Saúde Mental de Mulheres em situação de Violência Doméstica no Brasil: Uma Revisão Sistemática / Mental Health of Women in Domestic Violence Situation in Brazil: A Systematic Review

Lina Maria Vidal Romão, Pedro Walisson Gomes Feitosa, Jacyanne Gino Vieira, Sara Vivian Ribeiro Linhares, Cynthia Lossio de Brito, Lucineide Coqueiro Gurgel, Lília Josefa Vidal Romão, Eulina Alves Sousa Brito

Resumo


A violência contra a mulher é um problema de saúde pública identificada como a ação ou a omissão baseada no gênero que cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial. Comumente, transtornos mentais comuns são notificados com maior frequência entre mulheres, estando, a violência, relacionada com grande parte desses casos. Este trabalho objetiva realizar uma revisão sistemática da literatura quanto a influência da violência doméstica na saúde mental de mulheres. Artigos publicados entre 2014 e 2019 e indexados no banco de dados da Biblioteca Virtual de Saúde(BVS) foram selecionados para este trabalho de revisão. A estratégia de busca utilizada foi a partir das palavras-chave: “Violência doméstica”, “Saúde mental”, “Mulheres” e “Brasil”. Os trabalhos foram submetidos a três testes de relevância compostos por perguntas objetivas que avaliavam e quantificavam as relações existentes entre os critérios de busca e os trabalhos encontrados, analisando a relação do artigo com os objetivos propostos pela pesquisa consoante o protocolo PRISMA para revisões sistemáticas. Destaca-se que uma mulher que não tem um apoio social significativo tende a sofrer mais violência doméstica. Também, o uso de força física e/ou constrangimento psicológico traz danos na saúde física e mental da mulher por negar busca por tratamento médico. Além disso, percebeu-se que, apesar da existência da Lei Maria da Penha, muitas mulheres não se sentem seguras em denunciar seu agressor, o que acaba por perpetuar uma relação de violência e desigualdade, e também, danos na saúde mental. Destacamos a necessidade de mais estudos e discussões nessa temática a fim de propor e efetuar uma alteração social que possa refutar um sistema tóxico à vida das mulheres.

 

 


Palavras-chave


Violência doméstica, Mulheres, Saúde mental

Texto completo:

PDF

Referências


ADEODATO, Vanessa Gurgel et al . Qualidade de vida e depressão em mulheres vítimas de seus parceiros. Rev. Saúde Pública, São Paulo , v. 39, n. 1, p. 108-113, Jan. 2005.

Available from . access on 19 Aug. 2019.

FELIPPE, Andreia Monteiro el al. Violência praticada pelo parceiro íntimo e o transtorno de estresse pós-traumático (tept). Rev. Psique, Juiz de Fora, v. 1, n. 2, p. 95-111, ago./dez. 2016. Available from < https://seer.cesjf.br/index.php/psq/article/view/949/731>

FONSECA, Denire Holanda da; RIBEIRO, Cristiane Galvão; LEAL, Noêmia Soares Barbosa. Violência doméstica contra a mulher: realidades e representações sociais.Psicol. Soc., Belo Horizonte , v. 24, n. 2, p. 307-314, Aug. 2012. Available from http://www. scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000200008&lng=en&nrm=iso . access on 19 Aug. 2019. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-71822012000200008.

LUCENA, Kerle Dayana Tavares de et al . Associação entre a violência doméstica e a qualidade de vida das mulheres. Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto , v. 25, e2901, 2017 . Available from . access on 19 Aug. 2019. Epub June 05, 2017.

MEDINA, Natalia Tobo et al . Contribution of intimate partner violence exposure, other traumatic events and posttraumatic stress disorder to chronic pain and depressive symptoms. Invest. educ. enferm, Medellín , v. 29, n. 2, p. 174-186, July 2011. Available from . access on 19 Aug. 2019.

MENDONCA, Marcela Franklin Salvador de; LUDERMIR, Ana Bernarda. Violência por parceiro íntimo e incidência de transtorno mental comum. Rev. Saúde Pública, São Paulo , v. 51, 32, 2017 . Available from . access on 19 Aug. 2019. Epub Apr 10, 2017.

MOZZAMBANI, Adriana Cristine Fonseca et al . Gravidade psicopatológica em mulheres vítimas de violência doméstica. Rev. psiquiatr. Rio Gd. Sul, Porto Alegre , v. 33, n. 1, p. 43-47, 2011 . Available from . access on 19 Aug. 2019. Epub Apr 29, 2011.

SANTOS, Ariane Gomes dos; MONTEIRO, Claudete Ferreira de Souza. Domínios dos transtornos mentais comuns em mulheres que relatam violência por parceiro íntimo.Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto , v. 26, e3099, 2018 . Disponível em . acessos em 19 ago. 2019. Epub 29-Nov 2018.

SCHRAIBER, Lilia Blima et al . Prevalência da violência contra a mulher por parceiro íntimo em regiões do Brasil. Rev. Saúde Pública, São Paulo , v. 41, n. 5, p. 797-807, Oct. 2007 . Available from . access on 19 Aug. 2019.

SILVA, Susan de Alencar et al . Análise da violência doméstica na saúde das mulheres.Rev. bras. crescimento desenvolv. hum., São Paulo , v. 25, n. 2, p. 182-186, 2015 . Disponível em . acessos em 19 ago. 2019.

WHO, World Health Organization. Preventing intimate partner and sexual violence against women: taking action and generating evidence. Geneva, World Health Organization, 2010.

____________. Responding to intimate partner violence and sexual violence against women. WHO clinical and policy guidelines. Recuperado de http://www.who. int/reprod uctivehealth/publications/violence/9789241548595/en/, 2013.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v13i47.1987

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: