Considerações Sobre Educação Inclusiva / Considerations on Inclusive Education

Gilmar Antônio de Oliveira, Ana Lúcia Bizerril de Brito, Angelita Silva de Almeida, Maria da Conceição Pereira Ferreira

Resumo


Este artigo discute a educação inclusiva enquanto demanda para promover a igualdade de oportunidades, valorizando as diferenças humanas, sejam elas quais forem: raciais, culturais, intelectuais, sociais, físicas, sensoriais ou de gênero. Para isso aconteça, é preciso que haja uma completa transformação no ensino, das práticas e de suas políticas adotadas, para que se possa assegurar um ensino inclusivo e democrática todos. As discussões levaram a conclusão de que, integração de alunos especiais em escolas regulares tem sido mais valorizada nos últimos anos, e isso parece ser resultado de constantes debates a respeito de educação de indivíduos com alguma deficiência e de um maior engajamento da sociedade, para que sejam respeitados os direitos dessas pessoas.

 


 



Palavras-chave


Educação inclusiva; Igualdade de oportunidades; Alunos especiais

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, T. W. Educação e Emancipação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2009.

AINSCOW, M.; PORTER, G.; WANG, M. Caminhos para as Escolas Inclusivas. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional, 2008.

BRASIL. Lei n. 11.274, de 6 de fevereiro de 2006. Altera a redação dos arts. 29, 30, 32 e 87 da Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, dispondo sobre a duração de 9 (nove) anos para o ensino fundamental, com matrícula obrigatória a partir dos 6 (seis) anos de idade. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 7 fev. 2006.

_________. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Ensino Fundamental de Nove Anos: passo a passo do processo de implantação. Brasília: MEC, 2009.

_________. Plano Nacional de Educação. Lei n. 13005 de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação – PNE e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 26 jun. 2014.

_________. Ministério da Educação. Portaria n. 3.284, de 7 de novembro de 2003. Brasília: Ministério da Educação; 2003 [acesso 2017 Maio 25]. Disponível em:.

_________. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Censo Escolar MEC/INEP. Principais Indicadores da Educação de Pessoas com Deficiência. Brasília: MEC/INEP; 2017.

BUJES, Maria Isabel E. Escola infantil: pra que te quero?. In: CRAIDY, Carmem; KAERCHER, Gládis E.(Org). Educação Infantil: pra que te quero? Porto Alegre: Artmed Editora, 2001.

CARVALHO, R. E. Removendo barreiras para a aprendizagem. Rio de Janeiro: WVA, 2000.

FÁVERO, O.; FERREIRA, T. I.; BARREIROS, D. Tornar a educação inclusiva. Brasília: UNESCO, 2009.

MANTOAN, M. T. E. A Integração de pessoas com deficiência: contribuições para uma reflexão sobre o tema. São Paulo: Memnon. Editora SENAC, 1997.

_________. Inclusão escolar: o que é? Por quê? Como fazer? São Paulo: Moderna, 2003.

_________. Caminhos pedagógicos da Educação Inclusiva. IN: GAIO, Roberta & MENEGHETTI, Rosa G. Krob (Orgs.). Caminhos pedagógicos da educação especial. Petrópolis, RJ: Vozes, 2004.

MOREIRA LC, BOLSANELLO, MA, SEGER, RG. Ingresso e permanência na Universidade: alunos com deficiências em foco. Educ Rev [Internet]. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script+sci. Acesso em: 20 nov. 2018.

RODRIGUES, D. Perspectivas sobre a Inclusão. Da educação à sociedade. Porto: Porto Editora, 2003.

DECLARAÇÃO DE SALAMANCA: Sobre princípios, políticas e práticas na área das necessidades educativas especiais. Salamanca – Espanha, 1994.

SASSAKI, Romeu Kazumi. Inclusão: Construindo uma sociedade para todos. Rio de Janeiro, 2002.174p

_________. Inclusão: construindo uma sociedade para todos. Rio de Janeiro: WVA, 2007.

STAINBACK S, STAINBACK W. Inclusão: um guia para educadores. Porto Alegre: Artmed, 2005.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v13i46.1901

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: