Considerações Sobre Educação Inclusiva / Considerations on Inclusive Education

Gilmar Antônio de Oliveira, Ana Lúcia Bizerril de Brito, Angelita Silva de Almeida, Maria da Conceição Pereira Ferreira

Resumo


Este artigo discute a educação inclusiva enquanto demanda para promover a igualdade de oportunidades, valorizando as diferenças humanas, sejam elas quais forem: raciais, culturais, intelectuais, sociais, físicas, sensoriais ou de gênero. Para isso aconteça, é preciso que haja uma completa transformação no ensino, das práticas e de suas políticas adotadas, para que se possa assegurar um ensino inclusivo e democrática todos. As discussões levaram a conclusão de que, integração de alunos especiais em escolas regulares tem sido mais valorizada nos últimos anos, e isso parece ser resultado de constantes debates a respeito de educação de indivíduos com alguma deficiência e de um maior engajamento da sociedade, para que sejam respeitados os direitos dessas pessoas.

 


 



Palavras-chave


Educação inclusiva; Igualdade de oportunidades; Alunos especiais

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, T. W. Educação e Emancipação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2009.

AINSCOW, M.; PORTER, G.; WANG, M. Caminhos para as Escolas Inclusivas. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional, 2008.

BRASIL. Lei n. 11.274, de 6 de fevereiro de 2006. Altera a redação dos arts. 29, 30, 32 e 87 da Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, dispondo sobre a duração de 9 (nove) anos para o ensino fundamental, com matrícula obrigatória a partir dos 6 (seis) anos de idade. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 7 fev. 2006.

_________. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Ensino Fundamental de Nove Anos: passo a passo do processo de implantação. Brasília: MEC, 2009.

_________. Plano Nacional de Educação. Lei n. 13005 de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação – PNE e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 26 jun. 2014.

_________. Ministério da Educação. Portaria n. 3.284, de 7 de novembro de 2003. Brasília: Ministério da Educação; 2003 [acesso 2017 Maio 25]. Disponível em:.

_________. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Censo Escolar MEC/INEP. Principais Indicadores da Educação de Pessoas com Deficiência. Brasília: MEC/INEP; 2017.

BUJES, Maria Isabel E. Escola infantil: pra que te quero?. In: CRAIDY, Carmem; KAERCHER, Gládis E.(Org). Educação Infantil: pra que te quero? Porto Alegre: Artmed Editora, 2001.

CARVALHO, R. E. Removendo barreiras para a aprendizagem. Rio de Janeiro: WVA, 2000.

FÁVERO, O.; FERREIRA, T. I.; BARREIROS, D. Tornar a educação inclusiva. Brasília: UNESCO, 2009.

MANTOAN, M. T. E. A Integração de pessoas com deficiência: contribuições para uma reflexão sobre o tema. São Paulo: Memnon. Editora SENAC, 1997.

_________. Inclusão escolar: o que é? Por quê? Como fazer? São Paulo: Moderna, 2003.

_________. Caminhos pedagógicos da Educação Inclusiva. IN: GAIO, Roberta & MENEGHETTI, Rosa G. Krob (Orgs.). Caminhos pedagógicos da educação especial. Petrópolis, RJ: Vozes, 2004.

MOREIRA LC, BOLSANELLO, MA, SEGER, RG. Ingresso e permanência na Universidade: alunos com deficiências em foco. Educ Rev [Internet]. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script+sci. Acesso em: 20 nov. 2018.

RODRIGUES, D. Perspectivas sobre a Inclusão. Da educação à sociedade. Porto: Porto Editora, 2003.

DECLARAÇÃO DE SALAMANCA: Sobre princípios, políticas e práticas na área das necessidades educativas especiais. Salamanca – Espanha, 1994.

SASSAKI, Romeu Kazumi. Inclusão: Construindo uma sociedade para todos. Rio de Janeiro, 2002.174p

_________. Inclusão: construindo uma sociedade para todos. Rio de Janeiro: WVA, 2007.

STAINBACK S, STAINBACK W. Inclusão: um guia para educadores. Porto Alegre: Artmed, 2005.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v13i46.1901

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Gilmar Antônio de Oliveira, Ana Lúcia Bizerril de Brito, Angelita Silva de Almeida, Maria da Conceição Pereira Ferreira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A ID on line. Revista de psicologia (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: