Dividir para Maximizar: A Reorganização Societária como Estratégia de Planejamento Tributário / Divide to Maximize: Corporate Reorganization as a Tax Planning Strategy

Miquéias de Jesus Santana, Antônio Gualberto Pereira, Ana Paula Nogueira Rodrigues

Resumo


O presente estudo teve como objetivo primário, analisar os efeitos da utilização da Cisão como mecanismo de Reorganização Societária (RS) para a sustentação Estratégica de um Planejamento Tributário (PT) em uma empresa Baiana e, secundariamente buscou propor um modelo de PT diferente do convencional. Para tanto foi realizado um estudo documental e bibliográfico, complementado por um estudo de caso com abordagem exploratória e descritiva, buscando comparar, analisar e evidenciar os efeitos fiscais da RS na empresa em questão. Os achados revelam que a reorganização societária pode ser utilizada no planejamento tributário alinhada com os objetivos estratégicos do negócio de forma efetiva. Observa-se através da análise que, se a empresa em questão segregar o seu negócio através da Cisão Parcial em suas duas atividades, poderá optar por outro regime tributário em ambas o que reduzirá sua carga tributária quase pela metade e permitirá uma maximização dos lucros, aumentando assim a sustentabilidade financeira e a eficiência empresarial.


Palavras-chave


Planejamento Tributário Estratégico; Reorganização Societária; Cisão.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, F. Contabilidade e Gestão de Tributos. 1ª Ed. São Paulo: Fiscosoft, 2015.

AMARAL, Gilberto Luiz do; OLENIKE, João Eloi; AMARAL, Letícia M. Fernandes do;YAZBEK, Cristiano Lisboa. Quantidade de normas editadas no Brasil: 25 anos da Constituição Federal de 1988. 2013. Disponível em: . Acesso em: 30 de Jul. de 2019.

ARAÚJO, Israel de Carvalho Drumond; MEIRELLES JR, Julio Candido de; SIMÃO, Alessandra dos Santos; FRAGA, Anderson Nunes; SOUZA, Diego Freitas de. Simples nacional e planejamento tributário para microempreendedores: importância para o empresário pinheiralense, considerando contexto, práticas e conhecimento. Brazilian Journalof Development, v. 4, n. 4, p. 1536-1551, 2018.

BRASIL, Constituição Federal. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.

CAETANO, Viviane Barbosa; RIBEIRO, Rafael Borges. Planejamento tributário em empresa de construção civil: benefícios proporcionados pelo regime especial de tributação. RAGC, v. 5, n. 18, 2017.

DHINGRA, D.; AGGARWAL, N. Corporate restructuring in India: a case study of Reliance Industries Limited (RIL). Global Journal of Finance and Management. 6(9), 813-820, 2014.

FRECKNALL-HUGHES, Jane. The theory, principles and management of taxation: An introduction. Routledge, 2014.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo. Métodos de pesquisa. Plageder, 2009.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 6ª. ed.São Paulo: Atlas, 2017.

JARSO, Halima Abdullahi. Restructuring strategy and performance of major commercial banks in Kenya. Unpublished MBA Project: School of Business, University of Nairobi, 2013.

JORDÃO, Ricardo Vinícius Dias; OLIVEIRA, Geraldo Renato. Gestão tributária nas atividades de reorganização societária em empresas de Minas Gerais. Enfoque: Reflexão Contábil, v. 35, n. 3, p. 139-157, 2016. Disponível em: . Acesso em: 09 de Julho de 2019.

JUNG, Carlos Fernando. Metodologia para pesquisa e desenvolvimento: aplicada a novas tecnologias, produtos e processos. Axcel Books, 2004.

KONG, Fancheng; WANG, Chuanhai.The Determinants of Tax Evasion: A Literature Review. Gdańskie Studia Azji Wschodniej, n. Zeszyt5, p. 70-78, 2014.

OECD. Estatísticas sobre Receita na América Latina 1990 - 2010. 2012. Disponível em: . Acesso em: 19 de Julho de 2019.

OLIVEIRA, L.M.; CHIEREGATO, R.; PEREZ JÚNIOR, J.H.; GOMES, M.B. Manual de contabilidade tributária. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

PASSOS, Gustavo Rique Pinto; VILAR, Euler Nobre. Ágio em operações de incorporação reversa indireta: um estudo de caso sob o ponto de vista contábil e fiscal. In: Congresso USP de Controladoria e Contabilidade, 10. São Paulo, 2010.

PÊGAS, Paulo Henrique. Manual de contabilidade tributária. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2017.

RIBEIRO, Alexandre Eduardo Lima; MÁRIO, Poueri do Carmo. Utilização de metodologias de reestruturação societária como ferramenta de planejamento tributário: um estudo de caso. Revista contabilidade vista e revista. Belo Horizonte, v. 19, n. 4, p. 107-128, out./dez. 2008.

SCHANZ, Deborah; SCHANZ, Sebastian. Business taxation and financial decisions. Springer Science & Business Media, 2010.

SHIM, Jae K. Practical Guide to Mergers, Acquisitions and Divestitures. Global Professional, 2012.

SILVA, Francisco Fabiano Valença da; MACÊDO, Maria Erilúcia Cruz. Análise do Planejamento Tributário na Perspectiva da Gestão. Id onLineRev. Mult. Psic., vol.13, n.43, p. 627-639. ISSN: 1981-1179, 2019.

SMITH, Stephen. Taxation: a very short introduction. Oxford University Press, USA, 2015.

STROHMEIER, Lilian Souza. O Planejamento tributário através de reorganizações societárias. Porto Alegre: UFRGS, 2010.

VEY, Ivan Henrique; BORNIA, Antonio Cezar. Reorganização societária como forma de planejamento tributário: um estudo de caso. Revista de Administração Contabilidade e Economia-RACE 9.1-2 (2010): 323-344.

YOUNG, Lúcia Helena Briski. Planejamento tributário: fusão, cisão e incorporação. 6. ed. Curitiba: Juruá, 2010.

ZAHID, Nauman; SHAH, AsifMujtaba.Mergers and acquisitions in international business.EuropeanScientificJournal, v. 22, p. 43, 2011.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v13i47.1966

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: