Sustentabilidade e suas Dimensões nas Ações da Secretaria do Meio Ambiente: Percepção da População do Centro da Cidade de Milagres-CE

Tátchyla Karinne Laurentino dos Santos, Ana Isabel Calixto Donelardy

Resumo


Atualmente tem-se discutido muito sobre as questões de responsabilidade socioambiental, efetuada tanto pelo setor público, quanto o privado. Por este motivo, o presente artigo tem por objetivo geral, verificar como a população vê as ações da secretaria de meio ambiente da cidade de Milagres-CE se relacionarem com a sustentabilidade local. A pesquisa deste estudo é de abordagem quantitativa e de cunho descritivo. Sendo realizada uma pesquisa de opinião pública para captar a percepção das pessoas, com relação às ações da secretaria em tese. A pesquisa foi aplicada no centro comercial da cidade de Milagres-CE. O instrumento de coleta de dados utilizado foi um questionário contendo 10 perguntas, distribuídas entre abertas e fechadas, aplicadas ao público por acessibilidade e conveniência. Os resultados obtidos foram que a população da referida cidade desconhecem as ações da secretaria do meio ambiente, apontando a inexistência de práticas socioambientais.


Palavras-chave


Sustentabilidade. Dimensões. Secretaria do Meio Ambiente.

Texto completo:

PDF

Referências


ALIGLERI, Lilian Mara. Adoção de Ferramentas de Gestão para a Sustentabilidade e a sua Relação com os Princípios Ecológicos nas Empresas. p. 178. Tese de Doutorado: Universidade de São Paulo, 2011.

BARBIERI, José Carlos. Gestão Ambiental Empresarial: Conceitos, Modelos e Instrumentos. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

CRESWELL, John. Projeto de Pesquisa: Métodos Qualitativo, Quantitativo e Misto. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.

DIAS, Reinaldo. Gestão Ambiental: Responsabilidade Social e Sustentabilidade. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

FREITAS, Juarez. Sustentabilidade: Direito ao Futuro. 2. ed. Belo Horizonte: Fórum, 2012.

FREITAS, Vladimir Passos de. Direito Administrativo e Meio Ambiente. 3. ed. Curitiba: Juruá, 2001.

IBGE. População e Características Físicas de Milagres – Ceará. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2018.

MACHADO, Paulo Affonso Leme. Direito Ambiental Brasileiro. 14. ed. São Paulo: Malheiros, 2006.

NOBREGA, Ribeiro. Práticas Sustentáveis. 1. ed. João Pessoa: Moura Ramos, 2015.

PHILIPPI, Luiz Sérgio. A Construção do Desenvolvimento Sustentável. 3. ed. São Paulo: Manole, 2010.

SACHS, Ignacy. Caminhos para o Desenvolvimento Sustentável. 2. ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2009.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. 24. ed. São Paulo: Cortez, 2016.

SILVA, Antônio Sergio; SOUZA, José Gilberto; LEAL, Antônio Cezar. A Sustentabilidade e suas Dimensões como Fundamento da Qualidade de Vida. Artigo Científico, v. 1, n. 12, p. 22-42: Presidente Prudente, 2012.

SILVA, José Afonso da. Direito Ambiental Constitucional. 5. ed. São Paulo: Malheiros, 2004.

VEIGA, José Eli. Desenvolvimento Sustentável: O Desafio do Século XXI. 1. ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2009.

TACHIZAWA, Takeshy. Gestão Ambiental e Responsabilidade Social Corporativa: Estratégias de Negócio na Realidade Brasileira. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2005.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v12i42.1419

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: