Perfil de internações por transtornos mentais e comportamentais no Estado de Pernambuco / Profile of hospitalizations for mental and behavioral disorders in the state of Pernambuco

Roberta Calado Batista Coelho, Alaine Santos Parente

Resumo


O objetivo deste artigo foi descrever o perfil de internações hospitalares por transtornos mentais e comportamentais no estado de Pernambuco. Trata-se de estudo descritivo, de abordagem quantitativa a partir de dados secundários do Sistema de Informação Hospitalar (SIH) no período de 2014 a 2018. As informações analisadas foram: internações hospitalares por região de saúde e por ano de atendimento, internações por sexo, faixa etária, causas de internação segundo a lista de morbidade CID-10, média de permanência hospitalar, gasto médio e gasto total das internações. Observou-se uma redução das internações por transtornos mentais e comportamentais entre o período estudado, maior frequência de internações no sexo masculino, na faixa etária de 30 a 39 anos, devido a esquizofrenia, transtornos esquizotípicos e delirantes, redução da média de permanência hospitalar, gasto médio e gasto total das internações.


Texto completo:

PDF

Referências


AMARANTE, P.; NUNES, M.O. A reforma psiquiátrica no SUS e a luta por uma sociedade sem manicômios. Ciência & Saúde Coletiva, v. 23, n.6, 2018. Disponível em https://www.scielosp.org/article/csc/2018.v23n6/2067-2074/. Acesso em: 22 de dezembro de 2018.

ASSIS, J. T. et al. Política de saúde mental no novo contexto do Sistema Único de Saúde: regiões e redes. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, n. 52, p. 88-113, outubro, 2014. Disponível em: http://cebes.org.br/site/wp-content/uploads/2014/12/Divulgacao-52.pdf. Acesso em: 30 de janeiro de 2019.

BRASIL. Ministério da Saúde (MS). Portaria nº 3.088, de 23 de dezembro de 2011. Institui a Rede de Atenção Psicossocial para pessoas com sofrimento ou transtorno mental e com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas, no âmbito do Sistema Único de Saúde. Diário Oficial da União. 2011. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2011/prt3088_23_12_2011_rep.html. Acesso em: 26 de fevereiro de 2019.

BRASIL. Ministério da Saúde. Centros de Atenção Psicossocial e Unidades de Acolhimento como lugares da atenção psicossocial nos territórios: orientações para elaboração de projetos de construção, reforma e ampliação de CAPS e de UA. Brasília: Ministério da Saúde, 2015. 44 p. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/centros_atencao_psicossocial_unidades_acolhimento.pdf. Acesso em: 20 de março 2019.

HIRDES, A. A reforma psiquiátrica no Brasil: uma (re)visão. Ciência & Saúde Coletiva, v. 14, n.1, p. 297-305, 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v14n1/a36v14n1.pdf. Acesso em: 16 abril de 2019.

HORTA, R.L. et al. Hospitalizações psiquiátricas no Rio Grande do Sul de 2000 a 2011. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 18, n.4, p. 918-929, out-dez, 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2015000400918. Acesso em: 20 de janeiro de 2019.

LARA, A. P. M.; VOLPE, F. M. Evolução do perfil das internações psiquiátricas pelo Sistema Único de Saúde em Minas Gerais, Brasil, 2001-2013. Ciência & Saúde Coletiva, v. 24, n. 2, p. 659-668, 2019. Disponível em: https://scielosp.org/pdf/csc/2019.v24n2/659-668/pt. Acesso em: 30 de abril de 2019.

MIRANDA, S. S. et al. Os sistemas de informação em saúde e seu apoio à gestão e ao planejamento do Sistema Único de Saúde: análise de um município de médio porte da região Nordeste. Rev. Bras. Pesq. Saúde, Vitória, v.1, n.4, p.14-21, out-dez, 2016. Disponível em: http://www.periodicos.ufes.br/RBPS/article/viewFile/16725/11556. Acesso em: 15 de janeiro de 2019.

ORGANIZACIÓN MUNDIAL DE LA SALUD. La carga de los transtornos mentales en la Regiónde las Américas, 2018 Disponível em: http://iris.paho.org/xmlui/bitstream/handle/123456789/49578/9789275320280_spa.pdf?sequence=9. Acesso em: 12 de fevereiro de 2019.

PEREIRA, P. K. et al. Transtornos mentais e comportamentais no Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH-SUS) no estado do Rio de Janeiro no período de 1999 a 2010. Caderno de Saúde Coletiva, v. 20, n. 4, p. 482-491, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2012000400012&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 02 de fevereiro de 2019.

PERNAMBUCO. Secretaria Estadual de Saúde. Plano Diretor de Regionalização. Pernambuco, 2011. Disponível em: http://portal.saude.pe.gov.br/documentos/secretaria-executiva-de-coordenacao-geral/plano-diretor-de-regionalizacao-2011. Acesso em: 20 de março de 2019.

TAURO, D. V. E.; F, D. A. L. As atuais políticas de saúde mental no Brasil: reflexões à luz da obra de Cornelius Castoriadis. Mental, v. 12, n. 22, 2018. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-44272018000100007. Acesso em: 15 de janeiro de 2019.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v13i46.1803

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: