A atuação do Assistente Social no Centro de Referência da Assistencial Social-CRAS / The role of the Social Assistant Worker in the Reference Center for Social Assistance - CRAS

Aparecida Vieira Souza Eugenio, Mary Lucy de Souza Gonzaga

Resumo


O presente artigo discorre sobre atuação do Assistente Social dentro do Centro de Referência da Assistência Social-CRAS, pautado na relevância deste profissional, visto que a maioria das demandas que chegam aos CRAS são destinadas a estes profissionais. São usuários da proteção social básica que buscam soluções para os seus problemas. O CRAS é unidade pública estatal descentralizada da política de assistência social responsável pela organização e oferta de serviço da proteção social básica do Sistema Único da assistência Social (SUAS), nas áreas de vulnerabilidade e risco social dos Municípios e Distrito Federal da sua capilaridade nos territórios e caracterizado como a principal porta de entrada do SUAS, ou seja, é unidade que possibilita o acesso de um grande número de famílias à rede de proteção social básica da assistência social.  Conclusão: A oferta dos serviços assistenciais, contribuem para a efetivação dos encaminhamentos aos aparatos sociais como: saúde, educação, geração de emprego e renda, empoderamento das famílias da proteção existente na área de abrangência próxima aos usuários.

Palavras-chave


assistência Social; Prática Profissional

Texto completo:

PDF

Referências


ARAUJO, Nailsa, Maria Souza. Serviço Social e Sociedade, ano 29, São Paulo: Cortez, 2008.

BRASIL. Lei Nº8.662, de 1993 - Lei de Regulamentação da Profissão de Assistente Social.

________. Resolução Nº 145 de 2004. Política Nacional de Assistência Social.

________. Lei Nº 8742, de 1993. Lei Orgânica da Assistência Social

BARROCO, Maria Lucia Silva, TERRA, Sylvia Helena. Código de Ética do Assistente Social Comentado/Conselho Federal de Serviço Social-CFESS (organizado). São Paulo: Cortez, 2012.

________. Ética e serviço Social Fundamentos Ontológicos. São Paulo: Cortez, 2010. 222p.

BRAGA, Léa Lucia, Cecílio. O trabalho de Assistência Social no CRAS. In: O Trabalho do Assistente Social no SUAS: Seminário Nacional/CFESS. Brasília: 2011. 148p.

BRASIL, Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Política Nacional de Assistência Social-PNAS. Brasília, 2004.

________. Ministério do Desenvolvimento Social e o Combate à Fome. Secretaria Nacional de Assistência Social. Política Nacional de Assistência Social-PNAS/2004 e Norma Operacional Básica-NOB/SUAS. Brasília Distrito Federal, 2005.

________. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Diário Oficial da União, Brasília, 5 de outubro de 1988. Disponível em: . Acesso em:20 de fevereiro de 2019.

CFESS. Conselho Federal de Serviço Social. Parâmetros para atuação de assistentes sociais e psicólogos (as) na Política de Assistência Social. Brasília: CFP/CFESS,2011, p.19 Disponível em: . Acesso em: 05 de fevereiro 2019.

COUTO, Berenice Rojas. O Direito Social e Assistência Social na Sociedade Brasileira: uma equação possível? São Paulo: Cortez, 2006; 2008.

FALEIROS, Vicente de Paula. Estratégias em Serviço Social. São Paulo: Cortez.2008.

GUERRA, Yolanda. A Instrumentalidade do Serviço Social. São Paulo, Cortez, 2007;2011.

IAMAMOTO, Marilda Vilela; CARVALHO, Raul de. Relações Sociais e Serviço Social no Brasil. Esboço de uma Interpretação Histórico-metodológico. São Paulo: Cortez, 2009, p,380.

IAMAMOTO, Marilda V. O Serviço Social na Contemporaneidade: trabalho e formação profissional. São Paulo: Cortez, 2003.

MARTINELLI, Maria Lúcia, Serviço Social Identidade e alienação. São Paulo: Cortez, 2011.

MESTRINER, Maria Luiza. O Estado entre a Filantropia e a Assistência Social. São Paulo: Cortez,2001.

MESTRINER, Maria Luiza. O Estado entre a Filantropia e a Assistência Social. São Paulo: Cortez,2008.

MOTTA, Ana Elizabete. O Feitiço da ajuda: as determinações do Serviço Social da Empresa. São Paulo. Cortez,1998.

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Norma Operacional Básica – NOB/SUAS. Brasília, 2007. Disponível em: http://www.mds.gov.br> Acesso em: 15 fevereiro 2019.

NETTO, Jose Paulo. Ditadura e Serviço Social uma Análise do Serviço Social no Brasil pos-64. São Paulo: Cortez, 2010, p,334

ORIENTAÇOES TECNICAS: Centro de Referência de Assistência Social -CRAS/Ministério do Desenvolvimento e Combate à Fome- 1.ed. Brasília :MDS,2009.

POLÍTICA NACIONAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-PNAS/2004. Brasília: Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Secretaria Nacional de Assistência Social. Disponível em . Acesso em:20 de fevereiro de 2019.

SEIXAS, Selma Sergio Andrade. Expressões do Projeto Ético Político Profissional do Serviço Social e as Particularidades do Trabalho em Empresas Privadas. Serviço Social,2007.

SILVA, Maria Ozanira Silva. O Serviço Social e o popular: resgate teórico-metodológico do projeto profissional de ruptura. São Paulo:Cortez, 2009.

SPOSATI, Aldaíza. A Assistência Social no Brasil. São Paulo:Cortez,2012; 2014.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v13i44.1669

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: