Caracterização do Perfil das Intoxicações Medicamentosas no Brasil, durante 2013 a 2016

Nayara Landim Rangel, Eudiana Vale Francelino

Resumo


As intoxicações medicamentosas constituem um grande problema de saúde pública no Brasil. Tendo em vista esse fator, o presente estudo teve como objetivo realizar um levantamento sobre a ocorrência dos casos de intoxicação medicamentosa no Brasil no período de 2013 a 2016. Trata-se de uma pesquisa documental que se enquadra na modalidade de levantamento. Com abordagem quantitativa. Os dados utilizados na pesquisa foram obtidos a partir do site do Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas (SINITOX). Foram utilizados como parâmetros a serem analisados a seguintes variáveis: região, faixa etária, sexo, região, circunstância e evolução clínica registrada. Os dados foram organizados em gráficos e em tabelas, utilizando como recurso o programa Microsoft Excel 2010. Os resultados evidenciam que durante os anos de 2013 a 2016 a região Sudeste do Brasil foi onde ocorreu o maior número de intoxicações medicamentosas. As crianças com faixa etária de 1 a 4 anos foram as mais acometidas. O sexo feminino foi o mais atingido pelos casos de intoxicação medicamentosa registrados. Em relação às circunstâncias que acarretam o desenvolvimento das intoxicações, o suicídio aparece em primeiro lugar. E mesmo com os riscos apresentados pelas intoxicações medicamentosas as evoluções clínicas mais registradas corresponderam à cura. Cabe considerar que as intoxicações medicamentosas são um problema de amplas dimensões e que qualquer pessoa que faça uso de medicamentos está predisposta a essa eventualidade, dessa forma trona-se necessária a adoção de medidas adequadas, visando a sua prevenção que venham a modificar positivamente a realidade, reduzindo o número dos casos evidenciados pela pesquisa, no Brasil.

                                                                         

 


Palavras-chave


Intoxicação; Medicamentos; Brasil; SINITOX

Texto completo:

PDF

Referências


ALCÂNTARA, D. A.; VIEIRA L. J. E. S.; ALBUQUERQUE, V. L. M. Intoxicação Medicamentosa em Criança. RBPS; 16 (1/2): 10-16, 2003.

ALMEIDA, F. S.; SILVINO, M. R. S.; MARIZ, S. R. ; BRAGAGNOLI, G. (4) FOOK, S. M. L.;. Epidemiologia das intoxicações por medicamentos em idosos. Anais CIEH – Vol. 2, N.1 ISSN 2318-0854, 2015. Disponível em: Acesso em: 11/06/2018.

BERNARDES, S. S.; TURINI, C. A.; MATSUO, T. Perfil das tentativas de suicídio por sobredoseintencional de medicamentos atendidas por um Centro de Controle de Intoxicações do Paraná, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 26, n. 7, p.1366-1372, 2010.

BERTASSO-BORGES, M. S.; RIGETTO, J. G.; FURINI, A. A. C.; GONÇALVES, R. R. Eventos toxicológicos relacionados a medicamentos registrados no CEATOX de São José do Rio Preto, no ano de 2008. Arq Ciênc Saúde; 17(1):35-41, jan-mar, 2010.

BRASIL, MINISTÉRIO DA SAÚDE. Portaria nº 1.678, de 02 de outubro de 2015. Institui os Centros de Informação e Assistência Toxicológica (CIATox) como estabelecimentos de saúde integrantes da linha de cuidado ao trauma, da Rede de Atenção às Urgências e Emergências no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS. Diário Oficial da União da República Federativa do Brasil, Brasília (DF), 2015 out 06; Seção 1:55. Disponível em: Acesso em: 11/07/2018.

COSTA, A. O.; ALONZO, H. G. A. Casos de exposições e Intoxicações por medicamentos registrados em um Centro de Controle de intoxicações do interior do Estado de São Paulo Rev. Bras. Pesq. Saúde, Vitória, 17(2): 52-60, abr-jun, 2015.

DOMINGUEZ, B. Sinitox traça perfil das intoxicações no país. Revista Radis, Novembro, 2010. Disponível em: Acesso em: 24/05 2018.

FARIA N.M.X.; FASSA A.G.; FACCHINI L. A. Intoxicação por agrotóxicos no Brasil: os sistemas oficiais de informação e desafios para realização de estudos epidemiológicos. Ciênc saúde coletiva. 12 (1): 25-38, 2007.

GONÇALVES, C. A.; GONÇALVES, C. A.; SANTOS, V. A.; SARTURI, L. TERRA JUNIOR, A. T. Intoxicação medicamentosa: relacionada ao uso indiscriminado de medicamentos. Revista Científica da Faculdade de Educação e Meio Ambiente, v. 8, n. 1, 135-143, jan.-jun., 2017.

LESSA, M. de A.; BOCHNER, R. Análise das internações hospitalares de crianças menores de um ano relacionadas a intoxicação e efeitos adversos de medicamentos no Brasil.Revista Bras. Epidemiol, v.11, n.4, p.660–674, 2008.

MAIOR, M. C. L.; OLIVEIRA, N. V. B. Intoxicação medicamentosa infantil: um estudo das causas e ações preventivas possíveis. Revista Brasileira de Farmácia, 93(4): 422-430, abr./out., 2012.

MALAMAN, K. R. et al. Perfil das intoxicações medicamentosas, no Brasil. Infarma, Brasília, v.21, n. 7/8, p. 9-15, 2009.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MORAES, J. Q. Hospitalizações por intoxicação medicamentosa na Rede Pública do Rio Grande do Sul, 2002-2004. Dissertação (Especialização em Saúde Pública) Universidade federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009. Disponível em: < https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/17941/000725385.pdf?sequence=1&isAllowed=y> Acesso em: 15/06/2018.

MORAIS, I. C. O; BRITO, M. T.; MARIZ, S. R.; FOOK, S. M. L.; RABELLO, I. P.; OLIVEIRA, F. N. Perfil epidemiolgico das intoxicaıes medicamentosas registradas pelo Centro de AssistŒncia e InformaªoToxicolgica de Campina Grande (PB) no período de 2005 a 2007. Rev. Bras. Farm., 89(4), 2008.

MOREIRA, C. S.; BARBOSA, N. R.; VIEIRA, R. C. P. A.; CARVALHO, M. R.; MARANGON, P. B.; SANTOS, P. L. C.; Teixeira Júnior, M. L. Análise retrospectiva das intoxicações admitidas no hospital universitário da UFJF no período 2000-2004. Ciência e Saúde Coletiva, v. 15, p. 879-88, 2010.

MOTA, D. M.; MELO, J. R. R.; FREITAS, D. R. C.; MACHADO, M. Perfil da mortalidade por intoxicação com medicamentos no Brasil, 1996-2005: retrato de uma década. Ciênc. Saúde Coletiva, Brasil, v. 17, n. 1, p.61-70, 2012.

OLIVEIRA, L. C. F.; ASSIS, M. M. A.; BARBONI, A. R. Assistência Farmacêutica no Sistema Único de Saúde: da Política Nacional de Medicamentos à Atenção Básica à Saúde. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 15(Supl. 3), p. 3561-3567, nov. 2010.

ROCHA, A.L.R.Uso Racional de Medicamentos. Monografia (Pós-Graduação Lato Sensu em Tecnologias Industriais Farmacêuticas)- Fundação Oswaldo Cruz - Instituto de Tecnologia em Fármacos, Rio de Janeiro, 2014. Disponível em: < https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/11634/1/25.pdf> Acesso em :18/06/218.

SINITOX. Sistema Nacional de Informações Tóxico Farmacológicas. Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz. FIOCRUZ. 2018. Disponível em: . Acesso em: 06/ 07/2018.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v12i42.1302

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: