Saúde mental em tempos de crise no Brasil / Mental health in times of crisis in Brazil

Lais Landim Sousa, Nara Freire Leão Rocha, Nicole Gonçalves Nascimento Rocha, Gislene Farias de Oliveira

Resumo


Na atual conjuntura, o Brasil tem passado por um momento de sucessivas crises, tanto dentro quanto fora das ciências médicas, de diversas naturezas de ordem social, política e econômica, afetando de forma significativa o assistencial e de saúde. a crise tem dado ensejo ao agravamento das condições socioeconômicas do país, que tem afetado negativamente a população como um todo, e que tem inclusive aumentado o quantitativo de indivíduos com algum tipo de problema de saúde mental. Este estudo discute sobre os fatores que acometem a saúde mental da população em momentos de crise e, a necessidade de modificação do paradigma vigente como forma de adaptação à realidade do momento no Brasil. Os resultados indicam que, frente a crise que acomete o país e o patente agravamento dos casos de saúde mental relatados nos últimos anos, tudo indica que é preciso que seja elaborado um novo modelo de saúde mental, capaz de gerir as causas decorrentes de uma crise que envolve desemprego, problemas financeiros e piora do local de residência. Estes são apenas alguns dos fatores que têm prejudicado a saúde mental da população, de uma maneira geral.

Palavras-chave


Saúde mental. Políticas públicas. Crise brasileira

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEDOM, Astier. Social capital and mental health: an interdisciplinary review of primary evidence. Social Science & Medicine, v.61, n.5, p.943–964, 2005.

ANÁLISES DE POLÍTICAS EM SAÚDE. Crise no Brasil: Quais os impactos na saúde da população? 2016. Disponível em: < https://www.analisepoliticaemsaude.org/oaps/boletim/edicao/8/>. Acesso em: 25/06/2019.

BARTON, Russel. Institutional neurosis. New York: John Wright, 1959

BIRMAN, Joel. Enfermidade e loucura. Rio de Janeiro: Campus; 1980.

BRESLIN, Frederick Curtis; MUSTARD, Cam. Factors influencing the impact of unemployment on mental health among young and older adults in a longitudinal, population-based survey. Scandinavian Journal of Work Environment & Health, v. 29, p. 5–14, 2003.

BROWN, Jean, LEARMONTH, Alyson; MACKERETH, Catherine. Promoting Public Mental Health and Well-being: Principles into Practice; London: Jessica Kingsley Publishers, 2015.

CATTAN, Mima; TILFORD, Sylvia. Mental Health Promotion: A Lifespan Approach (p. 264). Berkshire: Open University Press, 2006.

CORNAGLIA, Francesca; CRIVELLARO, Elena; MCNALLY, Sandra. Mental Health and Education Decisions. London, 2012.

DANTAS, VA. Enfermagem e os serviços básicos. Anais do 33º Congresso Brasileiro de Enfermagem. Brasília: ABEn, 1981.

DE SNYDER, V. Nelly Salgado; FRIEL, Sharon; FOTSO, Jean Christophe, KHADR, Zeinab, MERESMAN, Sérgio; MONGE, Patricia; PATIL-DESHMUKH, Anita. Social conditions and urban health inequities: Realities, challenges and opportunities to transform the urban landscape through research and action. Journal of Urban Health, 88, 2011.

EATON, Nicholar; KEYES, Katherine; KRUEGER, Robert; BALSIS, Steve; SKODOL, Andrew, MARKON, Kristian, GRANT, Bridget; HASIN, Deborah. An invariant dimensional liability model of gender differences in mental disorder prevalence: evidence from a national sample. Journal of Abnormal Psychology, v.121, n.1, 2012.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal; 1979

______. A história da loucura na época clássica. São Paulo: Graal; 1981.

FONE, David; DUNSTAN, Frank; JOHN, Ann; LLOYD, Keith. Associations between common mental disorders and the Mental Illness Needs Index in community settings. Multilevel analysis. The British Journal of Psychiatry: The Journal of Mental Science, v. 191, p. 158–163, 2007.

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ (FIOCRUZ). Crise na saúde mental em nível global: prejuízos individuais e para a economia. 2018. Disponível em: < https://cee.fiocruz.br/?q=Crise-na-saude-mental-em-nivel-global-prejuizos-individuais-e-para-a-economia>. Acesso em: 25/06/2019.

FUKUDA, Yoshiaru; HIYOSHI, Ayako. Influences of income and employment on psychological distress and depression treatment in Japanese adults. Environmental Health and Preventive Medicine, v. 17, v. 1, p. 10-17, 2012.

LOUREIRO, Adriana; LIMA, Joana; PARTIDÁRIO, Maria do Rosário; SANTANA, Paula. Condicionantes da saúde mental e os instrumentos de avaliação de impactos. In SANATA, Paula (org), Território e Saúde Mental em tempos de crise. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, Universidade de Coimbra, 2015.

______. ALMEDRA, Ricardo; NUNES, Carla; SANTANA, Paula. As características individuais e contextuais na saúde mental em tempos de crise. In SANTANA, Paula (Org). Território e saúde mental em tempos de crise. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2015.

PATEL, Vikram; LUND, Crick; HATHERILL, Sean; PLAGERSON, Sophie; CORRIGALL, Joanne; FUNK, Michelle; FLISHER, Alan J. Mental disorders: equity and social determinants. In BLAS, Erik; KURUP, Anand (Eds). Equity, Social Determinants and Public Health Programs. Genebra: World Health Organization, 2010.

PENEDO, Frank; DAHN, Jason. Exercise and well-being: a review of mental and physical health benefits associated with physical activity. Current Opinion in Psychiatry, v.18, p. 189–193, 2005.

PERES, kenia. Estudos sobre a Psicopatia. Dissertação (Mestrado Em Psicologia Clínica). São Paulo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2014.

Pessotti I. O século dos manicômios. São Paulo: Editora 34; 1996nku6n

REDE BRASIL ATUAL (RBA). Crise afeta saúde mental e eleva número de pedidos de afastamento do trabalho. 2018. Disponível em: < https://www.redebrasilatual.com.br/trabalho/2018/11/crise-afeta-saude-mental-e-faz-aumentar-pedidos-de-afastamento-do-trabalho/>. Acesso em: 25/06/2019

SANTANA, Paula. Urbanização e saúde. 2009. Disponível em: < https://www.researchgate.net/publication/270565543_Urbanizacao_e_Saude>. Acesso em: 25/06/2019

SARKAR, Chinmoy; WEBSTER, Chris; GALLACHER, John. Healthy Cities: Public Health Through Urban Planning (Edward Elg), 2014.

SILVEIRA, Nise da. O mundo das imagens. São Paulo: Ática; 1992.

STUCKLER, David; BASU, Sanjay. The Body Economic: Why Austerity Kills. New York: Basic Books, 2013.

SZASZ, Thomas Stephen. Ideologia e doença mental: ensaios sobre a desumanização do homem. Rio de Janeiro: Zahar; 1977.

TAYLOR, Lorraine; TASKE, Nichole; SWANN, Catherine; WALLER, Seta. Public health interventions to promote positive mental health and prevent mental health disorders among adults. London, 2007.

TEHNS, K. Etologia. São Paulo: Círculo do Livro; 1977.

UL-HAQ, ZIA; MACKAY, Daniel, FENWICK, E.; PELL, Jill. Association between body mass index and mental health among Scottish adult population: a cross-sectional study of 37,272 participants. Psychological Medicine, v.44, n.10, p. 2231–40, 2014.

VASCONCELOS, Eduardo. Do hospício à comunidade. Belo Horizonte: SEGRAC; 1992.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v13i46.1932

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: