Transtorno Mental em Profissionais de Enfermagem no Setor de Urgência e Emergência: Revisão Sistemática da Literatura / Mental Disorder in Nursing Professionals at the Emergency Room: Systematic Literature Review

Lucielle Lirio Nonnenmacher, Aline Marrafão Seleguim Loiola, Fernanda da Silva, Flavia Alves de Oliveira Melo, Rafael Carvalho Freitas, Malu Suzane de Almeida

Resumo


O desenvolvimento do trabalho do enfermeiro no setor de urgência e emergência pode levar a exigências cotidianas que geram transtornos mentais, além de sofrimento psíquico e somático. O presente artigo tem como objetivo apresentar uma revisão sistemática de literatura de produções científicas dos anos de 2008 a 2016, referente à prevalência de transtornos mentais em profissionais de enfermagem no setor de urgência e emergência. Foram utilizados marcadores (como: Estresse Psicológico, Esgotamento Profissional, Transtorno Mental, Enfermeiro, Urgência, Emergência, Estressores e Riscos Profissionais) com apresentação dos resultados pelo método descritivo, por intermédio de quadros, sendo, portanto, um estudo do tipo secundário, cujos resultados são apresentados de forma sintética. Ao identificar esses fatores, é possível encontrar maneiras de intervir a fim de diminuir esse tipo de exposição. Findando a pesquisa, os resultados apontam para uma grande prevalência de Transtornos Mentais Comuns no âmbito da saúde, com índices maiores na área da enfermagem.

.


Palavras-chave


Estresse Psicológico; Transtorno Mental; Enfermeiro; Urgência-Emergência; Riscos Profissionais.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Ana Paula et al. Prevalência de transtornos mentais comuns entre profissionais de saúde. Revista de Enfermagem da UERJ, v. 23, n. 1, p. 64-69, 2015. Disponível em: . Acesso em: 14 dez. 2016

ALVES, Marília; GODOY, Solange Cervinho Bicalho; SANTANA, Daniela Moreira. Motivos de licenças médicas em um hospital de urgência-emergência. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 59, n. 2, p. 195-200, 2006. Disponível em: . Acesso em: 05 fev. 2017.

ANSOLIN, Alana Gabriela Araldi et al. Prevalência de transtorno mental comum entre estudantes de psicologia e enfermagem. Arquivos de Ciências da Saúde, v. 22, n. 3, p. 42-45, 2015. Disponível em . Acesso em: 14 dez. 2016.

BEZERRA, Francimar Nipo; SILVA, Telma Marques da; RAMOS, Vânia Pinheiro. Estresse ocupacional dos enfermeiros de urgência e emergência: Revisão Integrativa da Literatura. Revista Acta Paulista de Enfermagem, v. 25, n. 2, p. 151-156, 2012. Disponível em : . Acesso em :04 jul,2019.

BRASIL, Ministério da Saúde. Política Nacional de Atenção às Urgências. 3.ed. Brasília: Editora do Ministério da Saúde; 2006. Disponível em: . Acesso em: 06 dez. 2016.

COSTA, Albanita Gomes; LUDERMIR, Ana Bernarda. Transtornos mentais comuns e apoio social: estudo em comunidade rural da Zona da Mata de Pernambuco, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 21, 2005. Disponível em: https://www.scielosp.org/article/csp/2005.v21n1/73-79/pt/. Acesso em: 26 fev. 2017.

DAL PAI, Daiane; LAUTERT, Liana. Suporte humanizado no Pronto Socorro: um desafio para a enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, DF, v. 58, n. 2, p. 231-234, 2005. Disponível em: . Acesso em: 04 fev. 2017.

FIGUEREDO, Nébia Maria Almeida de. Práticas de enfermagem. Fundamentos, conceitos, situações e exercícios. São Paulo: Yendis, 2005.

JODAS, Denise Albieri; HADDAD, Maria do Carmo Lourenço. Síndrome de Burnout em trabalhadores de enfermagem de um pronto socorro de hospital universitário. Revista Acta Paulista de Enfermagem, v. 22, n. 2, p. 192-7, 2009. Disponível em: . Acesso em: 14 fev. 2017.

LUCCHESE, Roselma et al. Prevalência de transtorno mental comum na atenção primária. Revista Acta Paulista de Enfermagem, v. 27, n. 3, p. 200-207, 2014. Disponível em . Acesso em: 14 fev. 2017.

MONTEIRO Janine Kieling et al. Adoecimento psíquico de trabalhadores de unidades de terapia intensiva. Revista Psicologia Ciência e Profissão, v. 33, n. 2, p. 366-379, 2013. Disponível em: . Acesso em: 05 fev. 2017.

NEGELISKII, Christian. O estresse laboral e a capacidade para o trabalho de enfermeiros no Grupo Hospitalar Conceição. 2010. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Disponível em: . Acesso em: 05 fev. 2017.

PANIZZON, Cristiane; LUZ, Anna Maria Hecker; FENSTERSEIFER, Lísia Maria. Estresse da equipe de enfermagem de emergência clínica. Revista Gaúcha de Enfermagem, v. 29, n. 3, p. 391-399, 2008. Disponível em: . Acesso em: 05 fev. 2017.

RODRIGUES, Eder Pereira et al. Prevalência de transtornos mentais comuns em trabalhadores de enfermagem em um hospital da Bahia. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 67, n. 2, p. 296-301, 2014. Disponível em: . Acesso em: 03 fev. 2017.

SANTANA, Amália Ivine Costa et al. Aspectos psicossociais do trabalho e transtornos mentais comuns entre trabalhadores da saúde do Estado da Bahia. 2015. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) – Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS. Feira de Santana, Bahia. Disponível em: . Acesso em: 03 fev. 2017.

SANTANA, Leni de Lima et al. Absenteísmo por transtornos mentais em trabalhadores de saúde em um hospital no sul do Brasil. Revista Gaúcha de Enfermagem, v. 37, n. 1, 2016. Disponível em: . Acesso em: 05 fev. 2017

SOBRAL, Priscylla Helena Alencar Falcão et al. Atuação de enfermagem em serviços de emergência: revisão sistemática. Revista de Pesquisa: cuidado é fundamental online, v. 5, n. 4, p. 396-407, 2013. Disponível em:. Acesso em: 05 fev. 2017.

SOUZA, Magda Nascimento Medeiros de; MARTINS JÚNIOR, Davi Félix; SILVA, Marina Vieira. Trabalho e saúde dos profissionais de enfermagem de um hospital especializado de Feira de Santana, Bahia. Revista Baiana de Saúde Pública, v. 35, p. 38-46, 2011. Disponível em: . Acesso em: 04 fev. 2017.

TITO, Renata Santos. Burnout e Transtornos Mentais Comuns nos trabalhadores de enfermagem que assistem crianças com cardiopatia grave. Tese (Mestrado em Ciências) – Universidade de São Paulo - USP. São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 03 fev. 2017.

WEHBE, Grasiela; GALVÃO, Cristina Maria. O enfermeiro de unidade de emergência de hospital privado: algumas considerações. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 9, n. 2, p. 86-90, 2001. Disponível em: . Acesso em: 03 fev. 2017.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v13i48.2161

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: