Uso de Psicotrópicos entre alunos de graduação do Curso de Psicologia / Use of Psychotropics among undergraduate students of Psychology Course

Maria Nathalia Francalino Duarte, Thalita Alves Pereira, Vitória de Oliveira Cavalcante, Micaelle de Sousa Silva, Janaina Batista Pereira, Izabel Cristina Santiago Lemos de Beltrão

Resumo


O objetivo da presente pesquisa foi investigar a prevalência do uso de psicotrópicos entre acadêmicos do curso de psicologia, identificar o perfil socioeconômico e os tipos de psicotrópicos mais utilizados e discutir os fatores que levam ao seu consumo. A pesquisa foi conduzida em uma Instituição de Ensino Superior localizada no município de Icó, Ceará. Foi utilizado um questionário com questões objetivas e subjetivas e a análise ocorreu por meio do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). A amostra foi composta por 52 acadêmicos. 17,30% referiram uso de substâncias psicoativas: álcool, maconha, ansiolíticos e antidepressivos. Encontrou-se a prevalência de fatores associados ao estresse, à ansiedade, à insônia e às responsabilidades acadêmicas. São necessárias discussões acerca da temática visando discernir e ampliar perspectivas de debate no meio acadêmico, assistencial e social relacionadas ao uso de psicotrópicos por estudantes universitários.

Palavras-chave


Psicotrópicos; Universitários; Psicologia.

Texto completo:

PDF

Referências


ANVISA. Os cinco princípios ativos em formulações industrializadas mais consumidos da Portaria SVS/MS nº 344/1998 nas Unidades da Federação (UF) em 2009, 2010 e 2011. Brasil, 2013.

CAMARA, Hugo; ROCHA, Clara; BALTEIRO, Jorge. Grau de conhecimento e consumo de psicofármacos dos alunos da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra. Rev. Port. Sau. Pub., Lisboa, v. 29, n. 2, p. 173-179, jul. 2011.

CASTRO, Claudia Garcia Serpa Osorio de et al. Estudos de utilização de medicamentos: noções básicas. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2000.

FREITAS, Rivelilson Mendes de; NASCIMENTO, Danelle da Silva; SANTOS, Pauline Sousa dos. Investigação do uso de drogas lícitas e ilícitas entre os universitários de instituições do ensino superior (públicas e privadas), no município de Picos, Piauí. SMAD, Rev. Eletrônica Saúde Mental Álcool Drog. (Ed. port.), Ribeirão Preto, v. 8, n. 2, p. 79-86, ago. 2012.

HORTA, Rogério Lessa. As famílias e as drogas na contemporaneidade. In: GUARESCHI, Pedrinho A. et al. (org.). Psicologia em questão: reflexões sobre a contemporaneidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2003. p. 201-215.

HORTA, Rogério Lessa; HORTA, Bernardo Lessa; HORTA, Cristina Lessa. Uso de drogas e sofrimento psíquico numa universidade do Sul do Brasil. Psicol. rev. (Belo Horizonte), Belo Horizonte, v. 18, n. 2, p. 264-276, ago. 2012.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Consulta de área, população e dados básicos dos municípios. 2017.

LUCAS, Ana Cyra dos Santos et al. Uso de psicotrópicos entre universitários da área da saúde da Universidade Federal do Amazonas, Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 22, n. 3, p. 663-671, 2006.

MANO, Silvia Anahí de la. La Psicofarmacología en la formación y práctica del psicólogo. Cuad. neuropsicol., Santiago, v. 4, n. 1, p. 43-61, 2010.

MARDEGAN, Paula Silva et al. Uso de substâncias psicoativas entre estudantes de enfermagem. J. bras. psiquiatr., Rio de Janeiro, v. 56, n. 4, p. 260-266, 2007.

MAGALHÄES, Maria Paula de; BARROS, Raquel da Silva; SILVA, Maria Teresa Araújo. Uso de drogas entre universitários: a experiência com maconha como fator delimitante. Rev. abp-apal, v. 13, n. 3, p. 97-104, 1991.

PEUKER, Ana Carolina; FOGACA, Janaina; BIZARRO, Lisiane. Expectativas e beber problemático entre universitários. Psic.: Teor. e Pesq., Brasília , v. 22, n. 2, p. 193-200, ago. 2006.

PELEGRINI, Marta Regueira Fonseca. O abuso de medicamentos psicotrópicos na contemporaneidade. Psicol. cienc. prof., Brasília , v. 23, n. 1, p. 38-41, Mar. 2003.

PASQUINI, Nilton Cesar. Uso de metilfenidato (MFD) por estudantes universitários com intuito de “turbinar” o cérebro. Biofar, Rev. Biol. Farm, Campina Grande, PB, v. 9, n. 2, p. 107-113, 2013.

PESSANHA, Fernanda Fraga; MOTA, Jéssica da Silva. Prevalência do uso de metilfenidato por universitários de Campos dos Goytacazes, RJ. Vértices, Campos dos Goytacazes, v.16, n. 1, p. 77-86, 2014.

PICOLOTTO, Eduardo et al. Prevalência e fatores associados com o consumo de substâncias psicoativas por acadêmicos de enfermagem da Universidade de Passo Fundo. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 15, n. 3, p. 645-654, 2010.

REY, Fernando González; GOULART, Daniel Magalhães; SANTOS, Marília Bezerra. Ação profissional e subjetividade: para além do conceito de intervenção profissional na psicologia. Educação, v. 39, n. Esp, p. s54-s65, 2016.

RIBEIRO, Aline Granada et al. Antidepressivos: uso, adesão e conhecimento entre estudantes de medicina. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro , v. 19, n. 6, p. 1825-1833, 2014.

SANTOS, Marcos Vinícius Ferreira dos; PEREIRA, Denis Soprani; SIQUEIRA, Marluce Miguel de. Uso de álcool e tabaco entre estudantes de Psicologia da Universidade Federal do Espírito Santo. J. bras. psiquiatr., Rio de Janeiro, v. 62, n. 1, p. 22-30, 2013.

TOCKUS, Deborah; GONCALVES, Priscila Samaha. Detecção do uso de drogas de abuso por estudantes de medicina de uma universidade privada. J. bras. psiquiatr., Rio de Janeiro, v. 57, n. 3, p. 184-187, 2008 .

WANSCHER, Dienifer; PRADO, Geisa Percio; FRIGO, Jucimar. Uso de psicotrópicos por alunos do ensino superior. UNINGÁ Review, Santa Catarina, v. 18, n. 2, p. 5-9, 2014.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v14i49.2288

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: