Formação Intersdisciplinar: Estratégia de Integração Ensino e Serviço na Saúde / Interdisciplinary Training: Learning Integration Strategy and Service in Health

Fabrina de Moura Alves Correia, Ivo Saturno Bonfim, Juliana Brasil Accioly Pinto, Odete Helenice Paiva de Alencar Melo, Tassia Lobato Pinheiro Belmino, Marlene Menezes de Souza Teixeira

Resumo


O planejamento para uma assistência qualificada é oriundo dos direitos e deveres pactuado constitucionalmente, através do Sistema Unificado de Saúde-SUS.  Sobretudo é fundamental  delinear um dos princípios fundamentais do SUS:  o princípio da integralidade, que  se propõe atender a necessidade do paciente na visão do todo e ao preâmbulo da promoção da saúde. O objetivo do estudo foi  descrever a performance dos profissionais que compartilham  da assistência integrada  entre ensino, saúde e comunidade e, Identificar os desafios e benefícios no uso destas práticas. Metodologicamente trata-se de uma pesquisa documental e bibliográfica, buscando resposta a uma pergunta específica “Quais os principais desafios e benefícios encontrados na formação interdisciplinar através da estratégia da integração ensino-serviço na saúde?”. Concluiu-se que as estratégias de integração são indispensáveis  para o engrandecimento  da interdisciplinaridade. Contudo, visando favorecer  uma aprendizagem contínua,  direcionada  a uma maior qualidade nos serviços de saúde.

 


Palavras-chave


Experiência. Formação Profissional. Integralidade. Desafios

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, Verônica Santos et al. A integração ensino-serviço no contexto dos processos de mudança na formação superior dos profissionais da saúde. Rev. bras. educ. med., Rio de Janeiro , v. 32, n. 3, p. 356-362, Sept. 2008. Access on 07 Jun.2019. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-55022008000300010.

BATISTA, K. B. C; SIMÕES, O. J.; Documento Norteador. São Paulo [s.l.], 2004. Formação dos Profissionais de Saúde para o SUS: significado e cuidado Saúde Soc. São Paulo, v.20,n.4,p.884-899,2011.

___________. MINISTERIO DA SAÚDE. CONSELHO NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE SAÚDE. Atenção Primária e Promoção da Saúde. Brasília: CONASS, 2011.

___________. MINISTÉRIO DA SAÚDE. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PRÓ-SAÚDE: Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde, 2010

___________. MINISTÉRIO DA SAÚDE, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. – Brasília : Editora do Ministério da Saúde, 2007. 78 p. – (Série C. Projetos, Programas e Relatórios).

BALDOINO. Análise das atividades de integração ensino-serviço desenvolvidas nos cursos de saúde da Universidade Federal da Bahia. Rev Esc Enferm USP · 2016; 50(n.esp):017-024.

COSTA, M, V.; BORGES, F. A. O Pró-PET-Saúde frente aos desafios do processo de formação profissional em saúde / The Pro-PET-Health and the challenges of the professional education in health. / El Pro-PET-Salud frente a los retos de la educación professional em salud.2015.

DUARTE, S.J.H.; PEREIRA, J.G.; SANTOS, N.C.; PEREIRA, G.A.S.; PEREIRA, W.R. Contribuições do PET-Saúde da família na formação de enfermeiros e médicos no município de Cuiabá, MT. Ciência Cuidado em Saúde, v. 11, n4, p.813-819, 2012.

GONÇALVES, R.C. R.; GONÇALVES, L.G.; COVRE, L.; LAZARINI, W.S.; DALBELLO-ARAUJO, M. Nós em rede: vivências da parceria ensino-serviço produzidas pelo Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde. Interface, , p. 903 -912, 2015.

FARJADO, A.P. Os tempos da docência nas residências em área profissional da saúde: ensinar, aprender e (re) construir as instituições-escola na saúde [tese]. Porto Alegre: U.F.R.G.S., 2011.

FRANÇA. Análise da Política de Educação Permanente do SUS implementada pelas Secretarias Estaduais de Saúde. Relatório Final da Pesquisa de Avaliação e Acompanhamento da Política de Educação Permanente em Saúde. Coordenação de Ana Luiza D'Ávila Viana. São Paulo: FM/USP, 200.

GONCALVES, R. M. A. et al. Estudo do trabalho em Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), São Paulo, Brasil. Rev. Bras. Saúde Ocup., São Paulo, v. 40, n. 131, p. 59-74,jun.2015.

MIRA, Q.L.M.; BARRETO, R.M.; VASCONCELOS, M.I.O.; Impacto do Pet-saúde na formação profissional: Uma revisão integrativa. Revista Baiana de Saúde Pública, v. 40, nº 2,p.514-531, 2016.

MORAIS, F. R. R. et al A importância do PET-Saúde para a formação acadêmica do enfermeiro. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v.10 n.3, p.541-551, nov. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php. Acesso em: 18 Mai. 2019.

NASCIMENTO, D. D. G.; QUEVEDO, M. P. Aprender fazendo: considerações sobre a Residência Multiprofissional em Saúde da Família na qualificação de profissionais da saúde. In: BOURGET, M. M. M. (org.). Estratégia Saúde da Família: a experiência da equipe de reabilitação. São Paulo: Martinari, 2010. p. 43-59.

OLIVEIRA, M.L.; MEDONÇA, M.K.; FILHO, H.L.A.; COELHO. T.C. BENETTI, C.N. Pet- Saúde: (In) formar e fazer como processo de Aprendizagem em serviços de saúde. Revista Brasileira de Educação Médica, n. 36, p. 105-111, 2012.

PITOMBEIRA, D. F.; XAVIER, A. S.; BARROSO, R. E. C.; OLIVEIRA, P. R. S. Psicologia e a Formação para a Saúde, Psicologia: Ciência e Profissão Abr/Jun. 2016 v. 36 n°2, 280-291.

QUEVEDO, M. P. Aprender fazendo: considerações sobre a Residência Multiprofissional em Saúde da Família na qualificação de profissionais da saúde. In:

BOURGET, M. M. M. (org.). Estratégia Saúde da Família: a experiência da equipe de reabilitação. São Paulo: Martinari, 2008. p. 43-59.

RÉZIO, L.A.; MORO, T.N.; MARCON, S.R.; FORTUNA, C.M. Contributions of the PET-Health/Psychosocial Healthcare Networks to Family Healthcare. Interface (Botucatu). v.1, p.793-804. 2015.

ROZENDO CA, Desafios e possibilidades no exercício da preceptoria do Pró-PET-Saúde. Interface (Botucatu). 2015;19 Supl 1:779-91.

RUDNICKI, Tânia; CARLOTTO, Mary Sandra. Formação de estudante da área da saúde: reflexões sobre a prática de estágio. Rev. SBPH, Rio de Janeiro, v. 10, n. 1, p. 97-110, jun. 2007.

SOAR Filho, E. J. A interação médico-cliente. Rev. Ass. Méd. Bras., 44(1): 35-42.1998.

SOUZA, Georgia Costa de Araújo, O SUS nos seus 20 anos, reflexões num de mudar. Saúde Soc. São Paulo, v.19, n.3, p.509-517, 2010.

TEXEIRA, S et al. O PET- Saúde no Centro de Saúde cafezal: Promovendo Hábitos Saudáveis de Vida. Revista Brasileira de Educação Médica, n. 36, p. 183-186, 2012.

VENDRUSCOLO, Carine; PRADO, Marta Lenise do; KLEBA, Maria Elisabeth. Integração Ensino-Serviço no âmbito do Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro , v. 21, n. 9, p. 2949-2960, Sept. 2016.access on 05 July 2019.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v13i46.1911

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: