Mulher, mercado de trabalho e construção do núcleo familiar

Cristina Castro de Aguiar, Cristiane Silva Esteves, Magda Medianeira de Mello, Gabriela Weber de Itaquy, Felipe Oliveira Iatchac, Regina Maria Fernandes Lopes

Resumo


A inserção da mulher no mercado de trabalho acarretou mudanças na sua relação com o mundo, gerando readaptações em todas as esferas de sua vida. O que incidiu num significativo crescimento do número de mulheres no mercado de trabalho brasileiro nos últimos anos. Tais evidencias mostram relevância ainda no século XXI sobre a repercussão deste novo paradigma na qualidade de vida das mulheres que iniciam sua trajetória profissional e sua vida familiar. O objetivo visa ressaltar os aspectos mais importantes das relações entre o início da carreira destas trabalhadoras e a construção de seu núcleo familiar. Delinear o perfil das mulheres que trabalham, casam, tem filhos; além de refletir sobre como elas se sentem exercendo estes papéis, tentando esboçar o grau de qualidade de vida destas mulheres. Este artigo mostra uma revisão da bibliografia recente sobre a inserção da mulher no mercado de trabalho. Através dos achados indicam que a mulher encontra dificuldades ao conciliar a família com a profissão, o que muitas vezes lhe gera sofrimento, cansaço e estresse.


Palavras-chave


mulher; trabalho; qualidade de vida, núcleo familiar

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v5i15.15

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: