Indústria 4.0 e Manufatura Aditiva: Um Estudo de Caso com os Consumidores de Calçados Produzidos nas Indústrias de Calçados de Juazeiro do Norte

Célio Monteiro Santos, José de Figueiredo Belém

Resumo


A indústria 4.0 e manufatura aditiva são novos modelos e conceitos de processos e tecnologias que implantadas nas organizações agregam valores quanto ao conhecimento dos processos elevando a sua capacidade produtiva e trazendo eficiência e redução de custos no produto acabado. Neste contexto o objetivo principal do trabalho em pesquisa se dar em analisar a satisfação dos consumidores dos produtos gerados através dessas tecnologias como meios que influenciem maior satisfação dos consumidores dos produtos da indústria de calçados, com redução dos custos e aumento da satisfação. Para isto este estudo teve o propósito de investigar se há satisfação por parte dos consumidores de calçados quanto há uma melhor adequação das indústrias, para se tornarem empresas que promovem o desenvolvimento econômico no município de Juazeiro do Norte. Diante dos objetivos expostos, o escopo possui dimensão exploratória onde a pesquisa teve por embasamento referências bibliográficas de autores que exploram a temática trabalhada, e aplicação de questionário com consumidores dos produtos.

Palavras-chave


Indústria 4.0. Manufatura Aditiva. Viabilidade. Eficiência na Produtividade.

Texto completo:

PDF

Referências


BERMAN, Barry. 3-D printing: The new industrial revolution. Business Horizons, v. 55, n. 2, p. 115.162, 2012. http://dx.doi.org/10.1016/j.bushor.2011.11.003. Acesso em: 26 marc. 2018.

BESERRA, F. R. S. Reestruturação do capital e indústria calçadista na região do Cariri – CE R. RA´E GA, Curitiba, n. 18, p. 89-101, 2009. Editora UFPR.

CORRÊA, A. R. O complexo coureiro-calçadista brasileiro. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n. 14, p. 65-92, set. 2001.

GIBSON, I.; ROSEN, D. W.; STUCKER, B. Additive manufacturing technologies: rapid prototyping to direct Digital manufacturing. Nova York: Springer, 2009.

GIL, A. C. Métodos o Técnicas de Pesquisa Social. 6ª Edição. Atlas. São Paulo. 2012.

GIORDANO, C. M; ZANCUL, E. S; RODRIGUES, V. P. Análise dos Custos da produção por Manufatura Aditiva em Comparação a Métodos Convencionais, Revista Produção Online, Florianópolis, SC, v. 16, n. 2, p. 449-523, abr./jun. 2016.

HÖLMSTROM, J.; PARTANEN, J.; TUOMI, J.; WALTER, M. Rapid manufacturing in the spare parts supply chain; alternative approaches to capacity deployment. Journal of Manufacturing Technology Management. v. 21, n. 6, p. 687-697. 2010. http://dx.doi.org/10.1108/17410381011063996. Acesso em: 26 marc. 2018.

KOLBERG, D. & ZÜHLKE, D. Lean Automation enabled by Industry 4.0 Technologies. 2015.

MAXIMIANO, A. C. A. Fundamentos da Administração. 2ª edição. São Paulo, 2009.

SACHON, H.; KARRER, C. "Hella: 4.0 Indústria na China". IESE, P-1163-E, 2017.

SEALEY, W. Additive manufacturing as a disruptive technology: how to avoid the pitfall. American Journal of Engineering and Technology Research, v. 12, n. 1, p. 86-93, 2012. http://dx.doi.org/10.1109/emr.2013.6693939. Acesso em: 26 mar. 2018.

SEVERINO, A. J. Metodologia do Trabalho Científico. 23ª Ed. Cortez. São Paulo, 2013.

THE ECONOMIST. The Third industrial Revolution. Disponível em: http://www.economist.com/node/21552901 acesso em: 25 mar. 2018.

WIRED, The New MakerBot Replicator Might Just Change Your World. Disponível em:. Acesso em: 25 mar. 2018.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v12i42.1392

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: