Endividamento e Desempenho Acadêmico sob a perspectiva dos Discentes de Contabilidade / Debt and Academic Performance under Accounting Student's perspective

José Pinheiro Montanha Filho, José Mauro Madeiros Velôso Soares, Moisés Ozório de Souza Neto, Márcio César Oliveira Quirino, Arlindo Nonato Morais de Souza

Resumo


O presente estudo busca analisar a percepção dos discentes quanto a influência do endividamento no desempenho. Para tanto, como objetivos específicos é necessário (i) verificar como ocorre o endividamento, e a propensão, dos discentes; (ii) analisar o perfil socioeconômico e a propensão ao endividamento; (iii) identificar como o desempenho do discente é afetado pelo endividamento. O estudo enquadra-se como quantitativo e qualitativo, sendo a coleta de dados realizada por meio de questionários. A unidade de análise é composta por 137 estudantes que participaram desta pesquisa e responderam aos instrumentos. Após transcrição e a codificação os dados foram analisados em planilha eletrônica e em software de análise de dados qualitativos. Os principais resultados evidenciam que os estudantes apresentaram endividamento, ainda que não possuam atividade extra-classe sendo desempenhadas. No tocante a como o endividamento ocorre, a má gestão foi relatada como a principal causa, seguida do desemprego. Sobre a influência no desempenho acadêmico, em síntese, as evidências corroboram com a perspectiva de que o desempenho pode ser influenciado pelo endividamento, tanto de forma positiva como de forma negativa (mais frequentemente relatada).

Palavras-chave


Endividamento; Desempenho acadêmico; Contabilidade

Texto completo:

PDF

Referências


ABENDROTH, L. J.; DIEHL, K. Now or Never: Effects of Limited Purchase Opportunities on Patterns of Regret over Time. Journal of Consumer Research, v. 33, n. 3, p. 342–351, 2006.

ACE, A. C. ON E. Working Their Way Through College, 2006. Disponível em:

ALBERT, M. A.; DAHLING, J. J. Learning goal orientation and locus of control interact to predict academic self-concept and academic performance in college students. Personality and Individual Differences, v. 97, p. 245–248, 2016.

ANDRADE, J. X.; CORRAR, L. J. CONDICIONANTES DO DESEMPENHO DOS ESTUDANTES DE CONTABILIDADE: EVIDÊNCIAS EMPÍRICAS DE NATUREZA ACADÊMICA, DEMOGRÁFICA E ECONÔMICA. Revista de Contabilidade da UFPA, v. 1, n. 1, p. 13, 2007.

ARAÚJO, E. A. T. et al. Desempenho acadêmico de discentes do curso de Ciências Contábeis: uma análise dos seus fatores determinantes em uma IES privada. Revista Contabilidade Vista & Revista, v. 24, n. 1, p. 60–83, 2013.

BARROS, L.; BOTELHO, D. Hope, perceived financial risk and propensity for indebtedness. BAR - Brazilian Administration Review, v. 9, n. 4, p. 454–474, 2012.

BYRNE, M.; FLOOD, B. A study of accounting students’ motives, expectations and preparedness for higher education. Journal of Further and Higher Education, v. 29, n. 2, p. 111–124, 2007.

CALLENDER, C. The impact of term-time employment on higher education students’ academic attainment and achievement. Journal of Education Policy, v. 23, n. 4, p. 359–377, 2008.

CALLENDER, C.; JACKSON, J. Does the fear of debt deter students from higher education? Journal of Social Policy, v. 34, n. 4, p. 509–540, 2005.

CNC. Percentual de famílias com dívidas apresenta a segunda queda consecutiva em dezembro de 2018. Disponível em: . Acesso em: 21 fev. 2019.

CORNACHIONE JUNIOR, E. B. et al. O bom é meu, o ruim é seu: perspectivas da teoria da atribuição sobre o desempenho acadêmico de alunos da graduação em Ciências Contábeis. Revista Contabilidade & Finanças, v. 21, n. 53, p. 1–24, 2010.

CRUZ, C. O. .; CORRAR, L. J.; SLOMSKI, V. A Docência e o Desempenho dos Alunos dos Cursos de Graduação em Contabilidade no Brasil The Teaching and the Performance of Accounting Students in Brazil 1 Introdução. Revista Contabilidade Vista e Revista, v. 19, n. 11, p. 15–37, 2008.

CURTIS, S.; SHANI, N. The Effect of Taking Paid Employment During Term-time on Students’ Academic Studies. Journal of Further and Higher Education, v. 26, n. 2, p. 129–138, 2002.

DAROLIA, R. Working (and studying) day and night: Heterogeneous effects of working on the academic performance of full-time and part-time students. Economics of Education Review, v. 38, p. 38–50, 2014.

DICKSON, M.; HARMON, C. Economic returns to education: What We Know, What We Don’t Know, and Where We Are Going-Some brief pointers. Economics of Education Review, v. 30, n. 6, p. 1118–1122, 2011.

ECKEL, C. C. et al. Debt Aversion and the Demand for Loans for Postsecondary Education. Public Finance Review, v. 35, n. 2, p. 233–262, 19 mar. 2007.

FERNANDES, D.; LYNCH, J. G.; NETEMEYER, R. G. Financial Literacy, Financial Education, and Downstream Financial Behaviors. Management Science, v. 60, n. 8, p. 1861–1883, 2014.

FLORES, S. A. M.; VIEIRA, K. M.; CORONEL, D. A. Influência de Fatores Comportamentais na Propensão ao Endividamento. Revista de Administração FACES Journal, v. 12, p. 13–35, 2013.

GATHERGOOD, J. Self-control, financial literacy and consumer over-indebtedness. Journal of Economic Psychology, v. 33, n. 3, p. 590–602, 2012a.

GATHERGOOD, J. Debt and Depression: Causal Links and Social Norm Effects. Economic Journal, v. 122, n. 563, p. 1094–1114, 2012b.

GOEDDE-MENKE, M.; ERNER, C.; OBERSTE, M. Towards more sustainable debt attitudes and behaviors: the importance of basic economic skills. Journal of Business Economics, v. 87, n. 5, p. 645–668, 2017.

HAULTAIN, S.; KEMP, S.; CHERNYSHENKO, O. S. The structure of attitudes to student debt. Journal of Economic Psychology, v. 31, n. 3, p. 322–330, 2010.

KAHNEMAN, D.; TVERSKY, A. Choices , Values , and Frames. American Psychologist, v. 39, n. 4, p. 341–350, 1984a.

KAHNEMAN, D.; TVERSKY, A. Choices , Values , and Frames. American Psychologist, v. 39, n. 4, p. 341–350, 1984b.

KIRBY, A.; MCELROY, B. The effect of attendance on grade for first year economics students in University College Cork. Economic and Social Review, v. 34, n. 3, p. 311–326, 2003.

KUS, B. Credit, consumption, and debt: Comparative perspectives. International Journal of Comparative Sociology, v. 54, n. 3, p. 183–186, 2013.

MAMEDE, S. D. P. N. et al. Determinantes Psicológicos do Desempenho Acadêmico em Ciências Contábeis : Evidências do Brasil. Brazilian Business Review, v. BBR Edição, n. 34, p. 54–75, 2015.

MEDEIROS, F. S. B.; LOPES, T. D. A. M. Finanças pessoais: um estudo com alunos do curso de Ciências Contábeis de uma IES privada de Santa Maria – RS. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios, v. 7, n. 2, p. 221, 2016.

MEDEIROS, L. N. DE; CAMPOS, L. C.; MALAQUIAS, R. F. Contribuição da Contabilidade para finanças pessoas: um estudo comparativo entre alunos ingressantes e concluintes do curso de graduação em Ciências Contábeis. Revista Brasileira de Contabilidade, v. 3, n. 219, p. 61–73, 2016.

MEURER, A. M. et al. Relação do Desempenho Acadêmico com Características Observáveis e Experiências Estudantis de Discentes de Ciências Contábeis. Revista Meta: Avaliação, v. 10, n. 29, p. 361, 2018.

MIRANDA, G. J. et al. Determinantes do Desempenho Acadêmico na Área de Negócios. Meta: Avaliação, v. 7, n. 20, p. 175–209, 2015.

MISCHEL, W. The Marshmallow Test: Understanding Self-control and How To Master It. New York: Corgi Books, 2014.

MISCHEL, W.; EBBESEN, E. B. Attention in delay of gratification. Journal of Personality and Social Psychology, v. 16, n. 2, p. 329–337, 1970.

MISCHEL, W.; EBBESEN, E. B.; RASKOFF ZEISS, A. Cognitive and attentional mechanisms in delay of gratification. Journal of Personality and Social Psychology, v. 21, n. 2, p. 204–218, 1972.

MISCHEL, W.; SHODA, Y.; RODRIGUEZ, M. Delay of gratification in children. Science, v. 244, n. 4907, p. 933–938, 26 maio 1989.

MOURA, A. C. DA R.; MIRANDA, G. J.; PEREIRA, J. M. Desempenho acadêmico em ciências contábeis: turno noturno versus diurno. Enfoque: Reflexão Contábil, v. 34, n. 1, p. 57–70, 2015.

NEPOMUCENO, M. V.; LAROCHE, M. The impact of materialism and anti-consumption lifestyles on personal debt and account balances. Journal of Business Research, v. 68, n. 3, p. 654–664, 2015.

NONIS, S. A.; HUDSON, G. I. Academic Performance of College Students: Influence of Time Spent Studying and Working. Journal of Education for Business, v. 81, n. 3, p. 151–159, 2006.

POTRICH, A. C. G.; VIEIRA, K. M.; CERETTA, P. S. Nível de alfabetização financeira dos estudantes universitários: afinal, o que é relevante? Revista Eletrônica de Ciência Administrativa, v. 12, n. 3, p. 315–334, 2014.

RANGEL, J. R.; MIRANDA, G. J. Desempenho Acadêmico e o Uso de Redes Sociais Academic Performance and the Use of Social Networks. Sociedade, Contabilidade e Gestão, Rio de Janeiro, v. 11, n. 2, p. 139–154, 2016.

RIBEIRO, C. D. A. et al. FINANÇAS PESSOAIS: ANÁLISE DOS GASTOS E DA PROPENSÃO AO ENDIVIDAMENTO EM ESTUDANTES DE ADMINISTRAÇÃO. Seminários em Administração. Anais...São Paulo: 2009

RICHARDSON, T.; ELLIOTT, P.; ROBERTS, R. The relationship between personal unsecured debt and mental and physical health: A systematic review and meta-analysis. Clinical Psychology Review, v. 33, n. 8, p. 1148–1162, 2013.

ROBB, C. A. et al. Bounded Rationality and Use of Alternative Financial Services. Journal of Consumer Affairs, v. 49, n. 2, p. 407–435, 2015.

RODRIGUES, B. C. O. et al. A Instituição, a Coordenação e o Desempenho Acadêmico dos Alunos de Ciências Contábeis. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 20, n. 2, p. 231–251, 2017.

SERNEELS, P.; BEEGLE, K.; DILLON, A. Do returns to education depend on how and whom you ask? Economics of Education Review, v. 60, p. 5–19, 2017.

STRÖMBÄCK, C. et al. Does self-control predict financial behavior and financial well-being? Journal of Behavioral and Experimental Finance, v. 14, p. 30–38, 2017.

SWEET, E. et al. The high price of debt: Household financial debt and its impact on mental and physical health. Social Science and Medicine, v. 91, p. 94–100, 2013.

VIEIRA, K. M.; DE OLIVEIRA, M. O. R.; KUNKEL, F. I. R. The Credit Card Use and Debt: Is there a trade-off between compulsive buying and ill-being perception? Journal of Behavioral and Experimental Finance, v. 10, p. 75–87, 2016.

WALKER, I.; ZHU, Y. Differences by degree: Evidence of the net financial rates of return to undergraduate study for England and Wales. Economics of Education Review, v. 30, n. 6, p. 1177–1186, 2011.

WATTS, T. W.; DUNCAN, G. J.; QUAN, H. Revisiting the Marshmallow Test: A Conceptual Replication Investigating Links Between Early Delay of Gratification and Later Outcomes. Psychological Science, v. 29, n. 7, p. 1159–1177, 2018.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v14i49.2343

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: