O Uso de Modelos Didáticos de Células Eucarióticas como instrumentos facilitadores nas aulas de Citologia do Ensino Fundamental / The Use of Didactic Models of Eukaryotic Cells as Facilitating Tools in the Cytology Classes of Elementary Education

Juliane Maria de Santana, Caique Barbosa dos Santos

Resumo


É durante o ensino fundamental que os discentes irão ter o primeiro contato com a citologia, sendo assim, tal conteúdo deve ser bem trabalhado em sala de aula, visto que, servirá como base para diversos outros conteúdos. Entretanto, vale ressaltar que, para se trabalhar os conceitos abstratos da citologia o professor precisa estar sempre em busca de práticas educativas diferentes a fim de melhorar o processo de aprendizagem dos seus alunos. Assim, o presente trabalho tem como objetivo investigar por meio de uma revisão de bibliográfica as contribuições do uso de modelos tridimensionais de células eucarióticas como facilitadoras do processo de ensino-aprendizagem nas aulas de Ciências no conteúdo de Citologia, fazendo um levantamento de trabalhos que abordam essa temática nos últimos 10 anos. Dos 46 artigos nas diversas bases de dados (Bireme, SCIELO, Periódicos Capes, PUBMED e LILACS), 38 foram excluídos por não atender os requisitos de inclusão, sendo 8 incluídos na construção da revisão bibliográfica e 4 apresentaram estudos relevantes sobre a temática. Nos estudos encontrados destaca-se que os alunos que tiveram aula com os modelos tridimensionais das células obtiveram um maior desempenho se comparados àqueles que assistiram apenas a uma aula expositiva, e, além disso, notou-se que os discentes mostraram-se motivados e interessados a realizar as atividades propostas durante as intervenções.

Palavras-chave


Aprendizagem; Ludicidade; Educação; Ensino de Biologia

Texto completo:

PDF

Referências


AMORIM, A. S. A influência do uso de jogos e modelos didáticos no ensino de biologia para alunos de ensino médio. 2013. 50 p. Monografia. Ciências Biológicas da Universidade Aberta do Brasil – UAB/UECE. Disponível em: Acesso em: 13 de maio de 2019.

CARLAN, F. A.; SEPEL, L. M. N.; LORETO, E. L. S. Explorando diferentes recursos didáticos no Ensino Fundamental: uma proposta para o ensino de célula. Acta Scientiae, v. 15, n. 2, p.338-353, 2013. Disponível em: . Acesso em: 29 de abril de 2019.

DANTAS, A. P. J.; DANTAS, T. A. V.; FARIAS, M. I. R.; SILVA, R. P.; COSTA, N. P. Importância do uso de modelos didáticos no ensino de citologia. III Conedu – Congresso Nacional de Educação, 2016. Disponível em: . Acesso em: 30 de março de 2019.

ELIAS, F. G, M.; SIQUEIRA, P.A; SANTOS, M. L. Aplicação e avaliação de modelos didáticos: uma proposta para o ensino de célula no ensino fundamental. III Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da UEG. Pinerópolis, 2016.

GUIMARÃES, E. G.; CASTRO, L.S.; BAUTZ, K.R.; ROCHA, G.L. O uso de modelo didático como facilitador da aprendizagem significativa no ensino de biologia celular. Revista Univap, 2016. Disponível em: . Acesso em: 30 de março de 2019.

JUSTINA, L. A. D. & FERLA, M. R. A utilização de modelos didáticos no ensino de genética exemplo de representação de compactação do DNA eucarioto. Arq Mudi, v. 10, n. 2, p. 35-40, ago. 2006. Disponível em: . Acesso em: 03 de fevereiro de 2019.

LINHARES, I. ; TASCHETTO, O. M. . A citologia no ensino fundamental. In: Bergmann, Simone Rebello; França, Valnei Francisco da; Santos, Welington Tavares dos. (Org.). O professor PDE e os desafios da escola pública paranaense , 2008. 1ed.Curitiba: SEED, 2011, v. 1, p. 1-25. Disponivel em:. Acesso em: 03 de fevereiro de 2019.

MARQUES, K. C. D. Modelos didáticos comestíveis como uma técnica de ensino e aprendizagem de biologia celular. Tear: Revista de Educação Ciência e Tecnologia, Canoas, v.7, n.2, 2018. Disponível em: < https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/3177 >. Acesso em: 30 de março de 2019.

MENDONÇA, C.; SANTOS, M. Modelos didáticos para o ensino de ciências e biologia: aparelho reprodutor feminino da fecundação a nidação. Sergipe, 2011. Disponível em: acesso em 14 de maio de 2019.

MOREIRA, M. A. A teoria da aprendizagem significativa e sua implementação em sala de aula. Brasília: Editora da UnB, 2006.

PAIS, L.C. Uma análise do significado da utilização de recursos didáticos no ensino da geometria. Disponível em Acesso em: 03 de fevereiro de 2019.

PAIVA, A. V. A. Memória afetiva e o processo de ensino-aprendizagem da biologia celular e molecular baseados na produção de maquetes. V CEDUCE, 2018. Disponível em: < . Acesso em: 30 de março de 2019.

SANTOS, O. K. C.; BELMINO, J. F. B. Recursos didáticos: uma melhoria na qualidade da aprendizagem. Editora Realize. Diponivel em: < http://editorarealize.com.br/revistas/fiped/trabalhos/Trabalho_Comunicacao_oral_idinscrito__fde094c18ce8ce27adf61aedf31dd2d6.pdf> Acesso em: 13 de maio de 2019.

SANTOS, W. S. Organização Curricular Baseada em Competência na Educação Médica. Revista Brasileira de Educação Médica. Rio de Janeiro, v. 35, n. 1, p. 86-92, jan./mar. 2011.

SILVA, A.A.; FILHA, R.T.S.; FREITAS, S.R.S. Utilização de modelo didático como metodologia complementar ao ensino de anatomia celular. Biota Amazônia, v. 6, no. 3, p. 17 a 21, 2016 Disponível em: < https://periodicos.unifap.br/index.php/biota/article/view/2174>. Acesso em: 03 de fevereiro de 2019.

SILVA, E. E.; FERBONIO, J. T. G.; MACHADO, N. G.; SENRA, R. E. F.; CAMPOS, A. G. O Uso de Modelos Didáticos como Instrumento Pedagógico de Aprendizagem em Citologia. Revista de Ciências Exatas e Tecnológicas, v. 9, n. 9, p. 65-75, 2014. Disponível em: < http://revista.pgsskroton.com.br/index.php/rcext/article/view/1404 >. Acesso em: 30 de março de 2019.

SOUZA, P.F.; FARIA, J.C.M.N. A construção e avaliação de modelos didáticos para o ensino de Ciências Morfológicas – uma proposta inclusiva e interativa. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer. Goiânia, vol.7, no 13, 2011.

SOUZA, S. E. O uso de recursos didáticos no ensino escolar. Arquivos do Museu Dinâmico Interdisciplinar, v. 11, n. 2, p. 110-114, 2007. Disponível em: . Acesso em: 30 de março de 2019.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v13i45.1824

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: