajetória histórica de suas concepções. Texto e Contexto - Enfermagem, v.15, n.2, p.352-358, 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010407072006000200021&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em: 06. Jan. 2009.

HERCULANO, S.C. A qualidade de vida e seus indicadores (Publicado no livro Qualidade de vida e riscos ambientais, Selene Herculano et al. (org.). Niterói: 2000.

MINAYO, M.C.S.; HARTZ, Z. M. A.; BUSS, P. M. Qualidade de vida e saúde: um debate necessário. Ciência e Saúde Coletiva, v.5, n.1, p.7-18, 2000.

MOREL, C.M. A pesquisa em saúde e os objetivos do milênio: desafios e oportunidades globais, soluções e políticas nacionais. Ciência Saúde Coletiva, v.9, n.2, p.261-270, 2004. Disponível em: http://www.scielosp.org/scielo.php?pid=S141381232004000200002&script=sci_arttext&tlng. Acesso em: 20. Jan. 2009.

PASCHOAL S.M.P. Qualidade de vida do idoso: elaboração de um instrumento que privilegie sua opinião. Dissertação (mestrado em medicina) - faculdade de medicina, universidade de São Paulo, São Paulo, p.255, 2000.

SEIDL, E.M.F.; ZANNON, C.M.L.C. Qualidade de vida e saúde: aspectos conceituais e metodológicos. Cadernos de Saúde Pública, v.20, n.2, p.580-588, 2004.

SICOLI, J.L.; NASCIMENTO, P.R. Promoção de saúde: concepções, princípios e operacionalização. Interface Comunicação, Saúde e Educação, Botucatu, v.7, n.12, p.101-122, 2003.

SILVA, T.T.R. Estratégias organizacionais para a promoção de saúde e qualidade de vida: avaliando a qualidade de vida no trabalho. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física. Universidade Estadual de Campinas, Campinas, p.75, 2007.

UCHOA, E.; ROZEMBERG, B.; PORTO, M.F.S. Entre a fragmentação e a integração: saúde e qualidade de vida de grupos populacionais específicos. Informe Epidemiológico do SUS, Rio de Janeiro, v.11, n.3, p.115-128, 2002. Disponível em: http://scielo.iec.pa.gov.br/scielo.php?script=sci _abstract&pid=S010416732002000300002&lng=es&nrm=iso&tlng=en. Acesso em: 15.Jan.2010.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v7i20.235

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: