Instrumentos de avaliação da Qualidade de Vida de pessoas jovens e idosas: um estudo de revisão sistemática

Camilla Virgínia Siqueira Rôla, Susanne Pinheiro Costa e Silva, Patricia Avello Nicola

Resumo


O presente estudo objetivou apresentar os principais instrumentos validados no Brasil para mensuração da qualidade de vida na população jovem e idosa. Teve como proposta executar uma revisão sistemática através do levantamento e análise de publicações na base de dados da SciElo. Foram encontradas 12 referências, das quais selecionaram-se 6. Os instrumentos relatados foram o SF-36, SF-12, FS-6d, WHOQOL 100, WHOQOL-Bref e PSN. A utilização de instrumento para avaliação da qualidade de vida, na população adscrita das Unidades Básicas de Saúde, fornece um perfil mais global das condições econômicas e psicossociais, bem como às expectativas em relação a própria vida, contribuindo para a humanização e efetividade do serviço de saúde. Esses instrumentos para uso na população brasileira são importantes para gestores e profissionais de saúde, na medida em que estabelecem metas a partir das condições sociais e de saúde encontradas.

 

 


Palavras-chave


Instrumentos de Avaliação; Qualidade de Vida; Promoção da Saúde.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, M. L. G. R.; BRASIL NETO,. Avaliação da qualidade de vida com o instrumento SF-36 em lombalgia crônica. Acta Ortopédica Brasileira, São Paulo, v. 21, n. 4, Jul-Ago 2013. ISSN 1413-7852. Disponivel em: . Acesso em: 10 agoato 2018.

AGAMBEN, G. Homo Sacer: O poder saberano e a vida nua. Tradução de Henrique Burigo. 2. ed. Belo Horizonte: UFMG, 2007. 9-203 p. ISBN 85-7041-307-6.

AGUIAR, C. C. et al. Instrumentos de Avaliação de Qualidade de Vida Relacionada à Saúde no Diabetes Melito. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia, v. 52, n. 6, p. 931-939, 2008. ISSN 1677-9487. Disponivel em: . Acesso em: 09 agosto 2018.

ALMEIDA, M. A. B.; GUTIERREZ, G. L.; MARQUES, R. Qualidade de vida: definição, conceitos e interfaces com outras áreas de pesquisa. São Paulo: Escola de Artes, Ciências e Humanidades - EACH/USP, 2012. 142 p. ISBN 978-85-64842-01-4.

BARBOSA, L. M. M.; ANDRADE JÚNIOR, M. P.; ANDRADE, K. Preditores de Qualidade de Vida em Pacientes com Doença Renal Crônica em Hemodiálise. Jornal Brasileiro de Nefrologia, v. 29, n. 4, p. 222-229, Dezembro 2007. Disponivel em: . Acesso em: 10 agosto 2018.

CAMPOLINA , et al. Validação da versão brasileira do questionário genérico de qualidade de vida short-form 6 dimensions (SF-6D Brasil). Ciências & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 16, n. 7, p. 3103-3110, Julho 2011. ISSN 1413-8123. Disponivel em: . Acesso em: 06 agosto 2018.

CAMPOS, M. O; RODRIGUES NETO, J. F. Qualidade de vida: um instrumento para promoção de saúde. Revista Baiana de Saúde Pública. v.32, n.2, p.232-240 maio/ago. 2008.

CAVALCANTE, U. M. B. Avaliação da qualidade de vida de pacientes enteroparasitados por meio de um instrimento genérico (SF-36) [Dissertação]. Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015. 69p. Disponivel em: . Acesso em: 10 agosto 2017.

DANTAS, R. A. ; SAWADA, ; MALERBO,. Pesquisas sobre qualidade de vida: Revisão da produção científica das universidades públicas do estado de São Paulo. Revista Latino Americana de Enfermagem, v. 11, n. 4, p. 532-538, jul-ago 2003. Disponivel em: . Acesso em: 09 agosto 2018.

FERREIRA, A. B. D. H. Dicionário Aurélio da Lingua Portuguesa. 5ª. ed. São Paulo: Positivo Editora, v. 1, 2015.

FLECK, M. P. A. et al. Desenvolvimento da versão em português do instrumento de avaliação de qualidade de vida da OMS (WHOQOL-100). Revista Brasileira de Psiquiatria, São Paulo, v. 21, n. 1, Jan-Mar 1999. ISSN 1516-4446. Disponivel em: . Acesso em: 06 agosto 2018.

GARCIA, F. H. et al. Análise da qualidade de vida segundo o questionário SF-36 de pacientes soropositivas e soronegativas em dois ambulatórios do município de Aracaju. Interfaces Científicas - Saúde e Ambiente, Aracaju, v. 4, n. 1, p. 63-69, outubro 2015. Disponivel em: . Acesso em: 10 agosto 2018.

GARRATT, A. et al. Quality of life measurement: bibliographic study of patient assessed health outcome measures. BMJ Journals, v. 324, n. 7351, p. 1417, Junho 2002. Disponivel em: . Acesso em: 07agosto 2018.

GORDIA, A. P. et al. Qualidade de vida: contexto histórico, definição, avaliação e fatores associados. Revista Brasileira de Qualidade de Vida, Ponta Grossa, v. 3, n. 1, p. 40-52, jan-jun 2011. Disponivel em: . Acesso em: 18 agosto 2018.

LANDEIRO, G. M. B. et al. Revisão sistemática dos estudos sobre qualidade de vida indexados na base de dados SciELO. Ciências & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 16, n. 10, 2011. ISSN 1413-8123. Disponivel em: . Acesso em: 08 agosto 2018.

MACHADO, et al. Avaliação da qualidade de vida em idosos pós- fratura da extremidade proximal do fêmur. Arquivos Brasileiros de Ciências da Saúde, v. 37, n. 2, p. 70-75, maio/ago 2012. Disponivel em: . Acesso em: 10 agosto 2018.

MATHIAS , et al. Validac¸ão de questionários para avaliac¸ão da qualidade de vida relacionada à continência fecal em crianc¸as com malformac¸ões anorretais e doenc¸a de Hirschsprung. Revisa Paulista de Pediatria, v. 34, n. 1, p. 99-105, 2016. Disponivel em: <: http://dx.doi.org/10.1016/j.rppede.2015.06.022>. Acesso em: 10 agosto 2018.

MINAYO, M. C. ; HARTZ , Z. M. A.; BUSS ,. Qualidade de vida e saúde: um debate necessário. Ciência & Saúde Coletiva, v. 5, n. 1, p. 7-18, 2000. ISSN 1413-8123.

OMS. The World Health Organization quality of life assesment (WHOQOL). Position paper from the word The World Health Organization, 41, n. 10, 1997. 1403-1049.

PIMENTA, A. et al. Avaliação da qualidade de vida de aposentados com a utilização do questionário SF-36. Revista da Associação Médica Brasileira, v. 54, n. 1, p. 55-60, 2008. ISSN 0104-4230. Disponivel em: . Acesso em: 10 agosto 2018.

SILQUEIRA, S. M. D. F. O questionário genérico SF-36 como instrumento de mensuração da qualidade de vida relacionada a saúde de pacientes hipertensos [TESE]. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, 2005. Disponivel em: <10.11606/T.22.2005.tde-17052007-160822>. Acesso em: 10 agosto 2018.

SILVEIRA, et al. Propriedades psicométricas do instrumento de avaliação da qualidade de vida: 12-item health survey (SF-12). Ciências & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro , v. 18, n. 7, p. 1923-1931, Julho 2013. Disponivel em: . Acesso em: 10 agosto 2018.

TEIXEIRA-SALMELA, et al. Adaptação do Perfil de Saúde de Nottingham: um instrumento simples de avaliação da qualidade de vida. Cadernos de Saúde Pública [online], v. 20, n. 4, p. 905-914, 2004. ISSN 1678-4464. Disponivel em: . Acesso em: 08 agosto 2018.

VIANNA, C. M. ; CAETANO,. Avaliações econômicas como um instrumento no processo de incorporação tecnológica em saúde. Cadernos de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 13, n. 3, p. 747-766, 2005. Disponivel em: . Acesso em: 09 agosto 2018.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. The World Health Organization quality of life assesment (WHOQOL). Position paper from the word The World Health Organization, 41, n. 10, 1995. 1403-1049.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v12i42.1300

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: