A Indeterminação do Sujeito na Linguística Descritiva: Novas Abordagens e Estratégias Alternativas / The Indeterminacy of the Subject in Descriptive Linguistics: New Approaches and Alternative Strategies

Gilvanei de Oliveira Souza, Valéria Viana Sousa

Resumo


Este artigo consiste em uma releitura de algumas das importantes produções descritivas que tratam do fenômeno de indeterminação do sujeito no Português Brasileiro. Busca-se, com a presente análise, reunir algumas das discussões, presentes em abordagens alternativas à gramática tradicional, levantadas por pesquisadores da Linguística que consideram e contemplam estratégias de indeterminação do sujeito complementares às recorrentemente apresentadas pelos cânones. Trata-se, de uma pesquisa exploratória e de cunho bibliográfico, seguindo, portanto, os procedimentos de seleção, releitura, síntese e comparação dos resultados obtidos e posterior discussão dos resultados. Para efeito de fundamentação teórica, consideramos, dentre outras, as abordagens de Galves e Fernandes (2006), Mioto (2004), Sândalo (2001), Perini (2010), Bechara (2010) dos quais adotamos os conceitos e classificações de sujeito que nortearam a escrita deste texto.


Palavras-chave


Indeterminação; Sujeito; Gramática.

Texto completo:

PDF

Referências


BECHARA, Evanildo. Moderna gramática portuguesa. 37 ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2010.

CASTILHO, Ataliba de. Nova gramática do português contemporâneo. 2. Ed.São Paulo: Contexto, 2010.

CARVALHO, Valter de. Você, a gente et alia indeterminam o sujeito em Salvador. Dissertação (Mestrado em Letras) Universidade do Estado da Bahia. Salvador, 2010.

CUNHA, Celso & CINTRA Lindley. Nova gramática do português contemporâneo. 3. Ed. Rio de Janeiro: Nova Frnteira, 2001.

CUNHA, C.; CINTRA, Lindley. Nova gramática do português contemporâneo. 2. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985

GALVES, C. M. C.; FERNANDES, F. R. Morfologia e Sintaxe In: GUIMARÃES, E. & ZOPPI-FONTANA, M. (Org.). Introdução às ciências da linguagem - A palavra e a frase. 1ª ed. Campinas: Pontes Editores, 2008.

MIOTO, Carlos; FIGUEIREDO SILVA, Maria Cristina; LOPES, Ruth. Novo Manual de Sintaxe. Florianópolis: Insular, 2004.

MIRA MATEUS, Maria H. et al. Gramática da língua portuguesa. Lisboa: Caminho, 2003

PERINI, Mário Alberto. Gramática do português brasileiro. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

PERINI, M. A. Para uma nova gramática do português. São Paulo: Ática, 1985.

PERINI, M. A. Gramática descritiva do português. 4. ed. São Paulo: Ática, 2003.

PONTE, Vanessa. A indeterminação do sujeito no português popular do interior do estado da Bahia. Dissertação (Mestrado em Linguística) Universidade Federal da Bahia. Salvador, 2008.

ROCHA LIMA, Carlos Henrique da. Gramática Normativa da Língua Portuguesa. São Paulo: José Olmpio, 2010.

ROCHA LIMA, Carlos Henrique. Gramática normativa da língua portuguesa. 7. Ed. Rio de Janeiro: F. Briguiet & CIA, 1962.

SANADALO, Maria Filomena Spatti. Morfologia In: MUSSALIN, Fernanda; BENTES, Ana Cristina (org.). Introdução à linguística: domínios e fronteiras. 3 ed. São Paulo: Cortez, 2003.

TEIXEIRA, Maria Luiza de Sousa. A indeterminação pragmática e semântica do sujeito. Dissertação (Mestrado em Linguística) Universidade Estadual Paulista. São José do Rio Preto, 2014.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v13i44.1587

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: