TECNOLOGIA PARA A QUALIDADE DE VIDA: A PELE E AS CÉLULAS TRONCO

Priscila Félix de Oliveira, Lisiene Siebra de Deus e Albuquerque

Resumo


 

As células-tronco são células com baixo grau de diferenciação, encontradas em tecidos embrionário e extraembrionário.  Alguns estudos vêm sendo realizados para evidenciar a utilização dessas células na terapia de várias doenças, incluindo alterações da pele. Atualmente, acredita-se que terapias celulares com células-tronco mesenquimais (CTMs) adultas apresentam vantagens em relação a outros métodos de reparação tecidual e o tecido adiposo representa uma fonte ideal de células-tronco autólogas mesenquimais. Alguns estudos mostram ser uma boa alternativa porque os efeitos são de longa duração e não houve efeitos colaterais. Além do efeito estimulatório de regeneração, ensaios clínicos relatam diferenciação das mesmas em células do tecido residente. Assim, a utilização de terapias celulares com células-tronco mesenquimais é prática em ascensão nas cirurgias reparadoras, principalmente, de defeitos estéticos, como cicatrizes de acne, rítides e envelhecimento cutâneo.


Palavras-chave


células-tronco mesenquimais; tecido adiposo; regeneração

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v7i19.228

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: